segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

A estrada da Vila Lobo


Visão da estrada da Vila Lobo, no Crato. A estrada que compreende da avenida Duque de Caxias até o distrito da Arajara, em Barbalha. O bairro Vila Lobo é uma populosa comunidade, onde lá funcionam escola, quadra, posto de sáude e onde funciona também o estúdio da Rádio Araripe AM.


foto de Tarso Araújo.

Feriados nacionais em 2008

O Ministério do Planejamento definiu oito dias de feriado nacional e oito de ponto facultativo de 2008 para servidores federais. Serão feriados nacionais: 1º de janeiro; 21 de abril, 1º de maio, 7 de setembro, 12 de outubro, 2 de novembro, 15 de novembro, e 25 de dezembro. O ponto facultativo será nos dias 4 e 5 de fevereiro, Carnaval; 6 de fevereiro, quarta de Cinzas, até 14 horas; 21 de março, Paixão de Cristo; 22 de maio, Corpus Christi; 27 de outubro, comemoração alusiva pelo Dia do Servidor Público; 24 de dezembro, véspera de Natal, a partir das 14h; e 31 de dezembro, véspera do Ano Novo, a partir das 14h.
(jornal O Povo)

Dezembro mês da Justiça, Ministério Público e Defensor Público

Dezembro é o mês da Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública, que registra também importantes fatos históricos da Comarca de Crato, a saber:

De primeira a oito – Semana da Conciliação para agilizar os processos pendentes nas cinco varas da Comarca do Crato;
Dia 8 – Dia da Imaculada Conceição, Dia da Justiça e Dia da Família;
Dia 10 – Dia da Declaração dos Direitos Humanos pela Organização das Nações Unidas – ONU;
Dia 14 – Dia do Ministério Público;
Dia 16 – Dia da Defensoria Pública e aniversário da instalação da Coordenadoria Regional da Associação Cearense dos Magistrados, no Fórum Hermes Parayba;
Dia 17 – 190 anos de instalação da Comarca de Crato, pioneira do interior, criada por Dom João VI;
Dia 18 – Aniversário de inauguração do Fórum Hermes Parayba – Edifício Raimundo Coelho Bezerra de Farias;
Dia 20 – Aniversário de instalação do Memorial do Poder Judiciário do Crato, tendo como Patrona a heroínas Bárbara de Alencar, instalado no Fórum Hermes Parayba.

190 anos de instalação da Comarca de Crato

O último dia 17 de dezembro marcou os 190 anos de instalação da Comarca de Crato, pioneira do interior do Estado, criada através de alvará assinado por Dom João VI, em 27 de junho de 1816, razão por que o Crato tem o título de “Cidade de Crato Cabeça de Comarca” – figurado com quatro “C” , no brasão e bandeira do Município, criado em 17 de outubro de 1953, Centenário de elevação do Crato à categoria de Cidade.

O primeiro ouvidor da Comarca de Crato foi o juiz José Raimundo do Paço Porbém Barbosa, que tomou posse no dia 17 de dezembro de 1817, ano da revolução Pernambucana, liderada em Crato pela heroína Bárbara de Alencar, quando lançou a idéia da transposição das águas do Rio São Francisco, para vários estados do Nordeste.

A história registra que antes mesmo da criação da Comarca do Crato, seu primeiro prefeito capitão Francisco Gomes de Melo, parente de Dona Bárbara de Alencar, exerceu também as funções de Juiz, tendo como sucessor o índio José Amorim.

70 anos da formatura da turma de bacharéis em Ciências Jurídicas e Sociais da Faculdade de Direito do Ceará

No último dia 8 de dezembro, Dia da Justiça, transcorreu 70 anos da formatura da turma de bacharéis em Ciências Jurídicas e Sociais da Faculdade de Direito do Ceará, tendo como diretor o advogado cratense Dr. Manoel Belém, paraninfo outro advogado cratense Dr. Raimundo Gomes de Matos e orador oficial Dr. Raimundo de Oliveira Borges, que comemorou este ano de 2007 seu centenário de nascimento. A turma era composta por 57 bacharéis, dentre os quais Dr. Wilson Gonçalves, que foi prefeito, deputado estadual, vice-governador, senador da República e Ministro do Tribunal Federal de Recursos. Da turma só sobrevivem Dr. Raimundo Borges com 100 anos de vida e Dr. Hugo Porto, com 98 anos

Feliz 2008!!!!

Muitos são os nossos desejos de que todos tenham um 2008 de muita paz, amor e sucesso. São votos extensivos a todos nossos leitores e amigos para 2008. Independente da religião, credo político, posição social, raça, opção sexual, deveríamos sempre cultivar uma sociedade de amor, solidariedade e união. Esquecer os preconceitos, as desavenças, e caminharmos juntos naquilo que nos une, nos deixa parecidos, com os mesmos sonhos e ideais. Sabemos que é difícil isso, pois antes da revolução material, temos que fazer uma mais difícil e fundamental, uma revolução pessoal, no interior, isso é difícil, mas não impossível. Tivemos um 2007 com muitas dificuldades, para alguns ano de muitas tristezas, mas o mais importante é sempre crer em Deus, crer no futuro, na capacidade de superar dificuldades e sempre ser solidário. Que 2008 seja um ano bom para todos, e de muitas realizações.

Chuva no Cratinho de açúcar

Exatamente às 6h48min em Crato, último dia do ano de 2007 quando estava começando a escrever o blog hoje, eis que acordamos todos com chuva. O ano está terminando bem , com uma chuva que se prolonga desde a madrugada. Por volta das 3 horas da manhã a chuva começou a cair no Cratinho de açúcar, para alegria de todos nós, principalmente dos agricultores que já começam a sonhar com uma boa safra para esse início de 2008. Nesse momento os termômetros acusam 29 gruas centígrados na parte alta da cidade.

Tudo será lento hoje??

Dizem que nos dias de chuva as cidades andam mais devagar. As pessoas ficam mais lentas e tudo transcorre ao sabor lento das horas, como se não fosse passar. Para quem está acostumado com um calor intenso uma chuvinha no último dia do ano só vem a amenizar a quentura e ao mesmo tempo dar mais esperanças para nosso trabalhador e produtor rural. Esperamos assim um bom inverno, colheita boa, mais fartura na mesa de todos. Que Deus abençoe nossas terras, nosso sertanejo e nos traga muita mesa farta e comida gostosa nesse ano de 2008.

Hoje tem retrospectiva na Araripe AM

Olá amigos do blog não esqueçam que hoje ao meio-dia na Rádio Araripe AM 1.440KhZ eu e o radialista, professor e advogado Jorge Emicles Pinheiro estaremos apresentando a retrospectiva 2007, com os principais acontecimentos da nossa Região. Iremos também traçar um panorama do Ceará e do Brasil.

Crato terá estátua de Nossa Senhora de Fátima

Uma estátua de Nossa Senhora de Fátima, com 30 metros de altura, será erguida no município do Crato, na região do Cariri, a partir de março. O recursos virão do Ministério do Turismo e do Governo do Estado. Segundo o prefeito do município, Samuel Araripe, o objetivo da construção do novo equipamento é ampliar as romarias da região para movimentar o turismo religioso. O prefeito afirmou que já foram liberados R$ 600 mil para o início da construção da estátua, que precisará de R$ 1,1 milhão para ser erguida. A Prefeitura irá disponibilizar o terreno para a imagem, que já tem lugar certo. Ficará entre Crato e Juazeiro do Norte. De acordo com Samuel Araripe, a Prefeitura aguarda a garantia do restante dos recursos para adquirir o terreno e iniciar o processo de licitação. A nova estátua será entregue à Diocese do Crato, que também administra a estátua de padre Cícero, localizada em Juazeiro do Norte. "A gente pretende aproveitar os romeiros que vem de vários estados do Nordeste reverenciar a estátua de Padre Cícero, no Juazeiro. Essa é uma ação muito importante para nossa região", disse o prefeito. Para o deputado federal Ely Aguiar (PSDC), um dos apoiadores do projeto da estátua, a proposta é investir no turismo religioso e aumentar a visitação na cidade. "Quem for visitar a estátua de padre Cícero, em Juazeiro, visitará o monumento de Nossa Senhora de Fátima".

Romaria
No Crato, já existe romaria para reverenciar Nossa Senhora de Fátima. A maior delas acontece no dia 13 de maio, em referência à data de aparição da santa na cidade Fátima, em Portugal, no ano de 1917. "A estátua é de Nossa Senhora de Fátima porque ela é uma das santas mais veneradas, pela quantidade de devotos a ela que existem no mundo inteiro", ressaltou Samuel Araripe. Para o bispo diocesano do Crato, dom Fernando Panico, a existência de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima no município é uma manifestação de afeto do povo católico para a santa. "A idéia não é só fazer uma imagem, mas construir também um lugar apropriado para concentração de fiéis para celebrações e também para visitação", disse o padre. "Ela será colocada num lugar estratégico onde possa abençoar toda a região do Cariri".
(publicado hoje no jornal O Povo)

Modelos Estatísticos para ajudar os profetas da seca

Todos os anos o agricultor nordestino faz a mesma pergunta: "Será que este ano teremos inverno?". Essa incerteza é natural diante das variações climáticas que sofre a região, a qual está situada em uma área próxima ao equador e por isso está sujeita a vários fenômenos inesperados tais como o El Nino e pressões atmosféricas, correntes marinhas, etc. Todos esses fatores dificultam as previsões dos institutos meteorológicos que não são claros. Segundo muitos dos agricultores do sertão os institutos não são úteis pra eles, pois as previsões são obscuras. Essa má impressão dos agricultores talvez se deva à linguagem (demasiadamente científica) com que os institutos publicam seus prognósticos. Totalmente independente dos institutos, existe no sertão, a figura do Profeta da Seca, que geralmente é um agricultor simples (muitas vezes iletrado), mas que detém um profundo conhecimento da natureza à sua volta. Para a população local, os profetas conseguem entender o comportamento de pássaros, sapos, ventos, etc, quando um bom ou um mau inverno se aproxima. Por dependerem muito mais das chuvas do que as pessoas, os animais podem ter desenvolvidos uma sensibilidade maior à vinda (ou não) do inverno. De fato, a nossa percepção de chuva é muito superficial, pois notamos que vai chover somente quando o tempo fecha ou quando começamos a sentir pingos d'água em nosso corpo, isto é, não temos uma percepção para prever chuvas com grande antecedência. Porém, na natureza, os animais são mais sensíveis e podem demonstrar um comportamento diferente, e é neste ponto que entra as observações dos profetas. Por exemplo, o pássaro João de Barro constrói seu ninho virado para o nascente quando o ano é de inverno; em caso de ano chuvoso pela frente, alguns pássaros acasalam, prevendo comida farta para seus filhotes. Esses são apenas exemplos de como a natureza pode fornecer indícios sobre o inverno no sertão, existem observações de ventos, da luz da lua e do sol, que também dão sinais sobre a chuva. O profeta surge como sendo o interlocutor entre a natureza e a sociedade, passando para os agricultores locais o prognóstico para o ano corrente. Apesar de não haver comprovação científica, essas previsões são levadas a sério pelos agricultores, na verdade, a maioria não confia nas previsões dos institutos, e apenas ouvem os profetas. Ciência A ciência não tem dado muita atenção aos profetas, tratando-os apenas como uma manifestação cultural, porém nos últimos anos o interesse tem crescido, universidades americanas e brasileiras têm estudado os profetas de um ponto de vista antropológico, mostrando sua importância cultural e para economia local. O Encontro de Profetas da Região do Sertão Central, que ocorre anualmente em Quixadá, tem tido uma cobertura ampla da imprensa. A população local se reúne com os profetas para ouvir suas previsões e fazer planos para o ano que começa. O nível de acerto das previsões, bem como a possibilidade de construir alguma ferramenta útil para o agricultor cearense, despertou o interesse de pesquisadores da área de Estatística da UFC e da Universidade de Sheffield (Inglaterra). O ideal seria que houvesse um indicador estatístico de previsão dos profetas, onde eles pudessem expressar a previsão de inverno e a incerteza sobre a mesma, dessa forma seus prognósticos tornariam suas previsões mais objetivas e úteis para a população. A construção desse indicador é possível, através de um conjunto de técnicas estatísticas modernas conhecido como elicitação de conhecimento a priori. O método visa reduzir todos os problemas causados pelo alto grau de subjetividade das previsões. A grande dificuldade dos profetas é a comunicação, muitos têm dificuldades em se expressar, não conseguem expressar quando não se têm certeza sobre as previsões, outros se empolgam com a presença da imprensa e muitas vezes fazem previsões em versos rimados. Ainda há problemas conceituais, a concepção de um "bom inverno" pode variar de um profeta para outro. Tudo isso é fonte de erro que tornam as previsões tendenciosas. As técnicas que serão empregadas irão reduzir esses problemas, permitindo que o profeta avalie o que está prevendo, visto que toda previsão estatística deve ser acompanhada do erro associado a ela, essa incerteza será extraída dos próprios profetas. Essa é a primeira vez que os profetas são estudados estatisticamente, e é desse ponto de vista que todo o conhecimento empírico do sertanejo pode ser utilizado de uma forma útil e sistemática. Os pesquisadores vêem grande potencial para um uso ainda mais amplo das previsões dos profetas, talvez combinar suas previsões com os dados meteorológicos dos institutos, levando assim a previsões mais precisas. Essa junção de fontes de informação, aparentemente concorrentes, pode levar a uma melhor precisão nas previsões, visto que serão combinadas informações físicas (dos institutos) com aquelas tiradas de toda experiência adquirida pelos profetas e seus antepassados. Estaremos assim, unindo o mundo científico com o mundo subjetivo.

O Professor cearense Ailton Andrade é PhD em Estatística pela Universidade de Sheffield (Inglaterra). Tem como áreas de interesse os Métodos Bayesianos e Probabilidade Subjetiva. Atualmente é professor do Departamento de Estatística e Matemática Aplicada da UFC
(publicado hoje no jornal O Povo)

11 quilos de maconha apreendidos em Juazeiro e duas pessoas presas

A Polícia Federal apreendeu 11 quilos de maconha e uma balança de precisão, no último sábado, em Juazeiro do Norte, a 528 quilômetros de Fortaleza. Uma mulher foi presa no local e o seu companheiro, apontado pela PF como o responsável pela droga, foi detido horas depois. A ação faz parte da Operação Réveillon, que visa coibir a entrada de drogas no Estado, pelo Cariri. Os policiais tentam ainda coibir o armazenamento de drogas, que abasteceria a região e Fortaleza no período carnavalesco. Os 11 quilos de maconha estavam enterrados no quintal de uma residência, no bairro João Cabral. O responsável pela droga teria saído de casa minutos antes da chegada dos policiais. As ações contra o tráfico de drogas no Cariri foram intensificadas desde o início do ano, depois de uma apreensão de 521 quilos de maconha que iriam abastecer Fortaleza durante o Carnaval. A droga passou a entrar na região escondidas em carros que transportam frutas e que trafegam por estradas secundárias, onde a fiscalização não é freqüente. Segundo a PF, os estados de origem da droga seriam Pernambuco e Rio Grande do Norte (colaborou Amaury Alencar).
(publicado hoje no jornal O Povo)

Caminhada pela paz

A sexta edição da Caminhada Pela Paz será realizada amanhã, 1º, a partir das 16h30min, em Juazeiro do Norte. Organizada pelo padre José Ventureli, a caminhada terá o tema "Família Humana, Comunidade de Paz". O início do evento será em frente à igreja dos Franciscanos. Segundo o padre Ventureli, 4,5 mil pessoas estão sendo esperadas na caminhada, que tem o objetivo de refletir na sociedade a solidariedade e a paz entre as famílias. Os fiéis deverão estar com roupas e lenços brancos.

domingo, 30 de dezembro de 2007

Programa Comentário geral avalia 2007

Logo mais ao meio-dia na Rádio Araripe AM do Crato o radialista, professor universitário e advogado Jorge Emicles apresentará o programa Comentário Geral. Na edição de hoje uma avaliação de 2007 com as principais informações levadas ao ar no programa e a discussão de temas como política, economia e cultura. Para sintonizar a Araripe AM 1.440KhZ.

Comunidades são tema de programa do radialista Romão França

O radialista Romão França apresenta todos os domingos na Rádio Tempo FM o programa Comunidades em Destaque, com uma série de informações sobre o movimento comunitário, cidadania e das cidades da Região do Cariri. O programa toca ainda em temas como política e administração pública. Vai ao ar todos os domingos a partir das 6 horas da manhã.

Prefeito Samuel Araripe avalia 2007 como positivo

Durante encontro com a imprensa na última semana do ano o prefeito do Crato fez uma rápida avaliação da gestão em 2007, apontando como pontos positivos os projetos na área social desenvolvidos pela administração como os CRAS, o projeto agente jovem de desenvolvimento social e humano e ao apoio ao funcionamento dos conselhos municipais, além da realização de conferências municipais nas áreas de meio ambiente, saúde, educação, assistência social e cidades onde a população teve espaço para debater os principais problemas da cidade. Outro ponto positivo apresentado pelo prefeito ficou por conta dos projetos que serão efetivados em 2008 mas que foram elaborados e aprovados ainda este ano, como a construção de 16 praças, revitalização da encosta do Seminário, o projeto de nova iluminação pública, conclusão do CEO, restaurante popular e do trem urbano ligando Crato a Juazeiro do Norte, este último projeto feito numa parceria entre Governo do Estado e prefeitura. Para 2008 o prefeito afirmou que continuará trabalhando para desenvolver o município e realizar mais obras que sejam importantes para a cidade.

Prévias tucanas movimentam política em Juazeiro

O deputado federal Manoel Salviano está trabalhando nos bastidores para disputar as prévias do PSDB em Juazeiro do Norte. As prévias irão decidir quem será o candidato do partido nas eleições de 2008. Raimundo Macedo, atual prefeito de Juazeiro, pretende disputar e quer vencer as prévias tucanas. Entretanto, um dos principais obstáculos de Macedo é sua própria administração, que tem muita mídia, mas pouquíssimas realizações importantes. Além disso, carece de uma orientação política clara. Macedo afastou de seu palanque uma série de aliados importantes. Tem que ter cuidado para não ficar isolado.

Prefeitura continuará discussão do código ambiental em 2008

A Prefeitura Municipal do Crato através da Secretaria de Meio Ambiente e do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente continuarão em 2008 a discutir o código ambiental do Crato. De acordo com o secretário Nivaldo Soares o código possibilitará o Crato a regulamentar uma série de ações de proteção do meio ambiente e das principais áreas urbanas da sede da cidade. O código está sendo discutido pelo conselho municipal que conta em sua composição com representantes da sociedade civil e do poder público, bem como será discutido pela Câmara Municipal para aprovação final.

16 praças serão construídas em Crato em 2008

O prefeito do Crato Samuel Araripe anunciou na última semana que a partir de janeiro de 2008 estará dando início à assinatura das ordens de serviços para construção de 16 praças no Município do Crato. As praças serão construídas pela prefeitura em parceria com o Governo Federal e irão contemplar diversos bairros e algumas localidades da zona rural, como Seminário, Vila Lobo e Muriti. Ainda para o início de 2008 o prefeito avisa que a prefeitura irá concluir a construção do Restaurante Popular.

Feliz ano novo de verdade: como fazer?

Todos os anos desejamos no final do ano que todos que gostamos sejam felizes. É uma cultura e um ritual que avança de geração em geração. Mas, logo inicia o novo ano e nos sentimos despreparados e impotentes para cumprirmos o que desejamos aos outros e a nós mesmos. É natural! O mistério e a luz nos acompanham e assim nos vemos no mesmo ponto de partida: como fazer?
A verdade é que a felicidade é um nascimento do ser que não somos ainda. É um processo de identidade existencial: não somos de fato ainda o produto do que foi projetado cosmicamente para sermos. Por isso, a felicidade nunca é aquilo que desejamos ser. Ela é a árvore onde somente existe a semente. Ela é uma descoberta onde somente existe a intenção e a procura. Ela é aqui e agora onde projetamos nossas idéias e nos perdemos nos labirintos dos nossos pensamentos. Ela é uma força cósmica, um padrão vibratório criador. Eterna, sublime e transcendente. Ela é uma luz de um sol de calor doce e suave que nasce nas profundezas da essência da criação.
Ela existe na surpresa agradável da revelação amorosa que se destaca e se mostra quando menos esperamos. Ela é oculta, inesperada e transparente. Ela é amante e a amada. Ela é um encontro querido na sutileza da transformação de si mesma; é o começo, o meio e o fim de tudo que desejamos encontrar e sentir; é o verdadeiro sentido da vida humana. Por isso, todos são buscadores da felicidade porque ela é o sentido da verdade maior.
Assim, a felicidade é o coração aberto e universal que detém o poder de ser livre das amarras das verdades fabricadas ou modeladas pelos homens. Então, quando desejamos ao outro dizendo “FELIZ ANO NOVO!”, estamos intencionando que haja uma transformação tão profunda no ser que ele deixe de ser o que ele aprendeu a não ser – e nunca teve a oportunidade de aprender a desaprender! E para que alguém seja feliz de fato faz-se necessário ser livre dos conceitos psicológicos de liberdade, de amor, de justiça, de verdade, de riqueza, de família convencional e de tudo aquilo que foi plantado, em sua consciência vulnerável, pelas infinitas sugestões do mundo.
A felicidade está no limite superior da consciência humana. Um caminho de realização interior solidário e solitário onde a divindade se aproxima com sabedoria e nessa relação o humano descobre que existe um Outro Transcendente que carrega toda a verdade humana buscada e até então incompreendida. Nesse sentido, a felicidade é um casamento cósmico supra-humano. Onde se nasce com aquilo que é conhecido (em francês “conaissance”). E para nascer de novo é preciso que se “morra” (no sentido de transmutação ou “metanóia” na linguagem freudiana) primeiro. Nesse contexto, a felicidade é uma passagem e conexão com outro mundo e estado maior de ser.
Assim sendo, podemos compreender que a passagem de ano é um simbolismo para nos lembrar que existe um outro lado da vida na fronteira da consciência comum do homem escravo de si mesmo. E essa outra condição humana se faz na passagem do estado infeliz para o estado feliz de forma incondicional. É uma façanha que poucos conseguem realizar porque não percebem seus condicionamentos auto-hipnóticos. Em síntese, a felicidade é um salto quântico que se realiza na superação do próprio ego limitado, impotente e infeliz.
De forma que ao desejarmos “FELIZ ANO NOVO” no fundo desejamos a conquista de si mesmo manifestada no outro semelhante. Por isso, desejo a todos FELIZ ANO NOVO DE VERDADE. Assim, deseje de verdade que o outro seja feliz também, pois aquilo que desejar no outro será semente em si mesmo. Se desejares o bem ao outro com coração sincero plantarás em si mesmo a semente do bem. Essa semente poderá crescer se assim você continuar desejando. Por isso, devemos desejar aos nossos amigos e inimigos sucesso espiritual de verdade, porque somente assim criaremos um mundo melhor de verdade e feliz. O mundo é o que é hoje - violento, excludente e injusto - porque desejamos e criamos inconscientemente a outra face da realidade distante da felicidade: a infelicidade e a escuridão de si mesmo. Não existe acaso! FELIZ ANO NOVO – DE VERDADE ESPIRITUAL!

Prof. da URCA Bernardo Melgaço da Silva – (88)9201-9234 – bernardomelgaco@hotmail.com

Cariri vai sediar debate sobre transposição do São Francisco

A transposição das águas do rio São Francisco vai estar em debate no mês de janeiro na região do Cariri. Cidades como Jardim, Crato, Jati, Aurora e Icó estão no roteiro das discussões sobre o projeto do Governo Federal que vai interligar as bacias do São Francisco com a sub-bacia do rio Salgado, numa área que abrange 23 municípios cearenses. "Serão realizadas audiências públicas, a partir do dia 11 de janeiro para que as pessoas possam debater o projeto, a forma como está sendo realizado, como será feita a interligação das bacias", diz Eraldo Oliveira, chefe de fiscalização do escritório do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no Crato. A primeira audiência está marcada para o município de Jardim, a partir das nove horas e local a ser definido. Eraldo Oliveira diz ainda que é uma oportunidade das pessoas tirarem suas dúvidas com os técnicos de órgãos do meio ambiente como o Instituto Chico Mendes, a chefia da Área de Preservação Ambiental (APA) da Chapada do Araripe, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) e técnicos do projeto São José, do governo estadual. "Queremos esclarecer e aprofundar o debate sobre o projeto de transposição nos aspectos construtivo, ambiental e gerencial", complementa Jackson Antero de Sousa, chefe da APA Chapada do Araripe. Além do debate marcado para a manhã do dia 11 próximo em Jardim, estão agendadas discussões sobre a transposição do São Francisco para o Crato no dia 18 do próximo mês, também pela manhã. Ciclos de debates sobre o tema também vão ocorrer em Jati, no dia 15 de fevereiro, a partir das 9 horas, em Aurora, no dia 22 daquele mês e em Icó no dia 1º de março de 2008.

SERVIÇO Mais informações na chefia da Área de Proteção Ambiental da Chapada do Araripe - Praça Joaquim Fernandes Teles, s/n, Bairro Pimenta, no Crato, ou pelo telefone: (88) 3521-5138.

FIQUE POR DENTRO - O projeto de transposição das águas do rio São Francisco consiste na transferência de águas do rio para abastecer pequenos rios e açudes da região Nordeste que possuem um déficit hídrico durante o período de estiagem. As obras são prioritárias para o governo no setor de infra-estrutura.

- A transposição do rio São Francisco é uma discussão antiga no Governo Federal. O projeto foi concebido inicialmente em 1985, ainda no âmbito do extinto Departamento Nacional de Obras e Saneamento (Dnocs). Em 1999, o projeto foi transferido para o âmbito do Ministério da Integração Nacional. Atualmente, vários ministérios acompanham as ações do projeto, assim como o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco - formado pela sociedade civil e pelas três esferas de governo.

- A transferência de água está incluída no Programa de Desenvolvimento Sustentável para o Semi-Árido e a Bacia do Rio São Francisco. A prioridade, para o Governo Federal, é melhorar as condições de vida da população que vive às margens do rio ou têm no São Francisco o seu meio de sobrevivência. - Os estados mais beneficiados serão a Paraíba, o Rio Grande do Norte, Pernambuco e o Ceará. O rio São Francisco possui 2,8 mil km de extensão, nasce em Minas Gerais, na Serra da Canastra, e desemboca no Oceano Atlântico, entre Sergipe e Alagoas.

- Na última quinta-feira, 20, o bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, de 61 anos, decidiu encerrar a greve de fome contra as obras da transposição do rio São Francisco, que já durava 24 dias. Ele representa um grupo de ambientalistas e políticos que asseguram que a transposição não vai beneficiar as famílias que hoje sofrem com a falta d´água. Os críticos alegam que a água será usada para grandes empreendimentos.

- Dizendo que seu governo está realizando a maior política de revitalização do rio São Francisco de toda a história, o presidente Lula afirmou que o projeto vai levar água a cerca de 12 milhões de pessoas, que são vítimas da indústria da secam e caminhões-pipa são usados de maneira política.

- O Diário Oficial da União publicou na quinta-feira, 11, o resultado da licitação para a construção do primeiro lote do Projeto de Integração da bacia do São Francisco às bacias do Nordeste Setentrional.

- O consórcio Águas do São Francisco, formado pelas empresas Carioca, S.A. Paulista e Serveng, executará as obras civis de instalação, montagem, testes e comissionamento dos equipamentos mecânicos e elétricos do Lote 1 do Eixo Norte, que parte de Cabrobó, em Pernambuco, cujo valor global é de R$ 238,8 milhões.

Fonte: Agência Brasil e Banco de Dados

nte deixa um morto e 18 feridos

Uma pessoa morreu e 18 ficaram feridas em um acidente de trânsito, ocorrido ontem pela manhã, na ladeira do distrito de General Tibúrcio, no município de Viçosa do Ceará, na Serra da Ibiapaba. Uma camioneta D-20, na qual viajavam 20 trabalhadores rurais, capotou em uma curva e caiu em um despenhadeiro. No local, morreu Raimundo Nunes Braga, de 71 anos. O motorista do veículo, identificado apenas pelo nome de Senhor, e 17 ocupantes da D20 ficaram feridos. Para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral foram levadas cinco vítimas, todas em estado grave. O acidente foi comunicado ao Comando de Policiamento do Interior (CPI) pela 2ª Companhia do 3º Batalhão da PM, em Tianguá. De acordo com a Polícia, os trabalhadores iam de algumas localidades, na zona rural, para a sede do município. Segundo ainda a Polícia, a caminhoneta perdeu os freios na descida da ladeira, ocasionando a capotagem. Os feridos foram socorridos por passageiros de outros carros que passavam pelo local. O corpo de Raimundo Braga foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sobral. Na Santa Casa de Misericórdia de Sobral estão hospitalizadas Antonia Costa Silva, 46, com fraturas nas duas pernas; Maria José dos Santos, 18, que sofreu fratura na medula; Francisca Sampaio Costa, 25, com traumatismo craniano; e João Batista Costa, 36, que teve três costelas quebradas. Na Delegacia de Viçosa do Ceará já foi instaurado inquérito para apurar o caso.
(jornal O Povo)

Coluna Cariri de hoje, 30 de dezembro

POLÍTICA TUCANA
Manoel Salviano espera terminar 2008 prefeito de Juazeiro. O mesmo desejo arde no coração de Raimundo Macedo. As prévias tucanas abrirão as portas para a disputa municipal. Quem perder as prévias ficará fora das eleições municipais e terminará 2008 combalido.

ASSARÉ
Na cidade de Assaré, a política promete pegar fogo. Depois do rompimento de Evanderto Almeida e Benjamim Oliveira, o ex-prefeito Oliveira já avisa que será candidato a prefeito de Assaré. Será uma briga de cachorro grande, entre dois grupos políticos, antes aliados, hoje rivais.

FUTEBOL
Icasa e Guarani de Juazeiro fazem a final da copa realizada como pré-temporada para os dois times que representam o Cariri na primeira divisão do futebol cearense. O jogo acontecerá às 16 horas de hoje no Estádio Romeirão.

VIOLÊNCIA
Que em 2008 os sonhos de fim da violência no Cariri se realizem. Mais ainda, que o Governo do Estado tome efetivas mudanças com relação à segurança na região, começando por equipar mais e melhor as polícias civil e militar.

DOCE NATAL
Neste fim de ano cerca de 14 mil crianças receberam presentes no encerramento do Doce Natal do Crato. O evento aconteceu no estádio Mirandão, que estava lotado. Ao final, show cultura com artistas da terra.

POLÍTICA
2008 terá forte conotação política. Ano de eleições municipais. No Cariri, vai pegar fogo. Em alguns municípios já existem algumas disputas anunciadas. Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, a disputa já começou mais cedo do que se esperava. Reflexo da luta pelo poder.

PT NO CARIRI
O Partido dos Trabalhadores (PT) mudou de presidente em 2007. Em 2008, pretende disputar o executivo de alguns municípios caririenses, com destaque para Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte e pretende permanecer em Mauriti.

GREVE
A greve na Urca continua mesmo com a resistência ferrenha da Reitoria. Os professores universitários já apresentaram a pauta de reivindicações. Essa greve pode ser um calo para Cid Gomes no início de 2008.

ANOTE: NOVA CARIRIENSE A italiana Gabriella Federico - conhecida restauradora de obras de arte - esteve em Crato em agosto de 2006, trabalhando no restauro da imagem da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Penha. Gabriella ficou tão encantada com o Cariri que resolveu fixar residência em Crato. O que fez há poucos dias. Sorte nossa! Agora temos uma grande restauradora de arte sacra na região.

DE JUAZEIRO PARA O MUNDO
O professor mexicano, Carlos San Juan, ora cursando mestrado na Universidad Nacional Autónoma de México, escreveu ao escritor Daniel Walker solicitando livros sobre o Padre Cícero. O mexicano - na sua monografia de mestrado - discorrerá sobre a vida e obra desse sacerdote, nascido em Crato e que, a partir de Juazeiro do Norte, se projetou pelo mundo afora...

RESGATANDO A MEMÓRIA
Está para ser lançado um livro bem interessante: A Família Odísio no Brasil - a saga do escultor Agostinho Balmes Odísio. Escrito pela Sra. Vera Odísio Siqueira, neta de Agostinho, a obra resgata a trajetória desse italiano - que residiu em Juazeiro do Norte na década 30 - e deixou inúmeras obras de artes no Cariri. Só pra citar algumas: o monumento ao Cristo Redentor, o Palácio Episcopal (com as imagens do Bom Pastor e do Poverello de Assis), o altar-mor da Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, o busto de Dom Quintino (na Praça da Sé), um monumento a São Geraldo e a gruta de Nossa Senhora de Lourdes (ambas existentes no Colégio Santa Teresa de Jesus), todas em Crato.

POSSE NO ICC 1
Belíssimo, o discurso do padre Antônio Teodósio Nunes ao assumir a Cadeira Frei Carlos Maria de Ferrara, do Instituto Cultural do Cariri (ICC). Através dele ficamos sabendo que os capuchinhos chegaram a Pernambuco em 1642 e durante séculos partiam do convento da Penha, em Recife, para pregar a Boa Nova de Cristo em terras inóspitas que hoje formam os estados de Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará. Os frades chegaram a organizar aldeias que depois se tornaram cidades.

POSSE NO ICC 2
Foi o caso de Crato. Em 1740, vestido com o burel de São Francisco de Assis, pés em rústicas alpercatas, exposto ao sol e às chuvas torrenciais da época, o frade italiano Carlos Maria de Ferrara fundou, às margens do rio Granjeiro, a Missão do Miranda, origem da atual cidade de Crato. Tão grande foi a epopéia de frei Carlos que se pode dizer que dela resultou um forte entrelace entre a nossa história e a história da religião no Cariri cearense. Frei Carlos Maria de Ferrara nasceu em 1707, há trezentos anos, e tem seu lugar garantido na história. Mas ainda aguarda uma homenagem da cidade que ele fundou...

TÁ CERTO
Uma escola de ensino infantil, construída no bairro Bela Vista, em Barbalha, foi oficialmente denominada de Monsenhor Murilo de Sá Barreto. É a primeira homenagem feita pela Terra de Santo Antônio ao seu ilustre filho, o saudoso "Vigário do Nordeste". A propósito, o deputado Mauro Benevides proferiu, na Câmara dos Deputados, no último dia 19, discurso lembrando os 50 anos de ordenação sacerdotal de monsenhor Murilo.

NOITE NA GRÉCIA
Amanhã, 31, o Clube Recreativo Granjeiro realiza um Réveillon "Uma noite no Grécia" com a banda Coquetel e tenda eletrônica. Milhares de pessoas devem comparecer ao já tradicional Réveillon do Granjeiro. Entretanto fica aqui uma crítica construtiva sobre 2007: a administração vem pecando muito. Há feriados em que as piscinas ficam fechadas e o restaurante abre por volta das 10 da manhã. Um clube do porte do Granjeiro tem que ser mais organizado.

sábado, 29 de dezembro de 2007

Uma boa pauta para o próximo jornal da URCA

Vai aqui uma dica para a próxima edição do jornal da URCA. Que a Reitoria fale dos projetos que está elaborando para enviar aos governos estadual e federal para conseguir recursos para a URCA. Mais ainda, poderia aproveitar o próximo jornal da URCA para esclarecer a opinião pública do Cariri de que não existe nepotismo na atual administração da Universidade Regional do Cariri. O nepotismo, aliás, tão combatido pelos que hoje dirigem a URCA deve ser denunciado. Então, sugiro que a Reitoria divulgue a lista do nepotismo e ao mesmo tempo demita os parentes de dirigentes da Instituição que ocupam cargo de confiança. Outra dica: era bom a atual administração esclarecer que alguns dos projetos em andamento foram da gestão anterior. Era bom esclarecer também quais projetos está elaborando. Ficar só colocando fotos de pró-reitores que até agora nada fizeram não é uma política de divulgação da universidade, mas de seus dirigentes.

Uma publicação que cultua personalidades

O jornal da URCA que vem sendo distribuído na Região comete vários equívocos. Uns dá para ver que é intencional, outros, por despreparo mesmo de quem deu a “linha editorial” da publicação. O jornal da URCA é uma louvação à personalidade dos que hoje “dirigem a instituição” , um show de mau gosto, textos longíssimos e pouco objetivos, além de que a matéria principal, essa sim, a essência do jornal, escrita de forma a ninguém entender mesmo o que pensa a Reitoria da Universidade sobre a greve. A manchete “A greve que ninguém quer” cria o impacto de que a greve é indesejada por todos, mas ao mesmo tempo não explica qual a posição do governo Cid Gomes e da Reitoria sobre o movimento e as reivindicações dos professores. Aliás, a Reitoria ainda não disse se acha justo ou não as reivindicações dos professores das universidades estaduais cearenses. Uma preciosidade do ocultismo stalinista hoje tão presente na administração da URCA. Quero deixar claro: a crítica que faço ao jornal não vale para os profissionais de imprensa que trabalham na assessoria de comunicação da URCA formada por profissionais sérios e preparados. A “linha editorial” do jornal deve ter sido traçada por alguma mente iluminada, parecida com aquela mente iluminada que escreveu a nota oficial da URCA contra a greve dos professores.

1ª parcela do IPVA deve ser paga até 11 de fevereiro

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) divulgou, nesta sexta-feira, as tabelas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para o ano de 2008, com uma redução de 5% para 95% da frota de veículos, permanecendo o restante com o valor igual ao de 2007. A primeira parcela do IPVA de 2008 deverá ser recolhida até o dia 11 de fevereiro. As parcelas restantes vencem nos dias 11 de março e 11 de abril. O desconto para quem optar pelo pagamento do imposto em parcela única, até o dia 31 de janeiro, é de 5%.

(jornal O Povo)

INSS abre concurso para preenchimento de 2 mil vagas

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fará concurso público para o preenchimento de 1,4 mil vagas para técnico do seguro social, de nível médio e 600 para analista do seguro social, de nível superior. O edital do concurso foi publicado nesta sexta-feira (28) no Diário Oficial. As inscrições começam no dia 10 de janeiro e vão até o dia 12 de fevereiro. O valor das inscrições é de R$ 47 (nível médio) e R$ 56 (nível superior) e as provas serão realizadas em março. O concurso será organizado pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). O salário inicial do analista previdenciário é de R$ 2.243,78 e a remuneração do técnico previdenciário é de R$ 1.989,87. De acordo com a assessoria de imprensa do instituto, as contratações serão feitas ao longo do primeiro semestre de 2008 e os servidores designados para os locais com maior demanda de atendimento e maior carência de pessoal.
(jornal O Povo)

Gás de cozinha ficará 15% mais caro, dizem distribuidoras

A Petrobras vai aumentar em 15% o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, a partir do dia 1º de janeiro, segundo as distribuidoras do combustível. O reajuste vale apenas para o GLP destinado aos segmentos comercial, industrial e grandes condomínios. Para os botijões de 13 quilos, usados em residências, não haverá mudanças. Trata-se do primeiro reajuste em mais de quatro anos, refletindo a disparada das cotações do petróleo nos últimos meses. Até as 18 horas a Petrobras não havia informado oficialmente sobre o aumento. O reajuste foi comunicado às distribuidoras de GLP em e-mail enviado na tarde desta sexta-feira, 28. Desde abril de 2003, quando a cotação do petróleo se situava em torno dos US$ 25 por barril, a Petrobras mantinha inalterados os preços do gás de cozinha, em uma política de subsídio ao consumidor de baixa renda. Com os reajustes anunciados nesta sexta, a política é praticamente mantida, uma vez que os impactos se darão apenas sobre comércio, indústrias e condomínios residenciais, principalmente em São Paulo, que usam grandes botijões de 45 quilos.
(jornal O Povo)

Evangélicos realizarão vigília no Crato

A Igreja Internacional da Graça de Deus do Crato realizará na próxima segunda-feira, 31/12, uma vigília com todos os seus membros e convidados. O evento começará às 22 horas e será comandado pelo pastor José Moraes líder da igreja no Crato. A IIGD realizará vigílias em várias outras cidades, com o objetivo de louvar à Deus na passagem de ano.

Cariri poderá ganhar pólo de desenvolvimento calçadista

Em sua coluna política do Diário do Nordeste, o jornalista Edilmar Norões publicou o seguinte comentário. “Já que estamos com a mão na massa, vale dizer que, por iniciativa do deputado Vasques Landim, a Assembléia está sugerindo ao governo do Estado a criação do Pólo de Desenvolvimento do Setor Calçadista do Cariri, bem como a criação do Fundo de Desenvolvimento Calçadista. A intenção é criar mecanismos e condições que possam auxiliar e fortalecer a produção de calçados na região. Depois de destacar que, com sua implantação, a economia caririense será impulsionada pela geração de empregos e renda, Vasques aproveitou para falar sobre a pujança da Feira de Tecnologia e Calçados do Ceará (Fetecc) que se constitui numa das mais importantes do Brasil, embora precise investir mais em tecnologia para ganhar novos mercados no exterior. Matéria sobre o mesmo tema também foi publicada no Jornal Folha da Manhã de Juazeiro.

Barbalhenses terão 1º Natal do povo e das crianças

Duas grandes festas estão preparadas para o final da tarde de hoje, no estádio municipal Dr. Antônio Lírio Callou “o Inaldão”, ainda marcando as comemorações natalinas e as de fim de ano na “terra dos verdes canaviais”. Intitulados de “primeiro natal do povão” e “primeiro natal das crianças de Barbalha”, os dois eventos prometem premiar tanto as crianças quanto aos seus pais, que forem ao estádio neste sábado, a partir das 16 horas. O 1º natal das crianças já começou na última quarta-feira (26) com a distribuição de brinquedos em todas as escolas da zona rural de Barbalha, e será encerrado neste sábado no estádio municipal, com a distribuição dos brinquedos para as crianças da zona urbana. De acordo a Dra. Nizete Sampaio uma das coordenadoras dos eventos, serão distribuídos mais de 10 mil brinquedos para as crianças da cidade e da zona rural do município. Além disso, o Inaldão será transformado em um grande parque de diversão para as crianças, que terão direito à pula-pula, tobogam, palhaços, pais noéis, teatros infantis, mágicos, trem da alegria e muito mais. Já o 1º natal do povão irá possibilitar aos pais e aos jovens que forem ao estádio a participação em sorteios, concorrendo a mais de 60 bicicletas, 5 tv´s, 5 aparelhos de dvd´s, várias cestas básicas e uma moto honda 0 km, e em seguida show com a banda forró do caritó. Os pais e os jovens receberão senhas na entrada do estádio para concorrem aos prêmios. Os dois eventos são realizados pela prefeitura municipal, com a ajuda de vários comerciantes, empresários e profissionais liberais.

Comunidade de Tipi em Aurora comemora 66 anos

Teve início na manhã de ontem ,28/12, as comemorações alusivas aos 66 anos de criação do distrito do Tipi localizado em Aurora. Uma vasta programação sociocultural, esportiva e artística, será desenvolvida até o dia 30. Durante três dias de intensas comemorações a comunidade tipiense participa ativamente de uma série de atividades festivas e de lazer. No inicio da manhã de sexta-feira, aconteceu a tradicional alvorada seguida de um café comunitário oferecido no clube da Associação Beneficente local. Diversas barracas de comidas e bebidas típicas da região foram instaladas ao redor da capela e da pracinha do distrito. No palco central da festa, várias atrações musicais se apresentaram durante o evento. Estands temáticos também serão instalados com vistas a divulgar os valores históricos e culturais do distrito, com destaque para o desenvolvimento de oficinas de artes e ofícios e a apresentação do projeto literário "Mala de Leitura - Antonio do Mundo". Acontece também durante o evento: torneio de futsal na quadra da comunidade. Todas as noites várias atrações musicais estarão se apresentando em praça pública. O encerramento previsto para o dia 30 contará com a celebração de uma missa solene, oficiada pelo vigário padre Cícero Leandro, quando serão homenageados os filhos ilustre do Tipi, seguida de um show surpresa no palco central. Autoridades e a população de um modo geral estão sendo convidadas a tomarem parte da festa.

Benjamim Oliveira será candidato em Assaré

As disputas políticas para o ano de 2008 estão apenas começando no Cariri. Na cidade de Assaré, por exemplo, o ex-prefeito benjamim Oliveira já se prepara para entrar no ano de 2008 em ritmo de campanha eleitoral. Oliveira está anunciando que será candidato a prefeito de Assaré no ano que vem, contra a tentativa de reeleição de Evanderto, atual prefeito de Assaré e ex-aliado de Oliveira. As divergências entre o atual e ex-prefeito não são novas e o rompimento entre os dois aconteceu no primeiro ano de mandato de Evanderto.

Treino coletivo do Icasa termina em goleada

O treino coletivo do Icasa, encerrado por volta das 17h30min de ontem (sexta-feira) no Romeirão terminou com uma goleada do time titular por 4 a 0 diante dos reservas. No primeiro tempo não houve gols e o técnico Play Freitas fez pelo menos três alterações para a etapa complementar. No time titular Marcos Mendes deu lugar ao atacante Clodoaldo, Zé Augusto saiu para a entrada de Marcelo e Marco Túlio entrou em lugar de Isaac. Logo no começo, Clodoaldo abriu o placar iniciando a goleada. Depois vieram os gols de Isaac, Chiquinho e Wanderley. O time titular terminou com Douglas, Chiquinho, Lúcio, Tiago e Esquerdinha, Jonas, Tony, Marcelo e Wanderley, Clodoaldo e Marco Túlio. Na manhã deste sábado, os atletas icasianos encerram os preparativos para enfrentar o Guarani com um treino recreativo. O clássico começa às 16 horas de amanhã, domingo, no Romeirão, e vale o título da Copa da Integração. (Rádio Verde Vale AM).

Material publicado no site do icasa: www.verdaodocariri.com.br

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Retrospectiva 2007 na Rádio Araripe AM

A Rádio Araripe AM do Crato vai realizar na próxima segunda-feira, às 12 horas, a Retrospectiva 2007. Serão duas horas de programa, com a apresentação dos radialistas Tarso Araújo e Jorge Emicles. A Retrospectiva 2007 vai abordar os principais acontecimentos da Região do Cariri neste ano de 2007, bem como, alguns fatos marcantes do Ceará, do Brasil e do mundo. No programa também teremos uma série de opiniões de especialistas sobre o ano de 2007 e as perspectivas para o ano que se inicia. Imperdível. Sintoniza a Araripe AM 1.440KhZ.

Luto: Morreu em João Pessoa o historiador aurorense Amarílio Gonçalves

Faleceu quinta-feira, dia 20/12 em João Pessoa na Paraíba onde residia há mais de duas décadas o escritor-historiador aurorense Amarílio Gonçalves. Aos 85 anos de idade o mesmo foi vítima de enfarto. Amarílio Gonçalves Tavares nasceu em Aurora em 7 de agosto de 1922. Era filho de José Gonçalves Leite e Lídia Alves Tavares. Sendo casado com a Srª Terezinha de Sá Barreto Gonçalves. Bancário aposentado do Banco do Brasil havia trabalhado nas cidades cearenses de Fortaleza, Senador Pompeu e Crato, além de Natal-RN e João Pessoa-PB onde se aposentara. É autor da mais importante obra sobre sua terra natal intitulada - `AURORA, História e Folclore´. Publicou também em 1988 "A outra face da moeda" uma abordagem romanceada sobre sua carreira bancária iniciada em meados de 1941 no antigo Banco dos Proprietários de Fortaleza. Era também bacharel em direito formado pela UFPB. Há cerca de dois anos Amarílio Gonçalves vinha sofrendo com intensos problemas de saúde. Entretanto, jamais esqueceu o seu torrão natal, de modo que enquanto a saúde lhe permitiu sempre encontrava um tempinho para visitar sua terra.

Câmara de AURORA homenageia ex-vereadora Leopoldina Gonçalves Quezado

Na manhã de sábado, dia 22 a Câmara municipal de Aurora a frente a sua presidenta Socorro Macedo(PMDB) inaugurou as obras de ampliação das dependências físicas da casa. Trata-se do anexo legislativo recentemente construído que recebeu o nome da ex-vereadora Leopoldina Gonçalves Quezad o(D. Louzinha), genitora do eminente advogado filho da terra Dr. Paulo Napoleão Quezado.

O que precisa ser dito

Segue abaixo texto do ex-deputado federal João Alfredo sobre a questão da transposição das águas do rio São Francisco, publicada n"O POVO em 27/12:

O QUE PRECISA SER DITO

Na qualidade de leitor assíduo, assinante e eventual colaborador de O POVO, gostaria de manifestar a minha crítica da forma como vêm sendo abordados pelo jornal tanto a questão da transposição do Rio São Francisco, como do jejum de Dom Luis Cappio. Não fora o artigo publicado hoje, de autoria do Padre Mauricio, da CPT, teríamos a falsa idéia de que dom Cappio se encontra totalmente isolado em sua posição. Intelecutais de porte de um Fábio Konder Comparato ou Maria Victoria Benevides; prelados e religiosos da expressão de um Leonardo Boff, um Pedro Casaldaliga ou um Tomás Balduino; ou mesmo um nobel da paz, como Adolo Pérez Esquivel (isso paranão falar de diversos movimentos sociais e ambientalistas de todo o Brasil) desautorizam o falso conceito de que o gesto do frei franciscano não encontra eco na sociedade. Aliás, dentre os ataques injustos que têm sido desferidos a dom Cappio, está o de que ele seria contra o atendimento das necessidades de água do Nordeste Setentrional, onde se encontra nosso Estado do Ceará.

Nada mais falso: ao propugnar pelo cumprimento das obras constantes do Atlas da Agência Nacional de Águas (ANA) - que busca garantir o abastecimento de água em todas as cidades da região do semi-árido - e da proposta de 1 milhão de cisternas de placa, da Articulação do Semi-Árido (ASA) - voltadas para a população rural, dom Cappio demonstra que há alternativas mais abrangentes, mais eficazes, mais baratas e menos impactantes do que as obras da transposição.

No caso do Ceará, o discurso oficial - que está quase se transformando em "pensamento único" - de que as águas do Velho Chico virão para atender as populações mais atingidas pelas secas, cai por terra ao simples conhecimento do caminho das águas.Nem os Inhamuns, nem o Sertão Central, nem a região de Crateús ou de Irauçuba seriam beneficiadas por essa obra. O que é preciso ser dito - e não está sendo divulgado - é que a maior parte das águas - que se armazenarão no Castanhão - serão transferidas pelo Canal da Integração (também conhecido como Eixão) para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Não é à toa que os principais empreendimentos ali projetados - uma siderúrgica e duas termelétricas, que , além de extremamente poluentes, são consumidores vorazes de água e energia - não se viabilizariam sem as águas da transposição.É esse debate que nós queremos ver nas páginas de O POVO, um jornal que alcançou reconhecimento em seus 80 anos de vida, pelo seu espírito democrático e progressista.

João Alfredo Telles MeloFortaleza-CE

Clientes do BNB têm até hojepara formalizarem renegociação pela lei 11.322

Os produtores rurais que aderiram à renegociação de dívidas com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), com base na Lei n° 11.322, têm até hoje (28), último dia do funcionamento das agências bancárias, para formalizarem os contratos. Ao todo, mais de 158 mil agricultores em toda a área de atuação do Banco aderiram às repactuações, o que permitiu ao Banco renegociar mais de R$ 1,7 bilhão em operações amparadas pelo citado instrumento legal. Somente no Ceará, o BNB renegociou aproximadamente R$ 244 milhões no âmbito da Lei n° 11.322. Cerca de 16 mil agropecuaristas assinaram termos de adesão no Estado, e, desse total, mais de 80% concluíram a renegociação. O Banco aguarda ainda o comparecimento de mais de três mil agricultores cearenses para a assinatura dos aditivos.

TJCE fará concurso para 180 vagas

O Poder Judiciário cearense finaliza o ano com um balanço bastante positivo. Concurso em breve para preenchimento de 180 vagas, maior agilidade na tramitação de processos, informatização da Justiça, transparência, redução de gastos e implantação do planejamento estratégico. Foram alguns dos resultados apresentados ontem, em café da manhã, pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), desembargador Fernando Ximenes, no Barbra´s Eden. Na oportunidade, Ximenes anunciou também uma série de ações para melhor aparelhamento e estruturação da Justiça, tanto na Capital como no Interior do Estado.Uma delas é a realização de concurso para níveis superior e médio, que contemplará vagas para analistas e técnicos. Ximenes destacou que vai preencher as vagas já existentes, contabilizadas em 180, e que não serão criados mais cargos. Adianta não existe data para publicação do edital, mas que deverá acontecer no próximo ano.

(Diário do Nordeste)

DN faz matéria sobre centenário do Casarão do Horto

O centenário do Casarão do Horto será comemorado ao longo do ano de 2008. O imóvel chegou aos 100 anos no dia 19 passado, porém as festividades acontecerão somente no novo ano. Além de festas, reformas estão previstas para a edificação. A finalidade é manter a originalidade dos traços arquitetônicos, a exemplo da retirada do mezanino da Capela do Senhor Bom Jesus do Horto. No último dia 19, centenas de pessoas participaram da entronização do Coração de Jesus. O ponto maior da festa foi o corte do bolo, feito pelo bispo de Jí-Paraná (RR), dom Antônio, que esteve visitando Juazeiro, e de dona Luiza, de 83 anos, que reside no casarão desde de 1935. Segundo o coordenador Salesiano da Colina do Horto, padre José Venturelli, não se tem uma certeza da data, mas se escolheu esse dia para comemorar o marco por haver a renovação ao Sagrado Coração de Jesus. O quadro na sala principal da casa foi adquirido em Roma pelo Padre Cícero, falecido aos 90 anos. A casa era um lugar de retiro espiritual e, também, de meditação. A renovação ao Sagrado Coração de Jesus foi amplamente difundida pelo Padre Cícero. É comum esse tipo de celebração na região Nordeste. Este ano, foi presidida pelo padre João Carlos Perini, com a presença de pelo menos 400 devotos. Todos cantaram hinos de louvores ao Coração de Jesus e ao Coração de Maria, além do hino do Padre Cícero.

(Diário do Nordeste)

Chuva atinge 49 cidades do Interior

O período de chuvas no Interior do Estado registra, aos poucos, um acréscimo. Pelo menos é o que confirma o boletim diário fornecido pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados apontam que desde a manhã da última quarta-feira, até a manhã de ontem, choveu em 49 cidades do Estado. O maior índice foi em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, com 62mm; seguida de Várzea Alegre, com 59,2mm.

Chuvas no Ceará
Cidade
Maranguape 62,0
Várzea Alegre 59,2
Lav. da Mangabeira 45,0
Piquet Carneiro 40,0
Granjeiro 37,0
Mombaça 35,0
Aurora 32,0
Cedro 31,0
Caucaia 24,0
Cascavel 19,0
Jaguaribe 18,0
Apuiarés 16,4
Solonópole 15,0
Milhã 15,0
Granja 15,0
Itaitinga 15,0
Beberibe 14,4
Iguatu 14,0
(Diário do Nordeste)

Lula aposta no PAC em 2008 e lamenta fim da CPMF

Em seu discurso de fim de ano nesta quinta-feira, 27, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exaltou a economia do País, lamentou o fim da CPMF e falou do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) como a grande aposta de 2008. O presidente deixou claro que, sem os cerca de R$ 40 bilhões que seriam arrecadados com a CPMF, os investimentos na área da saúde estarão comprometidos. "Na saúde, no começo de dezembro, lançamos o PAC que destinaria até 2010 mais de R$24 Bilhões para o setor. Infelizmente, esse processo foi truncado com a derrubada da CPMF , responsável em boa medida pelos investimentos na área da saúde. Estou convencido de que o governo, Congresso e sociedade, juntos, encontrarão uma solução para o problema". Lula encerrou seu discurso afirmando que o País está no caminho certo. "Tenho fé que somos um povo que supera suas dificuldades. Certamente poderemos fazer muito mais agora, quando Brasil encontrou seu rumo e está no caminho certo".
(O Povo)

Será obrigatório o uso de adesivo refletivo em capacetes

Entra em vigor na próxima terça-feira (1) a resolução do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que torna obrigatório o uso de adesivo refletivo e o selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) nos capacetes de condutores de motocicletas. Também fica proibida a colocação de película nas viseiras ou a utilização de viseiras escuras durante a noite. O presidente da Associação Brasileira de Motociclistas, Lucas Pimentel, considerou as novas normas importantes para garantir a segurança dos motociclistas. O diretor do Denatran, Alfredo Peres, lembrou que os motociclistas que descumprirem as normas serão multados e a pontuação será anotada na carteira de habilitação, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CBT). A punição para que utilizar capacete sem adesivo refletor ou selo do Inmetro é multa de R$ 127,69 além de cinco pontos na carteira de habilitação.Quem for flagrado sem capacete terá a habilitação suspensa e pagará multa de R$ 191,54.
(O Povo)

Bancos ficarão fechados no dia 31

Os bancos não vão abrir na próxima segunda-feira, último dia do ano. As contas de consumo como água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo, e os carnês que porventura vencerem no dia 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2008, poderão ser pagos no dia 2, sem multa. Os impostos e contribuições, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados. No dia 31, os bancos só efetuarão operações entre outros bancos, sem atendimento ao público. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ressalta que os clientes podem agendar nos bancos, caso tenham interesse, os pagamentos das contas, nos terminais de auto-atendimento e nos Correios, lotéricas e outros estabelecimentos comerciais.
(O Povo)

Preço do feijão no atacado sobe quase 200% em 2007

O preço do feijão no atacado subiu 192,81% em 2007, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ao divulgar o resultado do Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M), a FGV informou que o feijão subiu 43,91% em dezembro. "Foi o recorde absoluto dos itens apurados em 2007 e no mês", destacou o coordenador de Análises Econômicas da FGV, Salomão Quadros. A alta do preço do produto veio em decorrência da seca nas principais regiões produtoras. No varejo, o feijão também mereceu destaque entre os itens pesquisados pela FGV. A variedade mais consumida pelos brasileiros - o feijão carioquinha - foi também o item que mais pressionou a alta da inflação ao consumidor no mês. De acordo com a instituição, o preço do produto subiu 32,21% em dezembro e acumulou alta de 105,72% em 2007.
(Agência Estado)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Juazeiro de luto oficial com a morte de ex-prefeito

  Termina nesta sexta-feira o luto oficial de três dias decretado pelo prefeito de Juazeiro, Raimundo Macedo,
em virtude do falecimento do ex-prefeito e ex-deputado estadual, Antonio Conserva Feitosa.
O documento considera que o extinto exerceu a verdadeira postura de cidadão entregue as batalhas
sociais se projetando como uma das figuras de maior expressão na defesa dos interesses dos menos favorecidos.
No próximo dia 14 de janeiro, ele completaria 101 anos de idade e faleceu na madrugada desta quarta-feira,
dia 26, em sua residência no bairro Lagoa Seca onde o corpo foi velado. Para Raimundão,
Conserva Feitosa era um homem de elevadas qualidades morais. Ele nasceu em Triunfo (PE), concluiu
o curso de medicina na Universidade Federal do Pernambuco em 1934 e desembarcou em Juazeiro seis
anos depois. Doutor Conserva foi funcionário do antigo INPS, médico e chefe do posto do SAMDU, diretor
da Escola Técnica de Comércio, fundador e presidente do Rotary Clube e vice-presidente doTreze.
Em novembro de 1945, foi nomeado Interventor pelo então governador do Ceará, Menezes Pimentel.
Pelo voto popular, foi eleito prefeito em outubro de 1947, deputado estadual quatro anos depois e, em 1958,
novamente prefeito.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Abertas inscrições para curso de capacitação à distância

O Ministério das Cidades, em parceria com a Secretaria de Educação a Distância (SEaD) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realizará o curso de capacitação de Acesso à terra urbanizada: regularização fundiária e implementação de planos diretores, na modalidade à distância. Com duração de três meses e carga horária de 120 horas, totalmente gratuito, o curso atenderá mil alunos em todo o território nacional. O conteúdo programático do curso - dividido em doze aulas – aborda, entre outros aspectos, o processo de urbanização brasileira, instrumentos do Estatuto da Cidade utilizados para garantir o acesso à terra, e os conceitos e a legislação aplicável da regularização fundiária plena. O início do curso está programado para março de 2008. As informações serão divulgadas pelas redes da Secretaria Nacional de Programas Urbanos, pelo sítio internet do Ministério das Cidades e no endereço abaixo. Faça já a sua inscrição: http://www.sead.ufsc.br/institucional/cursoterra.html

Abertas inscrições para curso de capacitação à distância

O Ministério das Cidades, em parceria com a Secretaria de Educação a Distância (SEaD) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realizará o curso de capacitação de Acesso à terra urbanizada: regularização fundiária e implementação de planos diretores, na modalidade à distância. Com duração de três meses e carga horária de 120 horas, totalmente gratuito, o curso atenderá mil alunos em todo o território nacional. O conteúdo programático do curso - dividido em doze aulas – aborda, entre outros aspectos, o processo de urbanização brasileira, instrumentos do Estatuto da Cidade utilizados para garantir o acesso à terra, e os conceitos e a legislação aplicável da regularização fundiária plena. O início do curso está programado para março de 2008. As informações serão divulgadas pelas redes da Secretaria Nacional de Programas Urbanos, pelo sítio internet do Ministério das Cidades e no endereço abaixo. Faça já a sua inscrição: http://www.sead.ufsc.br/institucional/cursoterra.html

Mortes no Natal têm aumento de 77,8%

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 160 mortes nas BRs entre zero hora de sexta-feira e 6 horas de ontem, aumento de 77,8% em relação ao feriadão de Natal do ano passado. O número obtido, apesar de parcial, já ultrapassa as estatísticas de mortes registradas nos feriados de Natal dos últimos três anos. O balanço completo da Operação Natal, realizada pela PRF entre 21 e 25 deste mês, será divulgado nesta quarta-feira em Brasília. Oficialmente, a Polícia Rodoviária Federal só anunciou os dados parciais até as 6 horas de segunda, contando 134 óbitos, Contudo, o número já era 50% superior às 90 vítimas registradas nos quatro dias de feriado de Natal em 2006. Em 2005, a PRF registou 91 mortes nas estradas federais brasileiras, enquanto em 2004 houve 65. No ano passado, o dia 25 de dezembro caiu em uma segunda-feira. A operação de 2006, portanto, ocorreu entre os dias 22 e 25 de dezembro, um a menos que em 2007. Segundo o inspetor Alexandre Castilho, chefe da Comunicação da PRF, subiu 30% o número de veículos que circulam nas rodovias federais durante feriados entre 2006 e 2007. (das agências de notícias)

Gozação com os corintianos

Essa quem me enviou foi o radialista Jucimar Leite, numa gozação com os corintianos.

Saiu a tabela e regulamento da segundona

CHAVE 1 :
1 CORINTHIANS
2 Vila Nova (GO)
3 Bahia (BA)
4 América (RN)
5 Mixto (MT)6 Ríver (PI)
7 Linhares (ES)
8 São Raimundo (AM)
9 Bragantino (SP)
10 Gama (DF)
CHAVE 2 :
1 Juventude (RS)
2 Paraná (PR)
3 CSA (AL)
4 AVAI (SC)
5 Santo André (SP)
6 Kaburé (TO)
7 Operário (MS)
8 Rio Negro (AM)
9 Tuna Luso (PA)
10 Ponte Preta (SP)

As equipes que não possuem refletores em seus estádios deverão ter os seus jogos realizados à tarde.

Os estádios com capacidade inferior a 1.000 lugares deverão iniciar avenda dos ingressos 1 hora antes do início das partidas.

Cada equipe deverá apresentar os seus jogadores pelo menos com a camiseta da mesma cor, caso contrário o time da casa deverá jogar sem camisa para não confundir o juiz.

Se um jogador for expulso, ele tem que esperar 15min ou até enquanto a outra equipe não fizer gol.

Quando um time tiver a quantidade máxima de 8 jogadores, o campo deveráser reduzido, fazendo as traves com chinelo. Se um time começa a ser pressionado e a equipe adversária chuta muito forte, seu goleiro pode botar havaianas nas mãos para não doer.

Se mais da metade do time estiver de pés descalços, os outros jogadores têm que tirar a chuteira.

Não serão aceitos jogadores com travas muito altas para não estragar o campo, ou machucar o adversário.

De preferência, eles deverão usar Kichute.

Caso um time estiver jogando muito mal, um jogador da outra equipe poderá trocar de time para equilibrar a partida.

- Os preços dos ingressos já estão estipulados:
Sentado - R$ 1,00
Sentado no Chão - R$ 0,50
Em pé escorado - R$ 0,25
Em pé sem escora - R$ 0,10
Agachado - R$ 0,05

Primeira homenagem a Monsenhor Murilo

Uma escola de ensino infantil, construída no bairro Bela Vista, em Barbalha, foi oficialmente denominada de Monsenhor Murilo de Sá Barreto. É a primeira homenagem feita pela Terra de Santo Antônio ao seu ilustre filho, o saudoso “Vigário do Nordeste”. A propósito, o deputado Mauro Benevides proferiu, na Câmara dos Deputados, no último dia 19, discurso lembrando os 50 anos de ordenação sacerdotal de monsenhor Murilo.

Será lançado livro sobre a família Odísio

Está para ser lançado um livro bem interessante: “A Família Odísio no Brasil– a saga do escultor Agostinho Balmes Odísio”. Escrito pela Sra. Vera Odísio Siqueira, neta de Agostinho, a obra resgata a trajetória desse italiano – que residiu em Juazeiro do Norte na década 30 – e deixou inúmeras obras de artes no Cariri. Só pra citar algumas: o monumento ao Cristo Redentor, o Palácio Episcopal (com as imagens do Bom Pastor e do Poverello de Assis), o altar-mor da Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, o busto de Dom Quintino (na Praça da Sé), um monumento a São Geraldo e a gruta de Nossa Senhora de Lourdes (ambas existentes no Colégio Santa Teresa de Jesus), todas em Crato

Educação no trânsito nas escolas da rede estadual

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembléia aprovou três mensagens do Poder Executivo, um projeto de resolução da Mesa Diretora, três projetos de lei e sete projetos de indicação. Dentre estes, um é de autoria do deputado estadual caririense, Vasques Landim. O projeto de indicação trata da inclusão do ensino sobre Leis de Trânsito nos currículos de 1º e 2º graus da rede pública estadual. Entende o parlamentar que desde a adolescência, os jovens já precisam ir obtendo noções de trânsito em nome de uma maior segurança de todos. Vasques confessa estar assustado diante do elevado número de acidentes muitos deles causados por imperícia, imprudência e vários por desatenção ou desconhecimento às leis do trânsito.

Faleceu Dom Aloísio Lorscheider

Faleceu na madrugada deste domingo, 23, o cardeal Aloísio Lorscheider, 83, arcebispo emérito de Aparecida (SP) e ex-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Ele estava internado no hospital São Francisco, na capital gaúcha, desde o dia 10 de dezembro quando sofreu uma convulsão de origem cardíaca. Seu corpo será velado na Catedral de Porto Alegre e o sepultamento será no Convento de Daltro Filho a 130 km de Porto Alegre. O dia e o horário do sepultamento ainda não foram definidos. Gaúcho de Estrela, dom Aloísio, era franciscano e foi ordenado presbítero em 1948. Em 1962 foi ordenado bispo, assumindo a diocese de Santo Ângelo (RS) e tornou-se arcebispo de Fortaleza (CE) em 1973 onde ficou até 1995. Nesse ano, foi transferido para Aparecida (SP) tornando-se arcebispo emérito em 2004. Entre as muitas atividades desenvolvidas pelo cardeal, destaca-se a presidência da CNBB, cargo que exerceu por dois mandatos de 1971 a 1978. Antes, foi secretário geral da instituição. Foi também presidente do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM) no período de 1976 a 1979.
Criado cardeal pelo papa Paulo VI, em 1976, dom Aloísio participou dos conclaves que elegeram os papas João Paulo I e João Paulo II, ambos em 1978.

Dom Aloisio esteve várias vezes no Cariri
À época que foi arcebispo de Fortaleza (entre os anos 1973-1995) o cardeal Aloisio Lorscheider esteve várias vezes visitando o Cariri. Dentre suas vindas, destacamos sua participação na festa dos 75 anos de criação da Diocese de Crato, em 1989, e para a posse de Dom Newton Holanda Gurgel como 4º bispo da Diocese de Crato em 1993. A última visita do cardeal Lorscheider ao Cariri ocorreu em 2003 quando ele participou de uma romaria na cidade de Juazeiro do Norte, como convidado de Dom Fernando.

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Feliz Natal!!!!

Olá caros amigos do blog hoje é 25 de dezembro, dia de descanso. Estaremos de volta amanhã. Desejo à todos um Feliz Natal e um ano de 2008 de muitas realizações. Abaixo segue um conto de Natal bem legal. Amanhã voltamos com informações quentes.

O pai, o filho, o outro
Marçal Aquino

Ele não gostou da casa. (Você também não gostaria, acredite.)
Era úmida, escura, inóspita. Não existia forro. As paredes exalavam um hálito defumado, as cortinas estavam encardidas, os móveis caíam aos pedaços. Não havia nada enfeitando as paredes, nem mesmo um calendário. (Você já esteve numa casa doente? Aquela era uma.)
O rapaz sentou-se num sofá desbotado, que cedeu de modo preocupante sob seu peso, e olhou para a velha empregada. Ela disse:
Seu Valdemar já vem.
E afastou a cortina de tirinhas para voltar à cozinha. Sem nada para distrair os olhos nas paredes, ele fixou a atenção no pedaço de bombril preso à antena da televisão portátil. No canto oposto, um minipinheiro de folhas amareladas, enfeitado por meia dúzia de bolas coloridas, fazia as vezes de árvore de Natal. Ele esperou, represando a vontade de sair dali. (Você nunca se arrependeu de algo que ainda está por acontecer?)
Por uma fresta das cortinas, ele pôde ver um pedaço ainda azulado do céu. Escurecia devagar naquela época do ano. Chegaram da cozinha o ruído de panelas e o cheiro de alho fritando. Ele ouviu a voz da empregada, mas não entendeu o que ela dizia. Então se levantou e colocou o rosto entre as tirinhas de plástico.
Falei que você pode ligar a televisão, se quiser, a mulher disse. Só que a imagem não é grande coisa.
A cozinha era maior do que ele imaginava. Abrigava um fogão, armários, uma enorme pia de mármore e uma mesa de fórmica, coberta por uma toalha vermelha. Pratos e talheres para três pessoas. De um dos cantos do teto, afluentes de uma mancha de infiltração avançavam em direção à lâmpada. A empregada se movia de um jeito nervoso entre o fogão e a mesa. Coxeava de uma perna, ele reparou.
Quando se voltou, deu de cara com o homem parado às suas costas.
Tinha se barbeado e penteado os cabelos com capricho, usava uma camisa nova de mangas compridas, calça vincada e sapatos. Recendia a sabonete de pinho.
Ele notou que, vestido daquele maneira, o homem assumia um ar solene - estava habituado a vê-lo de macacão e botinas. Parecia até mais magro vestido com aquelas roupas. E pouco à vontade.
Você quer um aperitivo, Cléber?, o homem perguntou.
E, sem esperar pela resposta, pegou uma garrafa de cachaça e dois copos no armário da cozinha.
Beberam sem brindar. O homem estalou a língua, satisfeito. Ele sentiu o ardor da bebida na garganta. Lacrimejou, tossiu. E percebeu que a empregada olhava com curiosidade para seu rosto.
Essa é da boa, o homem disse.
E serviu-se outra vez. A empregada abriu o forno e espiou o assado. O cheiro espalhou-se pela cozinha, foi capturado pelas narinas do rapaz e classificado como bom.
Podem ir sentando, a mulher disse. Tá tudo pronto.
O homem puxou a cadeira para o rapaz e, depois, sentou-se de frente para ele. Entre os dois, a empregada colocou as travessas com a comida. Por último, protegendo as mãos com um guardanapo, retirou o assado do forno. Lombo com batatas.
O homem esperou que a mulher ocupasse seu lugar à mesa e então olhou para o rosto do rapaz.
Não faça luxo. A comida é simples, mas você vai ver como a Conceição cozinha bem.
O rapaz serviu-se e derrubou arroz na toalha. Manteve a cabeça baixa, evitou olhar para o homem ou para a mulher. Sabia que ambos o observavam. Estava enganado, porém: enquanto o homem abria uma garrafa de vinho, prendendo-a entre as coxas para retirar a rolha, a empregada fatiava o lombo.
Quando terminaram de comer, a empregada levantou-se para passar um café e o homem e o rapaz foram para a sala.
Gostou da comida?
Gostei, o rapaz respondeu.
O homem sorriu, satisfeito. Então entrou no quarto e reapareceu com uma caixa embrulhada em papel de presente.
Comprei pra você, disse. Feliz Natal.
O rapaz segurou a caixa e a vontade de sair correndo dali. Estava pensando que nunca deveria ter aceitado aquele convite.
Eu não trouxe nada.
Não tem problema, o importante é que você está aqui, o homem disse. Abra o seu presente.
O rapaz abriu o pacote. Uma camisa. A empregada entrou na sala com o café. E, depois de colocar a bandeja sobre a mesa de centro, ficou parada, olhando para a camisa nas mãos do rapaz. O homem falou:
Foi ela que escolheu.
Obrigado, o rapaz disse.
A mulher sorriu de um jeito tímido. E retornou à cozinha arrastando uma das pernas. O homem e o rapaz afundaram lado a lado no sofá.
E então, você pensou no que eu falei?
Antes de responder, o rapaz curvou o corpo para frente com dificuldade e colocou a xícara sobre a mesa de centro. Ganhou tempo. E falou sem olhar para o rosto do homem.
Pensei, seu Valdemar. Não posso aceitar.
O homem suspirou.
Não pode por quê?
Não posso, só isso.
O homem se mexeu no sofá. Seu corpo tocou no do rapaz.
Você é orgulhoso que nem a sua mãe.
O rapaz o encarou.
Não é orgulho. É que eu tô pensando em ir embora.
Embora pra onde?
Ainda não sei, o rapaz disse. Vou pra uma cidade maior.
Você não precisa fazer isso. Pode ficar por aqui e ganhar a vida com a borracharia.
Eu vou embora.
O homem também colocou a xícara sobre a mesa. Balançou a cabeça.
Tem uma coisa que você não sabe.
Pronto, o rapaz pensou, lá vêm as histórias. Estava acostumado: desde menino escutava as conversas na cidade (diziam que ele era filho do borracheiro; mas ele sabia que não era). Só que o homem falou de outro assunto.
Eu tô doente, Cléber. Tenho pouco tempo de vida.
O rapaz baixou a cabeça, não soube o que dizer. O homem tocou em seu braço. Disse:
Eu já estive no cartório e passei tudo para o seu nome. Esta casa, a borracharia. É tudo seu.
O rapaz levantou-se do sofá.
Eu não posso aceitar uma coisa dessas, seu Valdemar.
Claro que pode. Eu sempre ajudei a sua mãe. E agora quero te ajudar.
O rapaz ficou em silêncio por um tempo. Pensava na mãe, que tinha morrido meses antes. Uma vez, chegara a conversar com ela sobre os boatos que ouvia.
E por que o senhor quer me ajudar?
Porque sim. Eu não tenho ninguém pra quem deixar as minhas coisas. Deixo pra você, que também não tem ninguém.
A mãe dissera que aquilo não passava de fofoca. Seu pai, ele sabia, era um engenheiro com quem sua mãe se envolvera na época em que a mineradora se instalou na cidade. Um estrangeiro. Quando mais novo, o rapaz gostava de imaginar o pai como um aventureiro. Um aventureiro que fora embora da cidade e que nunca voltara para visitá-lo.
Não posso aceitar.
Não depende de você, Cléber. Tá tudo no seu nome lá no cartório.
Nesse momento, a empregada surgiu entre as tirinhas da cortina.
Eu já vou me deitar. Se vocês precisarem de alguma coisa, é só chamar.
Obrigado, Conceição, o homem disse.
E então se levantou do sofá e ficou ao lado do rapaz. Pôs a mão em seu ombro.
Você não precisa vir morar aqui. E, depois que eu morrer, você pode fazer o que quiser com esta casa e com a borracharia.
Eu não vou aceitar.
O homem pareceu não ouvi-lo.
Só tem uma coisa: eu não quero que você deixe a Conceição na mão.
Às vezes, no dia de seu aniversário ou em ocasiões como aquela, o rapaz recebia presentes que, ele sabia, não haviam sido comprados pela mãe. Ele gostava de imaginar que o pai os enviara. O aventureiro estrangeiro.
O senhor conheceu meu pai?
O homem pensou antes de responder.
A sua mãe não falava dele pra você?
A mãe não gostava de falar do assunto, o rapaz lembrou. Parecia incomodá-la. Uma dor. E ele respeitava, evitava perguntas. Contentava-se com os fiapos que conhecia.
Eu já vou embora, seu Valdemar. Obrigado pelo jantar. E pela camisa.
O homem colocou outra vez a mão em seu ombro.
Posso te dar um abraço?
O rapaz pôs a caixa sobre o sofá e então ele e o homem se abraçaram. Ficaram assim por um tempo.
Quero que você me prometa que pelo menos vai pensar no assunto, Cléber.
O rapaz não disse nada. Limitou-se a recolher a caixa e a caminhar em direção à porta. O homem disse:
Eu não tenho muito tempo pela frente.
Quando chegou à rua, o rapaz sentiu alívio. Estava transpirando - devia ser o vinho, não tinha o costume de beber. Antes de se afastar, olhou uma última vez para a casa. Sua casa. Esse pensamento encheu-o com uma sensação que ele não soube definir.
Era cedo ainda e ele não pretendia voltar para o quarto-e-sala que ocupava nos fundos de uma casa. Onde sempre vivera com a mãe. Pensou em ir até um dos bares do centro, talvez encontrasse algum dos amigos. Não, ele sabia que os amigos estavam com suas famílias naquela hora.
Em frente a um sobrado, dois garotos brincavam com uma bola, que, num chute descuidado, veio rolando em sua direção. Uma bola nova em folha, que os garotos tinham acabado de ganhar. Ele agachou-se, recolheu a bola e a devolveu ao garoto. Depois, encostou-se num poste e permaneceu por algum tempo assistindo às brincadeiras dos garotos.
Pensou na mãe e lembrou-se de que ela sempre ficava triste em dias como aquele. Nunca soube por quê.
Então, de repente, ele se virou e retornou pela rua, em direção à casa do borracheiro. A sua casa. Ainda não sabia muito bem o que diria quando o homem abrisse a porta. Talvez dissesse apenas que voltara porque tinha se esquecido de lhe desejar feliz Natal.

domingo, 23 de dezembro de 2007

Devendo explicações à sociedade

Impressionante a capacidade da atual gestão da URCA em tentar desmoralizar a greve dos professores das universidades estaduais. Ultimamente foi o chamado jornal da URCA que traz como manchete “a greve que ninguém quer”. Acredito que apenas o Governo e a Reitoria da URCA queiram a greve, já que ninguém resolve a questão das reivindicações dos professores. A Reitoria atual é tão subserviente quanto a anterior. Pior ainda, faz campanha declarada contra a greve. Infelizmente o Gabinete do Reitor poderia ter usado o jornal para explicar porque é que o Governo Cid não negocia com os grevistas, e finalmente o que a Reitoria anda fazendo para resolver a questão. Nenhuma palavra sobre o assunto. Com relação aos pró-reitores, falou o que eles são, querem e pretendem fazer, mas não explicou os casos de nepotismo na URCA. Ficou devendo explicações à sociedade.

Já que estamos próximo de 2008, e seria interessante a atual administração superior da URCA pensar numa questão. Qual mesmo a posição da atual administração com relação aos prefeitos do Cariri do PSDB? Sim, porque quem sempre navega pelo orkut já pôde ler as posições do atual chefe de gabinete que culpou o PSDB por fazer a greve atual na URCA. Se o PSDB tem culpa, os prefeitos deveriam se explicar. Se foi somente mais uma falácia do chefe de Gabinete, então, a reitoria deveria pedir desculpas ao PSDB. O fato é que os principais dirigentes da URCA detestam o PSDB. Até aí tudo bem, mas quando se trata de administrar uma universidade isso é estranho, pois pelo que sabemos uma universidade deve ser plural e democrática antes de tudo. A própria vice-reitora na abertura das aulas do atual semestre(paralisado pela greve) falou dos “difíceis” tempos de Tasso Jereissati quando governador que teria relegado as universidades estaduais à segundo plano. Mesmo elogiando bastante a professora Vileta e o prof. Plácido esqueceu que os dois foram indicados exatamente por Tasso. Tudo bem, as pessoas esquecem rápido algo que é conveniente.

Com relação ainda ao PSDB essa ranhura existe porque um dos grupos políticos mais fortes na URCA é atrelado ao chefe de gabinete Darlan Reis. Ele comanda o PC do B no Crato e na URCA. Tem horror ao PSDB, mas agora é uma figura pública e tem que se explicar de tudo que fala ou escreve, até mesmo no orkut. Não se explicou ainda. Aliás, o grupo que comanda hoje a URCA não gosta muito de se explicar. Apenas acusar.

Sobre a transposição das águas do Rio São Francisco

Olá amigos leitores reproduzo abaixo texto do amigo Armando Rafael questionando minha posição sobre a transposição das águas do rio São Francisco. Em seguida texto de Dom Cappio, sobre o mesmo tema. Os textos são longos, mas como o assunto é importante vale a pena ler.

OK Tarso. "Os nordestinos têm direito a água" e o Governo Lula da Silva tem direito de nos enganar com este projeto em nada tem a ver com o “matar a sede do nordestino”?Apregoa o Governo Federal em “dar a água a quem tem sede”, "Um copo d’água a quem necessita”. Nada disso parece verdade, muito menos justificativa de tamanho investimento público. Como cidadão brasileiro tenho direito em ser a favor ou contra o que nos empurram goela abaixo. No meu modesto entender tem razão o Bispo em ver os interesses do agro-negócio como o maior beneficiário da transposição.A água não vai chegar ao Sertão de Crateús e ao Sertão dos Inhamuns, onde mais a população precisa de água. Vai beneficiar projetos de irrigação no Vale do Cariri, onde existe água em abundância.Não, este não é um projeto para o Nordeste e para o Brasil, é um erro fundamental de Lula;um equívoco estratégico e ético. Mais de 6 bilhões de reais vão ser pagos as empreiteiras (tão boazinhas, meu Deus) nesta primeira etapa da transposição que não servirápara beneficiar a população pobre. Ainda bem que no Brasil não existem DESVIOS em obras públicas...(ah, ah, ah)Quem ganhará num ano eleitoral???A fome do bispo é a nossa fome de sinceridade, de liberdade, de justiça; a fome do bispo é a sede que todas as águas do São Francisco não saciarão. A fome do bispo é ética, o que falta, absolutamente falta, neste país curiosamente “franciscano”, é a solução para o princípio de que: “é dando que se recebe”.Existe uma minoria do Brasil que quer transparência. Que não se deixa enganar com os mensaleiros e sanguesugas da vida. Essa minoria diz:"Não somos mercadorias, não somos negociáveis, não somos coisas, não somos urnas ou cargos, somos gente, somos almas que guiadas pelo olho e pela mão fazem o mundo humano belo, sensível, desejável.Solidariedade bispo Cappio, solidariedade ao povo do Nordeste. Sem mistificações dos corruptos que hoje dominam o cenário político nacional...


VAMOS DAR DIREITO DE RESPOSTA AO BISPO DOM LUIZ FLÁVIO CAPPIO(Artigo publicado na FOLHA DE S.PAULO, em 12/12/2007)
Dom Cappio: Jejuo também por democracia real.

ACUSAM-ME de inimigo da democracia por estar em jejum e oração combatendo um projeto do governo federal autoritário, falacioso e retrógrado, que é o da transposição de águas do rio São Francisco. Meu gesto não é imposição voluntarista de um indivíduo. Fosse isso, não teria os apoios numerosos, diversificados e crescentes que tem tido de representantes de amplos setores da sociedade, inclusive do próprio PT. Vivêssemos uma democracia republicana, real e substantiva, não teria que fazer o que estou fazendo.Um dos mais graves males da "democracia" no Brasil é achar que o mandato dado pelas urnas confere um poder ilimitado, aval para um total descompromisso com o discurso de campanha, senha para o vale-tudo, para mais poder e muito mais riquezas. Tráficos de influências, desvios do erário, porcentagens em obras públicas e mensalões são práticas tradicionais na política brasileira, infelizmente, pelo visto, ainda longe de acabar. A sociedade está enojada e precisa se levantar. Há políticos -e, infelizmente, não são poucos- que, por onde passaram na vida pública, deixaram um rastro de desmandos, corrupção, enriquecimento ilícito etc. Como ainda funcionam o clientelismo eleitoral, a mitificação de personagens, as falsas promessas de campanha, o "toma-lá-dá-cá" e mais deseducação que educação política do povo, esses políticos conseguem se reeleger e galgar posições de alto poder em governos, quaisquer que sejam as siglas e as alianças.Na campanha do candidato Lula, o tema crucial da transposição era evitado o máximo possível. Mas as campanhas eleitorais, à base do marketing e das verbas de "caixa dois" das empresas, são tidas e havidas como grandes manifestações do vigor de nossa democracia, que, com urnas eletrônicas, dá exemplo até aos EUA... O projeto de transposição não é democrático, porque não democratiza o acesso à água para as pessoas que passam sede na região semi-árida, distante ou perto do rio São Francisco. O governo mente quando diz que vai levar água para 12 milhões de sedentos. É um projeto que pretende usar dinheiro público para favorecer empreiteiras, privatizar e concentrar nas mãos dos poucos de sempre as águas do Nordeste, dos grandes açudes, somadas às do rio São Francisco.A transposição não tem nada a ver com a seca. Tanto que os canais do eixo norte, por onde correriam 71% dos volumes transpostos, passariam longe dos sertões menos chuvosos e das áreas de mais elevado risco hídrico. E 87% dessas águas seriam para atividades econômicas altamente consumidoras de água, como a fruticultura irrigada, a criação de camarão e a siderurgia, voltadas para a exportação e com seríssimos impactos ambientais e sociais. Esses números são dos EIAs-Rima (Estudos de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto sobre o Meio Ambiente), públicos por lei, já que, na internet, o governo só colocou peças publicitárias.O projeto de transposição é ilegal e vem sendo conduzido de forma arbitrária e autoritária: os estudos de impacto são incompletos, o processo de licenciamento ambiental foi viciado, áreas indígenas são afetadas e o Congresso Nacional não foi consultado como prevê a Constituição. Há 14 ações que comprovam ilegalidades e irregularidades ainda não julgadas pelo Supremo Tribunal Federal. Mas o governo colocou o Exército para as obras iniciais, abusando do papel das Forças Armadas, militarizando a região. A decisão do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, de Brasília, em 10/12 deste ano, obrigando a suspensão das obras, é mais uma evidência disso.O mais revoltante, porque chega a ser cruel, é que o governo insiste em chantagear a opinião pública, em especial a dos Estados pretensos beneficiários, com promessas de água farta e fácil, escondendo quem são os verdadeiros destinatários, os detalhes do funcionamento, os custos e os mecanismos de cobrança pelos quais os pequenos usos subsidiariam os grandes, como já acontece com a energia elétrica. Os destinos da transposição os EIAs/Rima esclarecem: 70% para irrigação, 26% para uso industrial, 4% para população difusa.Temos um projeto muito maior. Queremos água para 44 milhões de pessoas no semi-árido. Para nove Estados, não apenas quatro. Para 1.356 municípios, não apenas 397. Tudo pela metade do preço previsto no PAC para a transposição. O Atlas Nordeste da ANA (Agência Nacional de Águas) e as iniciativas da ASA (Articulação do Semi-Árido) são muito mais abrangentes, têm prioridade no abastecimento humano e utilizam as águas abundantes e suficientes do semi-árido. Fui chamado de fundamentalista e inimigo da democracia porque provoquei que o povo se levantasse e, disso, os "democratas" que me acusam têm medo. Por que não se assume a verdade sobre o projeto e se discute qual a melhor obra, qual o caminho do verdadeiro desenvolvimento do semi-árido? É nisso que consiste a nossa luta e a verdadeira democracia.

DOM FREI LUIZ FLÁVIO CAPPIO, 61, é bispo diocesano da cidade de Barra (BA) e autor do livro "Rio São Francisco, uma Caminhada entre Vida e Morte".

Missa do Galo nas dioceses cearenses

Após quase um mês de preparação (por meio do Advento) e de espera pela vinda do menino Jesus, do "Deus que se fez Carne", celebra-se, nesta terça-feira, 25, o nascimento de Cristo. A noite que antecede a data também é de festa. Em todas as igrejas católicas do mundo, a noite do dia 24 é de vigília, à espera do "salvador", com a tradicional Missa do Galo. No Ceará, o culto perdeu uma das suas principais características, a celebração à meia-noite, mas ela continua firme e forte, sendo realizada em quase todas as igrejas. Nas catedrais das oito dioceses do interior cearense, serão realizadas missas tanto no dia 24 quanto 25. Na Catedral de Senhora Santana, em Tianguá, a missa do Galo será às 21 horas. No dia 25, serão três missas: às 7h30min, 9h30min e 19 horas, sendo a última uma missa campal de encerramento das novenas natalinas, reunindo todos os bairros da cidade. Em Limoeiro do Norte, serão duas celebrações: às 19 horas e às 22 horas. No dia 25, as missas serão às 8 horas e 19 horas. Em Sobral, a Missa do Galo será às 23 horas. Já no domingo, haverá missa solene às 16 horas, na Capela do Menino Deus, seguida de procissão. Em Crateús, a missa do dia 24 terá início às 22h30min e, no dia seguinte, às 9 horas e 18h30min. Na Catedral de Nossa Senhora das Mercês, em Itapipoca, a Missa do Galo será às 22 horas. Mas antes, entre 19 horas e 22 horas, haverá confissão e a apresentação de uma peça, feita por idosos. No dia seguinte, missa às 9 horas e 19 horas. Em Iguatu, a catedral festejará o Natal às 20 horas de amanhã e às 9 horas e 18 horas da terça-feira. Na Catedral de Nossa Senhora da Penha, no Crato, serão duas celebrações no dia 24 (17h e 22h) e no dia 25 (9h e 17h). No município de Quixadá, a catedral terá missa às 21 horas do dia 24 e às 10 horas e 19 horas do dia 25 de dezembro.
(jornal O Povo)

Juazeiro ganha juizado especial

Mais um instrumento de defesa dos direitos da mulher foi criado na Região do Cariri. Foi inaugurado o Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, na cidade de Juazeiro do Norte. Por enquanto, o juizado vai funcionar provisoriamente em uma das salas do Fórum Desembargador Juvêncio Santana, no bairro Lagoa Seca. Este é o segundo juizado especial para a mulher inaugurado no Ceará este mês. O primeiro foi entregue no último dia 18 pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em Fortaleza. O responsável pelo órgão será o juiz José Mário Feitosa. Assim como a unidade de Fortaleza, o juizado de Juazeiro também funcionará totalmente virtual. Segundo o presidente do TJCE, desembargador Fernando Ximenes, a crescente violência contra a mulher na região do Cariri foi um dos motivos para instalação do juizado. Ele afirmou pretender, com este novo instrumento, contribuir para a celeridade de processos que tramitam na Justiça por conta de violência contra a mulher. Ele espera que o número de casos de violência seja reduzido após o juizado. Presente na solenidade de inauguração, o governador Cid Gomes (PSB) afirmou que irá ampliar a defensoria pública no Interior. Outra promessa feita no local foi a de construção de uma sede para a Delegacia da Mulher de Juazeiro, que atualmente funciona na sede Delegacia Regional, bem como a ampliação do seu horário de funcionamento, que passaria também a abrir aos fins de semana. A coordenadora do Fórum de Mulheres do Cariri Centro Sul, Mara Gomes Guedes, disse acreditar que, com o juizado, os processos que apuram casos de violência contra a mulher agora serão julgados mais rapidamente, permitindo que os agressores não fiquem impunes. "É preocupante a incidência de violência contra a mulher no Cariri. Do ano passado pra cá, cerca de 110 mulheres foram assassinadas na região. É preciso dar um basta na violência e na impunidade", disse. A implantação das duas unidades é um cumprimento à Lei Maria da Penha, aprovada em agosto de 2006, com o objetivo de coibir e prevenir a violência contra a mulher.
(Jornal O Povo)

Gastos estagnados, redução de investimentos

As informações são desencontradas e os olhares dos analistas, divergentes. O fato é que os custos com a segurança pública no País deixam brechas para que se duvide da prioridade da área dentro das metas do poder público e da real eficiência da aplicação dos recursos. Dados divulgados recentemente pelo site Contas Abertas apontam que os gastos do Governo Federal para a área permaneceram estáveis nos últimos sete anos, ao passo que indicadores de criminalidade e a sensação de insegurança da população sinalizam para um contexto de aumento da violência no País. Segundo o site, desde 2001, ainda na gestão de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e passando pelo primeiro mandato de Lula (PT), o valor anual destinado à segurança tem flutuado entre R$ 4 bilhões e R$ 5 bilhões. Em 2001, o montante foi de R$ 4,8 bi, mesmo valor deste ano (já levando em conta as atualizações monetárias). As informações foram colhidas pelo Contas Abertas no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi). O site mostra também que houve uma queda nos investimentos para a área, que passaram de R$ 1,2 bi em 2001 para R$ 600 mi este ano, levando em conta os valores registrados até o último dia de 28 de novembro. (Jornal O Povo)

BNB prevê R$ 5 bilhões para região

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está prevendo investir R$ 5 bilhões em financiamentos de empresas e obras públicas no Nordeste no próximo ano. O dinheiro é do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste (FNE) e de recursos do próprio banco. Um pouco de milhões em cada estado. "O banco está apostando muito com relação ao incremento para novos investimentos nos estados. Há obras muito importantes como a refinaria em Pernambuco, a siderúrgica no Ceará, o setor petroquímico na Bahia, o turismo em todo o Nordeste, a gente está vendo de forma bastante positiva o desempenho da Região no ano que vem", afirma superintendente da área de negócios, Valter Freitas. Uma boa parte desse dinheiro já está, inclusive, contratado. Cerca de R$ 1 bilhão já foi reservado para projetos já aprovados. "Vários financiamentos são para a área de infra-estrutura. São obras importantes para impactar na atração de outras empresas. Desde saneamento à telecomunicação e energia. Recentemente aprovamos um projeto para construção de embarcações em Pernambuco", afirma. Na Bahia, o setor que está demandando mais recursos é o petroquímico. "Para 2008 já temos várias cartas consultas aprovadas. Também estamos recebendo demanda para telecomunicações. Eu acho que já temos um volume significativo", afirma. Em 2007, o setor que mais recebeu recursos do BNB foi o de energia. Dos cerca de R$ 5 bilhões investidos durante o ano, R$ 1,5 bilhão foi para esse setor. "Tanto para produção quanto distribuição. Além disso, telecomunicações e petroquímica também receberam muitos recursos. Essas três áreas ficaram com R$ 3 bilhões em 2007", diz.
(jornal O Povo)

Cid avalia primeiro ano e diz merecer uma nota "5"

A nota melhorou de cinco meses para cá. Em sua auto-avaliação, o governador Cid Gomes (PSB) se deu, ontem, nota 5. Em julho, em entrevista à Rádio O POVO/CBN, o socialista havia se dado no 3. "A minha média no colégio que eu estudei a vida inteira era 7,5. O povo cearense me deu 6,6 (dados da pesquisa Datafolha). Dei 3 naquela época, vou me dar 5 agora", declarou ontem pela manhã durante visita a Assembléia Legislativa, onde realizou um pequeno balanço de seu primeiro ano de governo. Cid deixou claro que a nota era dele próprio, e não do governo em geral. "Para depois não dizer que, se eu der nota baixa ao governo, estou destratando meus auxiliares que eu sei que são dedicados e ao corpo de servidores", observou Cid. "Estou longe ainda da minha média que é 7,5 e vou lutar muito para atingi-la", declarou. O governador salientou pelo menos quatro pontos que considerou importante em 2007. O primeiro foi "organizar a casa". Na seqüência, contou, o ponto importante foi a recuperação da capacidade de investimentos do Estado. Até 2011, último ano do governo dele, Cid pretende investir R$ 6 bilhões com dinheiro do governo federal e de instituições internacionais. Cid salientou que o terceiro ponto importante foi começar o Ronda do Quarteirão - sua principal promessa de campanha. Em 2008, o governador quer implantar o Ronda nas cidades do Interior com mais de 100 mil habitantes. (Jornal O Povo)

sábado, 22 de dezembro de 2007

CCBNB realiza seminário sobre cultura e desenvolvimento

Os Centros Culturais Banco do Nordeste realizaram nos últimos dias 19 e 21 de dezembro o 3º Seminário Cultura e desenvolvimento. O evento teve como público alvo artistas, produtores cultuais, professores, representantes de prefeituras, associações de classe, instituições culturais, escolas, Ong’s e outros parceiros. O objetivo do seminário: promover uma reflexão sobre o papel do BNB na relação entre cultura e desenvolvimento.

Comércio no Crato aquecido

O comércio está aquecido neste final de ano. As compras tendem a aumentar devido ao período natalino. Foi injetado na economia do Crato, apenas por parte da Prefeitura este mês de dezembro, algo em torno de 2,4 milhões de reais como pagamento de salários e segunda parcela do décimo terceiro salário. Se somarmos os salários dos servidores públicos estaduais e federais, além da iniciativa privada, esse volume pode, no mínimo, triplicar. Apesar das compras aumentando em dezembro, vale o registro da pouca iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Crato, que faz uma tímida campanha de Natal. Se os diretores da CDL tivessem mais visão de futuro, as compras no Crato poderiam ser bem maiores.

Comerciantes de Juazeiro otimistas com crescimento das vendas

Os comerciantes de Juazeiro do Norte estão otimistas. As compras poderão superar os anos anteriores, sinônimo de melhoras na economia. Melhora essa que se sente em todo o País, essa é a verdade. Em Juazeiro do Norte os empresários foram mais agressivos e montaram uma grande campanha publicitária para aumentar as vendas. A coisa está dando certo.

Amanhã o Doce Natal vai distribuir presentes para as crianças cratenses

O Doce Natal em sua reta final realizou ontem no Centro Cultural do Araripe a última edição da Doce Ilha Solidária. Milhares de pessoas participaram do evento, que teve diversas atrações. No período da tarde aconteceu a Doce Ciranda, com uma caminhada pelas ruas centrais da cidade com a participação de grupos da cultura popular, artistas, professores, estudantes e a equipe do Doce Natal. A Doce Ciranda teve concentração na Praça São Vicente e terminou no largo da RFFSA. Amanhã acontecerá o encerramento do Doce Natal. A partir das 16 horas os portões do Estádio Mirandão estarão abertos para as famílias cratenses. Acontecerá um show voltado para o espírito natalino e as famílias. As crianças receberão presentes. Cerca de 18 mil presentes serão entregues. Às 20 horas na avenida Miguel Limaverde acontecerá o natal popular com animação da Banda Furação do Forró.

Prefeitura sorteia boxes para 138 permissionários da central de abastecimento

Os comerciantes do Centro de Abastecimento do município do Crato participaram de um sorteio dos boxes esta semana, no Centro Cultural do Araripe. Ao todo, foram sorteados 120 boxes de frutas e mais 18 para os permissionários que comercializam condimentos. O prefeito do Crato Samuel Araripe com esse trabalho de reforma do mercado público, entrega em poucos dias á população do Crato, um importante equipamento para a população, conseguindo organizar a área do entorno do mercado e fornecendo melhores condições de vendas de produtos alimentícios no município do Crato.

Nordestinos têm direito à água

Desculpem-me mas acredito que a greve de fome do bispo de barra Dom Cappio, foi a atitude mais sem futuro e despropositada do ano de 2007. Muitos estão contra a transposição das águas do rio São Francisco, inclusive amplos setores da Igreja e da esquerda. Mas, com certeza, essa atitude não me convence. O projeto é importante para o semi-árido e acredito que apenas o Governo Lula tem força para leva-lo à frente. É uma obra que todos os Nordestinos por puro espírito de solidariedade deveriam estar apoiando. Que Dom Cappio, que nunca passou fome ou sede, reflita e em 2008 mude de postura, deixe de chantagear as autoridades e apóie que as famílias do semi-árido nordestino tenham direito a água.

Impostos encarecem compras de Natal

Quando o brasileiro vai às compras para assegurar uma comemoração de fim de ano, dificilmente tem noção de quanto os impostos embutidos nos preços das mercadorias repercutem na forma de preços mais elevados. Conforme levantamento do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), alguns itens consumidos com mais freqüência neste período chegam a embutir até 63% de tributos, como o caso dos fogos de artifício usados para alegrar a virada do ano. Na cesta que tem a cara das festas de fim de ano, o IBPT incluiu também produtos rotineiros na vida do brasileiro. Usar água de coco para incrementar drinques por exemplo contém uma gama considerável de impostos: nada menos que 35,33% do valor pago pelo néctar natural fica retido nos cofres públicos. Para quem não quer se dar ao trabalho de preparar a casa para receber amigos e familiares, comemorações em restaurantes ou em hotéis são uma boa pedida, mas que também destinam parte considerável do pagamento ao tesouro: 33,5% e 30,76%. Se para chegar ao destino for preciso tomar um avião, o bilhete é onerado em aproximadamente 23% para o pagamento compulsório de taxas, impostos e contribuições.

(Diário do Nordeste)