domingo, 31 de outubro de 2010

QUAIS DEVEM SER AS PRIORIDADES DO GOVENRO DE DILMA ROUSSEFF?




Todos já devem começar a se perguntar sobre como será o governo de Dilma Rousseff. Especulações e perguntas são muitas. Mas, quais serão nossas opiniões aqui na Região do Cariri. Uma pergunta para o amigo leitor deste blog: o que você acha que Dilma precisa fazer pelo Cariri?

Mande sue e-mail para antoniodetarso@yahoo.com.br que nós publicaremos nesta segunda-feira, 1 de novembro as opiniões dos leitores neste blog.

Vamos ao debate!!!!!

DILMA PRIMEIRA PRESIDENTE MULHER DO BRASIL


A população brasileira foi às urnas neste domingo, histórico dia 31 de outubro de 2010. Dilma Rousseff, do Partido dois Trabalhadores é a primeira mulher a ser eleita presidente da República do Brasil.

O PT mais uma vez inovou na política.Elegeu o primeiro presidente vindo do movimento operário e sindical e agora a primeira mulher.

Concorda com a frase, mesmo emblemática: a verdade venceu a mentira. Nunca vi uma campanha tão cheia de baixaria protagonizadas pelos tucanos.

Espero que a derrota de Serra seja a derrota da baixaria nas campanhas eleitorais e que o PSDB mude. Saia dessa e Aécio e Alckmim conduzam o partido em outro rumo.

Serra é a escória da política brasileira a exemplo de outros tucanos, como FHC e seus caixas dois e esquemas de corrupção.

Quem venceu hoje não foi só a Dilma foi um governo que faz mudanças profundas e grandes programas sociais. Mesmo desconhecida e nunca tendo um cargo, nem de vereadora, Dilma venceu porque o povo optou por programas sociais. Vence o estilo Lula de governar.

Por falar em Lula, ele entra para a história da política brasileira, como o político que sai do governo com a maior aprovação da história.

VMAOS AGUARDAR. TUDO INDICA VITÓRIA DA DILMA

Os resultados das urnas ainda estão sendo concluídos. Mas tudo caminha para uma vitória de Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência da República.

As pesquisas de boca de urna deram vitória folgada à Dilma Roussef contra José Serra.

Vamos aguardar mais um pouco.

BOCA DE URNA DO IBOPE MOSTRA DILMA COM 57% E SERRA COM 43%


Caros amigos leitores a notícia abaixo com relação a boca de urna saiu agora no jornal Folha de São Paulo. Acompanhe. Mais informações ficaremos postando.


A pesquisa de boca de urna apurada pelo Ibope neste domingo trará Dilma Rousseff à frente do tucano José Serra com folga. Segundo a Folha apurou, Dilma recebeu 57% dos votos e Serra, 43%.

No primeiro turno, o Ibope apontava indefinição do quadro. No dia 3 de outubro, a petista recebeu 51% das intenções de voto. José Serra obteve 30%. A eleição acabou indo para o segundo turno.

O resultado deve ser divulgado a partir das 19h de Brasília --quando termina a votação no Acre-- pelo instituto e pela TV Globo.

CEARÁ: JORNALISTA É DEMITIDO POR FAZER MATÉRIA SOBRE MARXISMO

Por Alexandre Lucas

No momento em que a grande mídia distorce e critica o projeto de indicação aprovado na Assembleia Legislativa do Ceará, que propõe a criação do Conselho Estadual de Comunicação - sob a alegação de que vai "cercear a liberdade de expressão"¬ -, o jornal Diário do Nordeste demitiu de forma arbitrária, no último dia 18 de outubro, o jornalista Dawton Moura, por ter escrito e editado matéria no Caderno 3 sobre as revoluções marxistas que marcaram os séculos XIX e XX.

O caderno especial, de seis páginas, foi considerado pela direção da empresa "panfletário" e "subversivo", além de "inoportuno ao momento atual".Tendo, entre outras fontes, o filósofo Michael Löwi, que estaria em Fortaleza para lançar o livro "Revoluções" (com imagens que marcaram os movimentos contestatórios decisivos para a história dos últimos dois séculos), a matéria foi pautada pelo editor-chefe do jornal, Ildefonso Rodrigues, tendo sido sugerida pela historiadora e professora Adelaide Gonçalves, da Universidade Federal do Ceará (UFC). No entanto, ao comunicar a demissão do jornalista, o editor-chefe se limitou a dizer que "não sabia o conteúdo da reportagem até vê-la publicada".

O caso do jornalista Dawton Moura não se trata de demissão por delito de opinião, pois ele não emitiu, em qualquer momento, juízo de valor sobre o conteúdo da pauta. Perdeu o emprego muito menos por incompetência ou negligência na sua função. Ironicamente, o trabalhador foi dispensado simplesmente por cumprir uma pauta que, depois de publicada, percebeu-se ser contra os interesses da empresa. A direção do jornal não pode alegar, no entanto, que desconhecia o conteúdo da matéria, pois além de ter sido pautado pelo editor-chefe, o assunto foi relatado em, pelo menos, quatro reuniões de pauta que antecederam sua publicação.

A demissão do então editor do Caderno 3 expõe o abismo entre o discurso da grande mídia conservadora, que se diz ameaçada em sua liberdade de expressão ¬- ¬inclusive atacando com este falso argumento o projeto do Conselho de Comunicação do Estado -, e suas práticas cotidianas, restritivas ao exercício profissional dos jornalistas, bem como à livre opinião de colaboradores e leitores. "O Sindicato dos Jornalistas do Ceará protesta contra esta demissão arbitrária e mantém sua luta pela verdadeira liberdade de expressão para os jornalistas e para todos os brasileiros, manifestada em projetos como o do Conselho de Comunicação", afirma o presidente do Sindjorce, Claylson Martins

Fonte: Sindicato dos Jornalistas do Ceará

JUAZEIRO E CRATO RECEBERÃO CONCERTOS PELO SERTÃO

O berço de várias das mais autênticas expressões da cultura popular vai se render a famosas composições da música erudita. “Concertos Pelo Sertão” é um projeto patrocinado pela Petrobras que leva apresentações da Orquestra Sinfônica de Teresina por cidades do Piauí, Ceará, Pernambuco e Bahia. No Ceará, as apresentações serão na basílica de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte, no dia 14 de novembro, e na Igreja Matriz do Crato, no dia seguinte.

O projeto “Concertos Pelo Sertão” foi aprovado pelo edital Petrobras Cultural, ainda em 2008. De 12 a 20 de outubro de 2010, a Orquestra realiza um circuito de apresentações pelas cidades de Valença, Picos, São Raimundo Nonato, (Piauí), Crato, Juazeiro do Norte (Ceará), Salgueiro, Petrolina (Pernambuco), Juazeiro e Remanso (Bahia).

“Vale a pena apreciar essa combinação sonora de instrumentos da música erudita, num resultado prazeroso, que certamente proporciona a elevação do espírito, a tranquilidade, a sensação de paz e, sobretudo, o equilíbrio emocional. É um momento extraordinário. Um tempo de graça e alegria.” – relata Gilvan Santos, idealizador do projeto.

História

A Orquestra Sinfônica de Teresina foi criada em 1993, inicialmente chamada de Orquestra de Câmara de Teresina. O trabalho começou com 25 jovens, dos quais 16 nunca haviam estudado música. Instrumentos como violino, viola, violoncelo e contrabaixo passaram a ser os companheiros dos meninos que tocam e encantam os ouvidos e corações dos nordestinos.

Desde 2005, a orquestra conta com a regência do maestro Aurélio Melo, que também assumiu o trabalho de administrar e expandir a orquestra - musical e materialmente.

Ainda em 2005, o patrocínio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos possibilitou a compra de trompas, fagote, oboé, tímpanos e violinos - instrumentos que ajudaram a enriquecer o trabalho desses artistas. Atualmente a Orquestra Sinfônica de Teresina é referência em música instrumental no Piauí e, se depender do trabalho desses jovens músicos, o sertão vai virar um mar de sinfonias.

fonte: Jornal O Estado

PREFEITO PELA 4ª VEZ

O deputado estadual Júlio César Costa Lima (PSDB), que não se candidatou à reeleição, mas, elegeu Júlio César Costa Lima Filho para o Legislativo Estadual pelo PTN (e, portanto, o filho ocupará a vaga de seu pai a partir de 1o de fevereiro de 2011), confirma que “agora fico livre para me dedicar de corpo e alma ao projeto político de ser prefeito de Maracanaú pela quarta vez”. Júlio César (foto) governou Maracanaú em três gestões e em sua carreira política, antes foi vereador, presidente da Câmara e cumpre o segundo mandato parlamentar. Sua mulher, Meire Costa Lima, também foi deputada estadual. Portanto, uma família política bem sucedida.

fonte: Jornal O Estado, Antonio Viana

DIA DECISIVO


Chegamos ao dia decisivo.
Foram meses que ensinaram muito a todos nós.
Creio que o primeiro ensinamento foi algo que todos partilhamos: do mais humilde dos brasileiros ao próprio presidente Lula.
O de que não existe caminho para justiça social no Brasil que não passe pelo desenvolvimento econômico e pela afirmação de nossa soberania como nação.
Acho que todos entendemos que, reescrevendo a frase que ficou famosa nos tempos do “milagre econômico” da ditadura, o bolo só cresce se for mais bem dividido e só é mais bem dividido quando cresce.
Progresso econômico e progresso social são duas faces inseparáveis de um Brasil que quer e precisa crescer.
De fato, basta examinar todos os indicadores econômicos e sociais para que se veja que o governo Lula disparou em realizações e em popularidade no seu segundo mandato, ao assumir claramente sua natureza nacional e popular, deixando à beira do caminho aqueles que defendiam, embora com menos ferocidade, as mesmas regras neoliberais que marcaram o governo FHC.
Numa palavra, foi finalmente o governo Lula quem retomou a linha de afirmação nacional, econômica e social que marcou a vida brasileira nas décadas de 30, 40, 50 e até mesmo na década de 60, pois o progresso desse país tinha uma força inercial que nem mesmo a ditadura militar, embora com seus componentes entreguistas, conseguiu romper de imediato.
A década final do regime autoritário, marcada pela estagnação, foi sucedida primeiro pela nulidade de Sarney, o energúmeno, e depois, pelo neoliberalismo privatista se afirmou com a nova ditadura: a do pensamento único.
Em 1995, com Fernando Henrique Cardoso, o viés subalterno que passou a comandar a vida brasileiro sentiu-se seguro ao ponto de rasgar o véu da hipocrisia e declarar que sua missão era sepultar definitivamente o que chamaram de Era Vargas, significando com isso o seu desejo de alienar todas as riquezas desta nação e conformar o Brasil a uma condição colonial.
Mas manter o Brasil como colônia, embora o venham conseguindo há cinco séculos, é algo que não se consegue se há liberdade.
Um grande e maravilhoso país, com um grande e generosa população só pode ser pequeno se nos aceitarmos assim, se nos desprezarmos como povo e como nação. Se vivermos na tristeza e no silêncio.
Foi por isso que suprimiram a liberdade em 64. Foi por isso que a deformaram, com o poder midiático, na eleição de Collor e, depois, com a ideia de que a história dos conflitos pela afirmação das nações era passado e a globalização e o mercado eram fenômenos divinos e invencíveis.
Daí nos vem o segundo ensinamento: se a liberdade de imprensa sempre foi uma ferramenta da rebeldia generosa e da decência humana, o direito à comunicação, que a engloba, é ainda maior: é o fundamento da liberdade e da democracia.
Controlá-lo, desde os tempos em que os livros dependiam do imprimatur dos senhores dos feudos terrestres e celestiais, sempre foi a chave do poder.
É verdade que os meios tecnológicos, pouco a pouco, foram eliminando estes “privilégios de impressão”, culminando nesta maravilhosa ferramenta que é a internet.
Mas um a um, o poder sempre procurou se apoderar deles e desvirtuar o seu sentido libertário, fazendo dele não apenas o que deve também ser, diversão e entretenimento, mas diversionismo e entorpecimento.
E, sejamos realistas, os espaços que abrimos aqui, na internet, ainda são pequenos e pouco significativos perto das estruturas de manipulação e mentira que dominam e que, também aqui, conseguem montar.
Um governo popular, no Brasil, tem de encarar a democratização da comunicação como a espinha dorsal de sua sobrevivência política.
Porque os inimigos de um Brasil popular contam com quase toda a comunicação, com suas máquinas de produzir mentiras, de distorcer verdades e de deformar consciências.
Outro dia, num evento na Carta Capital exortou os políticos a não terem medo da grande imprensa.
Concordo com ele, mas é preciso que o Governo também não a tema, como vem sendo tristemente verdadeiro há décadas.
Procurei praticar aqui, tanto quanto pude, este conselho.
Este pequeno espaço, que começamos a abrir há menos de um ano e meio, modestamente, procurou não ter este medo, nem viver em função de vantagens, poder ou sucesso eleitoral.Nunca, apesar dos conselhos para que o fizesse, deixei de lado as grandes lutas para cair no terreno estéril e falso da promessa, da cooptação, da formação de grupos de interesse.
Hoje, no dia em que se encerra uma etapa importante da luta histórica de nosso povo, o corpo está extenuado, mas a consciência serena.
Este mês, 1,2 milhão de acessos ao Tijolaço e , sobretudo, os mais de 15 mil comentários postados desde 1º de outubro mostram que este se tornou um lugar de encontro, para dividir ideias, angústias, revoltas e paixões.
Para dividirmos o que somos de verdade, pois é o que somos de verdade o melhor que podemos dar uns aos outros.
A minha gratidão a todos os que colaboraram neste processo, lendo, criticando, sugerindo, me dando até uns “foras” de vez em quando.
Carregar este sobrenome e escrever sob um título que identifica a luta de um grande homem é um enorme peso para alguém tão pequeno.
Mas se cada um de nós, nas nossas pequenas forças, pudermos, cada um, conduzir um grão de areia, é certo que juntos podemos fazer uma montanha.
A minha gratidão e reconhecimento a todos, e que o destino sorria a este povo tão sofrido.

Viva o povo brasileiro, razão de ser do Brasil!

PS. Em cumprimento da legislação eleitoral, não farei postagens mencionando candidatos hoje, dia das aleições, até o fechamento das urnas. A tela de Di Cavalcanti que encima este post, chamada “Mulheres Protestando”, diz tudo

Texto
Brizola Neto
Blog Tijolaço

NOVO CENÁRIO PARA A LITERATURA



O espaço da literatura no Cariri tem se ampliado, mesmo com a falta de apoio e a produção ser praticamente independente. Isso salvo alguns incentivos, na maioria das vezes, por parte da iniciativa privada. O debate para este setor também se abre, além das iniciativas de editores independentes, que vêm fortalecer mais ainda esse processo de produção editorial.

Conto, poesia, crônicas, narrativas. Versos, romance, área motivacional, educação, documentário, a revista em forma de livro. Tudo isso está inserido num amplo espaço de produção que, segundo os escritores, está bem mais fácil, e com gráficas de bom nível na região. Mesmo sendo o Cariri de antiga tradição literária, não há ainda uma academia de letras que atue de forma mais representativa neste segmento. Escritores esperam, também, o reconhecimento da universidade.

Produção

O escritor, professor e jornalista Jurandy Temóteo fez um levantamento do número de escritores na região. São mais de 100, segundo ele. Cerca de 25 livros são lançados por ano, e toda essa produção vem praticamente dos amantes da leitura e dos livros. Mas não dá prejuízo, admite o escritor e jornalista Franco Barbosa, de Juazeiro do Norte. À frente do projeto de implantação de Bibliotecas Comunitárias, as "padarias espirituais", no Município, por meio da Secretaria de Cultura, ele já lançou quatro livros, um de poesia e mais quatro na área motivacional. Explora um filão novo em relação aos estilos de publicações regionais.

O projeto que coordena será uma forma de incentivar a leitura na periferia da cidade. "É preciso incentivar e mostrar a importância do conhecimento, da leitura para as pessoas, como forma de inclusão e disseminação da cultura", ressalta. Cerca de 12 toneladas de livros vieram de Brasília, e foram selecionados por Franco Barbosa, doados pelo caririense Elmano Rodrigues, que atua na área, na capital federal.

Jurandy Temóteo considera que não há uma representatividade institucional dos literatos. É integrante do Instituto Cultural do Cariri (ICC), com sede em Crato. A revista Itaytera, editada por meio do órgão desde 1953, é uma das publicações mais antigas nesse segmento, e importante veículo de incentivo aos escritores. Há quase dez anos não tem nova edição. Já a revista "A Província", sob sua responsabilidade editorial, traz o formato de livro.

Desafios da edição

O escritor passou a ser editor e incentivador de outros escritores da região. Ele detalha todos os passos para o caminho da publicação, que ele conhece bem. As gráficas hoje, afirma, já querem o produto pronto e acabado. Para isso, é preciso seguir o processo de criação, revisão, edição do material, e tudo deve passar por alguém experiente. Isso tudo para que seja finalizado um produto de qualidade para o leitor.

A tiragem de sua revista chega a 2.500 exemplares. O lema do trabalho é o universal pelo regional. Um veículo, conforme o editor, que vem teimosamente resistindo, contribuindo para as verdadeiras fontes da memória local.

O jornalista e escritor Lindemberg de Aquino, o escritor Oswaldo Alves e o memorialista e jornalista Huberto Cabral também são referência no Cariri quando se trata de publicações voltadas para a preservação da memória, por meio de jornais, revistas e livros, contribuindo para os registros históricos.

Oswaldo Alves de Souza, 80 anos, e João Lindemberg de Aquino, 73 anos, são autores dos livros "Roteiro Biográfico das Ruas do Crato", "Padre Ibiapina", revista "Itaytera" e cerca de dez jornais. Oswaldo, ao longo de sua vida, como editor de jornais e revistas, escreveu a história do Nordeste.

Jurandy Temóteo normalmente tem levado o seu material para ser impresso em Fortaleza. No entanto, Emerson afirma que esse mercado gráfico tem tido uma significativa melhora nos últimos anos, no Cariri. Há proprietários de gráficas que tem investido em maquinário da Alemanha, produzindo material que não deixa a desejar a nenhuma empresa do sul do País, na própria região.

MOVIMENTO INTELECTUAL

Cariri precisa de Academia de Letras

A existência de uma Academia Caririense de Letras já foi realidade na década de 80. O escritor, editor e advogado Emerson Monteiro chegou a ser integrante da entidade que não seguiu caminho, mesmo com mais de 20 membros. A Academia foi fundada por Emídio Lemos.

Hoje, o escritor faz parte da Academia Lavrense de Letras. Mas destaca a necessidade de haver uma maior representatividade deste setor na região. Franco Barbosa ressalta a importância da união dos escritores do Cariri para que uma entidade representativa nesse sentido seja recriada.

Por iniciativa de escritores da região, entre eles o professor e pesquisador Daniel Walker, foi realizada há alguns meses uma reunião com escritores. A ideia é criar uma entidade, espécie de instituto, que tenha um selo editorial, além de um conselho que congregue número representativo de escritores, com a finalidade de publicar livros com um crivo de qualidade.

Incentivo

Para Franco Barbosa, essa seria uma das alternativas que daria a condição também de incentivar novos escritores locais, que atualmente encontram dificuldades de publicar o seu trabalho. "São talentos muitas vezes desperdiçados por falta de um direcionamento", diz.

Jurandy Temóteo destaca a importância de se criar espécies de representações de academias de Pernambuco ou mesmo do Ceará na região. A partir dessas entidades, deverá nascer então uma academia de letras regional. Daí viria a identidade de um grupo para a uma realidade institucional local.

No Cariri há entidades que congregam intelectuais, como a ICC em Crato, e o Instituto Cultural do Vale Caririense (ICVC), em Juazeiro do Norte. A Academia dos Cordelistas do Crato reúne os poetas populares. O escritor Emerson Monteiro destaca a iniciativa para o fortalecimento do setor, mas vem fazendo o seu trabalho, como editor independente, e está atuando já na publicação de vários livros de escritores regionais. O selo da Biblioteca Nacional vem sendo formalizado para inserção continuada nos livros que edita e nas suas produções literárias.

Normalmente as edições regionais atingem uma tiragem de até dois mil exemplares. A maior parte é de 500 ou mil exemplares. Para Emerson, um livro com a vendagem de 500 exemplares na região pode ser considerado um "best seller" na realidade local. Escritores com mais constância nas publicações como Raimundo Araújo, o próprio Daniel Walker, Emerson Monteiro, José Flávio, normalmente atingem essas marcas, entre tantos outros.

O destaque da região na produção livreira vem de uma história rica. Tem a produção científica, além das publicações na área da religiosidade popular, centrada na figura mítica do Padre Cícero. Também há as obras de cultura popular, poesias, romances, história social, libertária e esporte.

São temas diversificados, que envolvem todo um cabedal de conhecimentos, onde o mais importante, de acordo com Emerson Monteiro, é que não fiquem sem registro. Ele idealiza que um dia toda essa produção seja reconhecida pela academia e haja inclusão nos concursos. "Afinal, é a história regional que está sendo registrada ao longo do tempo, com o importante resgate da memória, além de literatura nos seus mais diversificados gêneros", enfatiza.

Este ano, a pretensão é que fossem lançados e relançados em Juazeiro do Norte cerca de 100 livros, dentro da comemoração do Centenário da cidade. Pode não chegar a tanto, mas é um movimento que se gera em torno de um mercado que tem se mantido ao longo de décadas em todo o Cariri.

MAIS INFORMAÇÕES

A Província

Rua Dr. Irineu Pinheiro, 251, Crato-CE
(88) 3521.2552
Franco Barbosa: francobbar@ig.com.br

Emerson Monteiro

Escritor e advogado - emersomonteiro@gmail.com
fonte: Diário do Nordeste

CYNTHIA SEMÍRAMIS: O MACHISMO DE JOSÉ SERRA

por Cynthia Semíramis, em seu blog


Já era de conhecimento público o machismo de José Serra. Em 2009, FHC descreveu Serra para a revista Piauí:
“Antes de decidir, ele ouve bastante gente, mas leva mais a sério as mulheres. Como o Serra é muito competitivo, qualquer conversa dele com um homem tende a se tornar um embate. E com as mulheres ele acha que não tem competição”.

Essa visão de superioridade masculina sobre as mulheres marca os comentários de José Serra. Ele reproduz o cânone machista que inferioriza a mulher, retira dela a autonomia e a transforma em objeto de seus interesses políticos.

José Serra flerta com jornalista quando está sendo entrevistado. E mesmo se dizendo cristão devoto, afirma que na política pode-se ter amantes, desde que seja de forma discreta.

Ele não tem pudor em usar e descartar mulheres na campanha, mesmo que sejam parentes. Colocou a esposa para atacar Dilma falando de aborto. Confrontado sobre esses ataques durante debate televisivo, optou por se calar ao invés de explicar a situação ou defender o posicionamento da esposa. Quando veio a público que Monica e José Serra haviam feito um aborto, Monica foi afastada da campanha.

Ele também usou a filha Veronica: trouxe a público a quebra de sigilo fiscal de Veronica, ocorrida em 2009, acusando o PT de ser o responsável pela quebra de sigilo. No entanto, a quebra de sigilo resultou de disputa entre tucanos mineiros e paulistas. Assim que começaram a divulgar a responsabilidade dos tucanos, e irregularidades sobre Veronica a respeito de quebra de sigilo de brasileiros se tornaram matéria de capa na Carta Capital, Veronica foi convenientemente tirada de foco.

A última pérola machista aconteceu ontem. Em Uberlândia, José Serra afirmou:
“Se você é uma menina bonita, tem que conseguir 15 votos. Pegue a lista de pretendentes e mande um e-mail. Fale que quem votar em mim tem mais chance com você”.
Com isso, ele está sugerindo que função de mulher ser cabo eleitoral, manipulando “pretendentes” (vocabulário do século XIX!), trocando atenção masculina por votos. Em resumo: agir como prostituta, não para obter dinheiro e se sustentar, mas para obter votos para ele. No Twitter, Serra foi duramente criticado e recebeu a hashtag SerraCafetao, que está tendo grande repercussão.

Atenção para o “menina bonita“, que descarta, de uma vez só, as mulheres adultas e as mulheres feias (quem define “feiúra”, se beleza não é um padrão universal?) José Serra está reforçando a misoginia e deixando evidente o contexto machista de toda a campanha eleitoral tucana: papel de mulher é ser bonita, obediente e disposta a favores sexuais em nome de um candidato.

Outros episódios serristas podem ser elencados, como a constante tentativa de desqualificar em termos machistas a candidata Dilma Rousseff.

Fica claro que, para José Serra, lugar de mulher é sob as ordens dele. Ele até ouve os conselhos (será que ouve críticas também?) das mulheres, e depois as deixa em segundo plano, retirando-as do limbo somente quando necessário para atingir fins políticos. Se não os atinge, elas são descartadas e ignoradas.

Fato: José Serra é machista. Ao expor seu machismo continuamente, acaba por perder o respeito das mulheres que têm autonomia, que não querem ser manipuladas, que se recusam a agir como prostitutas eleitorais.

TRANSIÇÃO VAI DURAR 2 MESES

A partir da proclamação do resultado da eleição para presidente, que deve ocorrer segunda-feira, terá início o processo de transição entre o atual e o futuro governo. Embora a Casa Civil, a qual compete coordenar os trabalhos, não tenha fornecido detalhes de como acontecerá a passagem de um governo para o outro, um decreto de junho deste ano, que substituiu outro, do mesmo mês, publicado em 2002, regulamenta a ação.

O grupo que vai trabalhar nestes próximos dois meses ficará acomodado no Centro Cultural Banco do Brasil, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva despachou durante o período de reforma do Planalto.

A Casa Civil ficou com a tarefa de elaborar o Portal da Transição, com dados repassados por todos os ministérios e que serão acessados pela equipe do vencedor. Os técnicos dizem que isso está sendo feito, independentemente de a vitória ser da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, que já tem conhecimento de todos os dados sobre o governo.

fonte: DN

TRAPAÇA E JOGO SUJO NA CARREATA DE SERRA

Parece que não tem jeito mesmo. A última ação de Serra na cmapanha malhou em ferro frio. O texto abaixo é do jornalista Paulo Henrique Amorim, do blog Conversa Afiada.


José Serra fez carreata em São Bernardo do Campo hoje, cidade onde mora o presidente Lula, e Suzano. Suspeitaram que seria uma última tentativa de arrumar confusão, para tumultuar o quadro eleitoral.

O povo, esperto, não quis saber de provocação. E tudo correu tranquilo.

Eleitores de Dilma Rousseff (PT) se manifestaram junto às pessoas que seguravam bandeiras do tucano pelas calçadas, mas que não são necessariamente serristas. Um lojista, da porta de seu estabelecimento, gritou: “Só daqui a quatro anos. Desta vez não vão ganhar, não”. Uma outra eleitora, entre confusa e exaltada bradou: “é Dilma 45″, confundindo os números dos candidatos.

Mas a baixaria e o jogo sujo se fez presente, como sempre tem ocorrido no rastro por onde passa José Serra.

Alguns carros cometiam estelionato eleitoral e exibiam adesivos do presidente Lula associado ao número 45 (o nº do tucano).
No fim da carreata, um militante tucano pegou o microfone do carro de som e, imitando de maneira grosseira o presidente Lula, pediu votos para Serra. (Com informações do Terra e da Folha tucana)

DILMA E SERRA JÁ VOTARAM

Os dois candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), votaram neste domingo acompanhados de aliados. A petista deve acompanhar a apuração em Brasília, e o tucano, em São Paulo.

Dilma foi a primeira a votar. A petista esteve numa seção eleitoral em Porto Alegre por volta das 9h, acompanhada do governador eleito, Tarso Genro (PT).
Em seguida ela foi para a casa da filha, que fica a poucos metros do local de votação, e ficou lá por cerca de duas horas e meia. Pouco antes das 12h, ela deixou o local.

O presidente nacional do PMDB e da Câmara dos Deputados, Michel Temer (SP), candidato a vice-presidente na chapa de Dilma votou no final da manhã em São Paulo. Ele disse que estava "bastante animado" com o "exercício da democracia" e com a "perspectiva da vitória".

Serra votou na capital paulista, por volta das 11h30, ao lado da mulher, Mônica, da filha Verônica, do governador eleito em São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), do atual governador, Alberto Goldman (PSDB), do senador eleito Aloysio Nunes (PSDB) e do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM).

PESQUISAS APONTAM VITÓRIA DE DILMA NESTE DOMINGO

O texto abaixo está no site do Diário do Nordeste de hoje. As pesquisas mostram a tendência de vitória da candidata Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores. a diferença fica mesmo em 12 pontos percentuais. Na reta final da campanha Dilma apenas cresceu.

As últimas pesquisas Ibope e Datafolha antes da eleição deste domingo mostraram a candidata Dilma Rousseff (PT) à frente de José Serra (PSDB). De acordo com o Ibope, Dilma tem 52% das intenções de voto e Serra, 40%. Os indecisos ficaram em 3% e brancos e nulos, 5%. Quando considerados apenas os votos válidos, Dilma aparece com 56% contra 44% de Serra.

Já o Instituto Datafolha mostra que a candidata do PT Dilma Rousseff tem 51% das intenções de votos, dez pontos à frente do candidato tucano, José Serra, que tem 41%. Levados em conta apenas os votos válidos, Dilma aparece 55% e Serra, 45%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais. Se as projeções se confirmarem, Dilma Rousseff será a primeira mulher a ocupar a presidência da República e 40º ocupante do cargo. O Datafolha entrevistou 6.554 pessoas ontem, um número maior do que o de outras sondagens recentes. Pelo Ibope, foram realizadas 3.010 entrevistas, também ontem.

Segundo análise do Datafolha, a campanha de segundo turno em outubro mostrou uma recuperação de Dilma em todos os segmentos, com exceção de dois grupos: os eleitores da região Sul e os do interior do país.

No Sul, a petista começou o mês com 43% contra 48% de seu adversário tucano. Ontem, Dilma estava com 42% e ainda perdia para Serra, que pontuou 50%. Entre os eleitores do interior, a candidata do PT ficou no mesmo lugar. Começou outubro com 50% e ontem tinha o mesmo percentual. Mesmo assim, está sete pontos à frente de Serra (43%). No Nordeste (25% dos eleitores brasileiros), a petista manteve sua liderança sobre o tucano. No início de outubro, tinha 62%. Ontem, segundo o Datafolha, Dilma estava com 63% e uma frente de 33 pontos sobre Serra, cuja pontuação na região foi de 30%.

sábado, 30 de outubro de 2010

DILMA COM VANTAGEM DE 12 PONTOS

candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, manteve uma vantagem de 12 pontos sobre seu adversário José Serra (PSDB). Segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem pelo jornal "Folha de S.Paulo", a petista tem 56% dos votos válidos (excluídos brancos e nulos), enquanto o tucano soma 44%, os mesmos percentuais registrados no levantamento de terça-feira .

Considerando-se os votos totais, Dilma subiu de 49% para 50%. Já Serra oscilou de 38% para 40%.

O percentual de indecisos foi a principal alteração no quadro, passando de 8% para 4% em dois dias. A redução mostra que há menos espaço para mudanças na tendência de favoritismo da candidata do PT. Os que votam em branco, nulo ou nenhum mantiveram-se estáveis em 5%.

O levantamento segue a mesma tendência mostrada pela última pesquisa Ibope, quando a petista apareceu com 52% das intenções de voto, contra 39% de Serra. Segundo o Datafolha, a subida de Dilma ao longo deste mês também pode ser explicada pelo comportamento dos eleitores que votaram em branco ou nulo no primeiro turno.

No início de outubro, 14% diziam estar propensos a votar na petista, e 25% declaravam apoio ao tucano. Já agora 25% desses eleitores dizem que vão escolher Dilma, contra 13% que optam por Serra. Quando analisados os percentuais dos eleitores de Marina Silva (PV), terceira colocada no primeiro turno, o número dos que se diziam indecisos nesta segunda rodada da eleição caiu, passando de 18%, no início de outubro, para 8%, agora. Já os que declaravam voto em branco ou nulo subiu de 9% para 18%.

Outro fator que contribuiu para a escalada da candidata do PT foi seu desempenho na região Sudeste, que responde por 44% dos eleitores do país. Ela começou outubro com 41% das intenções de voto, contra 44% de Serra. Hoje, a petista soma 47% e o tucano 42%.

Serra mantém a liderança apenas na região Sul, onde tem 12 pontos de vantagem. Ele tem agora 52% contra 40% de Dilma. Já no Nordeste o quadro se inverte. Dilma está na dianteira com 33 pontos, somando 62%, contra 29% de Serra. Nas regiões Norte e Centro-Oeste somadas, Dilma tem 51% contra 41% de Serra.

A pesquisa encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo" foi realizada na quinta-feira em 256 cidades e com 4.205 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O número de registro no TSE é 37.721/2010.

PREFEITO JOSÉ LEITE DE BARBALHA PARTICIPA DE REUNIÃO COM CNM E PNUD

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, se reuniu nesta quarta-feira, 27, com gestores dos quatro Municípios do projeto desenvolvido entre a CNM e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). O encontro ocorreu na sede da entidade, em Brasília, com os prefeitos de Jaguarão (RS), José Cláudio Ferreira Martins, Abaetetuba (PA), Francineti Maria Rodrigues Carvalho, Marliéria (MG), Waldemar Nunes de Sousa, e Barbalha (CE), José Leite Gonçalves Cruz.

O Projeto de Fortalecimento de Capacidades para o Desenvolvimento Humano Local (CDHL), desenvolvido a partir da parceria CNM/Pnud em 2008, foi implantado nos Municípios pilotos em 2009. E por serem pioneiros nas atividades, encontram algumas dificuldades para desenvolvê-las no período. “O projeto está amadurecendo agora, precisamos de tempo e recursos para render melhores resultados”, diz Martins, o gestor gaúcho, sobre o vencimento do edital do projeto, em dezembro de 2011.

Por unanimidade, os principais pedidos dos gestores durante a reunião foram mais cursos de capacitação técnica e captação de recursos. “A CNM nos apadrinha e nos abraça. Somos Municípios-piloto, temos problemas e precisamos dessa ajuda”, afirma Martins. Que recebe como resposta de Ziulkoski uma palavra de conforto. “A nossa preocupação é com vocês, prefeitos. O projeto serve para fortalecer a gestão e o poder público, e assim as parcerias se mantêm ao fim do projeto”, diz.

Comunidade ativa
“O ideal é fazer com que a comunidade participe das atividades para que tenham um diagnóstico da situação. Assim eles entendem melhor o que se passa e a posição do prefeito”, explica Ziulkoski. Os prefeitos concordaram com a medida. “Hoje qualquer vendinha lá em Barbalha sabe que o Pnud está no Município, mas nem todos participam, não sabem do que se trata”, acrescenta José Leite.

Ziulkoski faz planos para o projeto, que ainda deve expandir muito. “Nossa intenção é um dia ter um representante da CNM e do projeto em Washington (USA) e em cada um dos Municípios em questão. Pode ser que demore, quando a crise do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] passar talvez. Mas vai acontecer”

“Hoje passamos por algumas dificuldades, o que é normal e compreensível, afinal o projeto começou agora, é preciso paciência. Daqui alguns anos os prefeitos vão disputar a tapa para fazer parte do projeto”, acredita Martins Prefeito de Abaetetuba.

PROJETO DE LEITURA EM JUAZEIRO

Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Juazeiro do Norte, na segunda-feira, 25, no auditório do CEREST, participaram da III Formação Continuada, 70 professores que atuam nas bibliotecas escolares de Juazeiro do Norte. O tema abordado este mês foi: "Leitura, um prazer necessário", ministrado pelas professoras da escola municipal Zila Belém, juntamente com alguns alunos que obtiveram destaque como maiores locadores de livros da biblioteca.

Divulgaram ainda os projetos desenvolvidos na biblioteca no decorrer do semestre: Malateca, Self-service de leitura; e leitura com prazer e criatividade. A bibliotecária Vânia Lopes, que vem atuando como suporte técnico para as bibliotecas, reconhece o trabalho dos professores que mesmo com poucos recursos buscam garantir o andamento e o êxito das atividades de formação dos leitores.

Ao final, os professores foram homenageados com brindes, mensagens, slides como mérito pelo seu trabalho desenvolvido nas salas das bibliotecas.

LEONARDO BOFF, ABORTO E O PAPA: “É IMPORTANTE NÃO SERMOS VÍTIMAS DE HIPOCRISIA”

É importante que na intervenção do Papa na política interna do Brasil acerca do tema do aborto, tenhamos presente este fato para não sermos vítimas de hipocrisia: nos catolicíssimos países como Portugal, Espanha, Bélgica, e na Itália dos Papas já se fez a descriminalização do aborto (Cada um pode entrar no Google e constatar isso). Todos os apelos dos Papas em contra, não modificaram a opinião da população quando se fez um plebiscito. Ela viu bem: não se trata apenas do aspecto moral, a ser sempre considerado (somos contra o aborto), mas deve-se atender também a seu aspecto de saúde pública. No Brasil acada dois dias morre uma mulher por abortos mal feitos , como foi publicado recentemente em O Globo na primeira página. Diante de tal fato devemos chamar a polícia ou chamar médico? O espírito humanitário e a compaixão nos obriga a chamar o médico até para não sermos acusados de crime de omissão de socorro.

Curiosamente, a descriminalização do aborto nestes países fez com que o número de abortos diminuisse consideravelmente.

O organismo da ONU que cuida das Populações demonstrou há anos que quando as mulheres são educadas e conscientizadas, elas regulam a maternidade e o número de abortos cai enormente. Portanto, o dever do Estado e da sociedade é educar e conscientizar e não simplesmente condenar as mulheres que, sob pressões de toda ordem, praticam o aborto. É impiedade impor sofrimento a quem já sofre.

Vale lembrar que o canon 1398 condena com a excomunhão automática quem pratica o aborto e cria as condições para que seja feito. Ora, foi sob FHC e sendo ministro da saude José Serra que foi introduzido o aborto na legislação, nas duas condições previstas em lei: em caso de estupro ou de risco de morte da mãe. Se alguém é fundamentalista e aplica este canon, tanto Serra quanto Fernando Henrique estariam excomungados. E Serra nem poderia ter comungado em Aparecida como ostensivamente o fez. Mas pessoalmene não o faria por achar esse cânon excessivamente rigoroso.

Mas Dom José Sobrinho, arcebispo do Recife o fez. Canonista e extremamente conservador, há dois anos atrás, quando se tratou de praticar aborto numa menina de 9 anos, engravidada pelo pai e que de forma nenhuma poderia dar a luz ao feto, por não ter os orgãos todos preparados, apelou para este canon 1398 e excomungou os medicos e todos os que participaram do ato. O Brasil ficou escandalizado por tanta insensibilidade e desumanidade. O Vaticano num artigo do Osservatore Romano criticou a atitude nada pastoral deste Arcebispo.

Mas Dom José Sobrinho, arcebispo do Recife o fez. Canonista e extremamente conservador, há dois anos atrás, quando se tratou de praticar aborto numa menina de 9 anos, engravidada pelo pai e que de forma nenhuma poderia dar a luz é edicos e todos os que participaram do ato. O Brasil ficou escandalizado por tanta insensibilidade e desumanidade. O Vaticano num artigo do Osservatore Romano criticou a atitude nada pastoral deste Arcebispo.

É bom que mantenhamos o espírito crítico face a esta inoportuna intervenção do Papa na política brasileira fazendo-se cabo eleitoral dos grupos mais conservadores. Mas o povo mais consciente tem, neste momento, dificuldade em aceitar a autoridade moral de um Papa que durante anos, como Cardeal, ocultou o crime de pedofilia de padres e de bispos.

Como cristãos escutaremos a voz do Papa, mas neste caso, em que uma eleição está em jogo, devemos recordar que o Estado brasileiro é laico e pluralista. Tanto o Vaticano e o Governo devem respeitar os termos do tratado que foi firmado recentemente onde se respeitam as autonomias e se enfatiza a não intervenção na política interna do pais, seja na do Vaticano seja na do Brasil.

Um abraço fraterno

Leonardo Boff

fonte: blog do Azenha

SERRA DERROTADO NO DEBATE

A TV Globo passou toda esta campanha bombardeando a candidata Dilma Rousseff. Pautas e mais pautas contra a petista. Contra o tucano, nada. Apenas pautas positivas. Nem os escândalos e o caso do aborto da mulher de Serra a Globo teve a coragem de mostrar. Na reta final, fez um debate em que o resultado deveria ser a vitória de Serra. Mas não foi isso o que aconteceu.
As perguntas dos participantes foram voltadas para temas importantes, como educação, saúde, política social, meio ambiente, entre outros.
Nesse campo, Dilma foi bem melhor. Mostrou desenvoltura e apresentou propostas. Serra ficou amarrado, sem saber o que dizer e tentava o tempo inteiro passar uma tranqüilidade que não existe.
Dilma falou dos avanços do Governo Lula e falando diretamente com as pessoas disse o que vai fazer. Ganhou de 10 a zero. Serra mais uma vez derrotado.

DILMA: NINGUÉM NESSE PAÍS VAI ME SEPARAR DE LULA

A frase acima foi dita por Dilma Rousseff no encerramento da campanha. Os tucanos tentaram de tudo nesta campanha, e nos últimos dias espalharam que Dilma tão logo assuma vai trair Lula. Nem Lula pensa assim. Os aliados de Dilma e Lula não pensam assim. É a caixinha de maldade tucana em ação, que parece não estar dando certo.

Leia o texto do Estadão:

Em Minas, Dilma reforça elo com Lula e prega união

Em frente à Lagoa da Pampulha, símbolo da capital mineira, a candidata à Presidência do PT, Dilma Rousseff, finalizou a disputa eleitoral reforçando o elo com a figura política que viabilizou e construiu sua candidatura: 'Não há ninguém neste País que vai me separar do presidente Lula'. Diante da possibilidade de ser eleita neste domingo, Dilma já iniciou apelos pela 'união' de segmentos sociais e políticos no País e afirmou que governará 'de forma republicana', independentemente de partidos políticos aos quais pertençam governadores e prefeitos. Em Minas, o governador Antonio Anastasia (PSDB) foi reeleito.
'Se eu for eleita, logo após a eleição, eu quero unir o Brasil em torno de um projeto de desenvolvimento, não só material, mas de valores. Porque eu acredito que o nosso País vai se transformar cada vez mais num exemplo de convivência, tolerância e capacidade de viver em paz', afirmou a candidata.
A petista afirmou que o fechamento da campanha em Minas era simbólico. 'Comecei a minha vida política aqui em Belo Horizonte. Foi aqui que eu participei ainda na época da ditadura das primeiras manifestações políticas. Participei de passeatas e de todas as caminhadas que ocorreram logo depois da morte do Edson Luís. Aqui em Belo Horizonte é um local que eu sempre tenho como referência quando se trata do início da minha vida política.'
Dilma reiterou que 'quando a gente ganha uma eleição a gente tem de governar para todos os brasileiros, sem exceção'. Em seguida, explicou que não se trata de fazer convites para governar junto com a oposição: 'Eu tenho uma coligação, e vou governar com a minha coligação, agora, eu vou governar para todos os brasileiros sem exceção'. A candidata afirmou que vai se relacionar com todos os políticos e governadores, 'mesmo que sejam de outros partidos, de uma forma republicana, de uma forma muito transparente'.
Sempre questionada sobre o papel de Lula em seu eventual futuro governo, a petista reiterou os laços de confiança 'política e pessoal no presidente'. 'Obviamente não será uma presença dentro do ministério. Agora, para mim, que tenho uma relação muito forte com o presidente Lula, construída ao longo dos oito anos que participei do governo, ele será sempre uma pessoa em quem eu tenho imensa confiança política, pessoal (...) Sempre que puder terei conversas, conversarei com o presidente, terei com o presidente uma relação muito íntima e muito forte', explicou.
Após uma tumultuada entrevista coletiva sob uma tenda montada em frente à lagoa na região da Pampulha, Dilma seguiu em carreata por Venda Nova, região da periferia onde é bem votada. A coordenação de campanha espalhou pela capital vários cavaletes com placas reforçando a relação da petista com a cidade. 'Dilma fez esporte aqui', dizia uma delas, com a foto do Minas Tênis Clube. 'Dilma estudou aqui', dizia outra, com a imagem do Colégio Estadual Central. As placas foram colocadas em ruas pelas quais passou a carreata de Dilma. 'BH tem Dilma 13', diziam os textos.
Acompanharam a ministra num carro aberto durante a carreata o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, e o ex-prefeito Fernando Pimentel, derrotado na disputa ao Senado em Minas. Em um carro logo atrás seguiam o ministro Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência) e o ex-ministro Walfrido dos Mares Guia.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

NOVA MENTIRA DOS TUCANOS



A imagem acima foi postada pelo Lupin no blog Cariricult. Tirei e postei aqui por achar mais do que imoral. Isso mostra como os tucanos trabalham nesta campanha eleitoral. Baixaria clássica. Essa foi demais.

VIDEO TERRORISTA IMPLANTA CAOS

Certas coisas na política são concebíveis, manso que às vezes achemos estranho. Por exemplo, numa campanha eleitoral um determinado apresentar propostas, algumas mirabolantes. Podemos dizer “ele não vai cumprir essas promessas”, mas , mesmo assim, fica dúvida. Isso quer dizer que a dúvida existirá mesmo que a proposta seja grande demais. Mesmo assim, isso é possível. É possível também um candidato detonar outro. Chamamos às vezes de baixaria, mas acaba sendo até normal mesmo que não seja.

Mas, o que a campanha do PSDB vem fazendo neste ano de 2010 é algo inconcebível. As baixarias, campanhas difamatórias montadas, apoio da grande mídia via Globo, Folha, Veja e outras porcarias mais, tudo isso, vem sendo feito. Mas o que está acontecendo nos últimos dias é algo inédito.

A blogosfera vem reagindo. Milhares e milhares de blogueiros, assim como eu, vem fazendo a diferença e denunciando as maracutaias montadas. A Globo vem investindo pesado para eleger Serra. Aliada à Veja e a Folha de São Paulo, a empresa da família Marinho não tem escrúpulos em colocar uma pauta negativa para Dilma Rousseff e uma pauta positiva para Serra.

Entretanto, precisamos aqui fazer um alerta. O Brizola Neto, em seu blog Tijolaço denuncia um vídeo que vem sendo difundido pela internet. Esse vídeo não poderia ser mais emblemático de toda a tática do PSDB.

Uma baixaria sem medida. O vídeo fala de um caos no Brasil, em situações hipotéticas e até tétricas.


Está mais do que na hora do Ministério Público Eleitoral se pronunciar. Não se pode em plena campanha eleitoral, o candidato que se acha derrotado preconizar o caos completo da democracia brasileira. Não há caos na democracia brasileira. Há falhas. Falhas que devemos e podemos resolver. Não podemos é concordar que o PSDB faça terrorismo, como bem diz o Brizola Neto. Terrorismo eleitoral, terrorismo com a vida das pessoas, terrorismo com a verdade.

O PSDB deu uma verdadeira aula do que é ser anti-ético em uma eleição. O que é ser golpista,. Aliás, até agora temos a impressão que se prepara mesmo um golpe contra essas eleições. A vontade popular foi dita em uma tendência desde o início das eleições e o que se fez até agora foi tentar golpear o processo.


Veja a opinião do Brizola Neto sobre o episódio:Por Brizola Neto*

A colunista Eliane Catenhede referiu-se aos blogs pró-Dilma como “os cães da internet”.

José Serra chama-os de “blogs sujos”.


Quero saber o que irão falar do que a campanha de Serra – sim, a campanha de Serra, que colocava este blog “Vou de Serra 45″ na sua capa de seu site oficial – publica com o mais nítido sentido de terrorismo eleitoral, com uma produção que é evidentemente eleitoral.
Um vídeo chamado “2012, o fim está próximo” é um crime, sob todos os aspectos.
Figura o Brasil sob uma ditadura, até com ameaça de invasão de tropas estrangeiras.
Coisa de canalhas. Quem age assim, sob um regime democrático e às vésperas de uma eleição livre e democrática.

Pessoas assim, sim, são terroristas. Porque não estão lutando contra a tirania, estão lutando contra o voto livre da população, usando como arma o medo, a mentira e, sobretudo, a covardia.

Vou colocar o vídeo, repugnado. Porque ele está sendo publicado por dois dos grandes veículos de comunicação, O Globo e o Estadão, em seus portais, nas colunas Radar Online e no Noblat. E sem uma palavra de condenação. (atualização: postado também no corpo de O Globo).

Por isso publico, porque é necessário reagir, e não fingir que isso não é nada.
Foi por “não ser nada” que o nazismo se desenvolveu até ir ao poder.

Eu desconsideraria, se não tivesse sido publicado, como disse, sem uma palavra de condenação por dois órgãos de imprensa gigantescos, que, ao faze-lo, difundiram a centenas de milhares de pessoas o conteúdo do esgoto.
Sei que o assunto está no setor jurídico do PT.

Em nome da democracia, suplico que tomem uma atitude, já que se tornou inútil esperar que o Ministério Público Eleitoral aja.

Tem que haver limites para a baixaria e a sordidez.

Não se trata de reprimir a liberdade e o direito de crítica, consagrados na Constituição, vedado o anonimato.

O blog, mesmo sendo anônimo, encontrou abrigo na página da campanha de José Serra.
Assim, juridicamente, ele o subscreveu.

Não é um comentarista ou alguém que, informalmente, diz ali coisas exageradas.
É um trabalho profissional, não obra de amador. Foi postado num canal do youtube criado especialmente para isso, na quarta-feira.

Nunca pedimos ações contra garotos que fazem baixarias.

Coisa bem diferente é isso ser patrocinado pela campanha tucana.

Que fez, lamentavelmente, desta a campanha eleitoral mais suja que já assistimos.

SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS DE JUAZEIRO FAZ PARCERIA COM UNIVERSIDADE E FACILITA ACESSO A ENSINO SUPERIOR

O Sindicato dos Comerciários de Juazeiro do Norte fez uma parceria com a FMJ e a Universidade Estácio de Sá que vai possibilitar os trabalhadores cursarem o nível superior.Quem quiser ter uma graduação em alguns cursos pode se inscrever até o dia 1º de novembro, segunda-feira, Os comerciários tem 40% de desconto na mensalidade e não pagam inscrição para o processo seletivo. Os cursos ofertados são administração, ciências contábeis, pedagogia, sistema de informação, análise e desenvolvimento de sistemas, gestão tecnológica da informação, marketing, logística, letras e serviço social.São ofertados também cursos de pós graduação.De acordo com Toinha, presidente do sindicato, o comerciário vai pagar uma mensalidade de apenas 144 reais o que, com certeza, vai facilitar o acesso de trabalhadores ao ensino superior. Os cursos são feitos on line e tem aulas presenciais.

TOTALIZAÇÃO DOS VOTOS

A comissão de apuração do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) decidiu, na última quarta-feira, que somente fará uma nova totalização dos votos do pleito disputado em 3 de outubro último, no dia 30 de novembro. Segundo informações do TRE, o referido grupo de trabalho - presidido pelo corregedor Geral Eleitoral, desembargador Ademar Mendes Bezerra, e composto pelos juízes Jorge Luiz Girão Barreto e Francisco Luciano Lima Rodrigues - definiu aguardar os julgamentos dos recursos pendentes de apreciação pelo TSE.

PREFEITURA DE BARBALHA PREPARA CEMITÉRIO SANTO ANTONIO PARA DIA DE FINADOS


O Cemitério Santo Antônio em Barbalha já começou a ser preparado para receber as visitas do Dia de Finados. Muitas visitas são antecipadas, são pessoas que preferem visitar os seus entes queridos antes mesmo do dia dois de novembro, Dia de Finados, evitando a grande movimentação nesse dia. A coordenação do cemitério, por intermédio da Secretaria de Infrestrutura e Obras, está solicitando intensa divulgação no sentido de pedir às famílias proprietárias de túmulos que procurem promover as reformas, limpezas e pinturas dos mesmos, até o dia 30 de outubro, este sábado. O procedimento vincula-se à organização necessária para que todos possam cuidar dessas manutenções, evitando constrangimentos nos dois dias que antecedem ao Dia de Finados, que fica restrito à limpeza geral do campo santo para recepção aos visitantes.

MORADORES DO SÃO JOSÉ PARTICIPAM DE REUNIÃO SOBRE O MINHA CASA, MINHA VIDA



A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Habitação realizou ontem uma reunião para tratar da revalidação do cadastro do Programa Minha Casa, Minha Vida para moradores do bairro São José.O Programa Minha Casa, Minha Vida é realizado em Juazeiro através de uma parceria do Governo Federal e da administração do prefeito Dr. Santana. A ideia do Dr. Santana é beneficiar milhares de juazeirenses com aquisição da casa própria. Atualmente já estão sendo construídas 1.280 casas para famílias juazeirenses. O prefeito trabalho hoje para construir mais de 4 mil casas para famílias de baixa renda em Juazeiro.

OUTRAS NOTÍCIAS DE JUAZEIRO DO NORTE......


DEMUTRAN Juazeiro abre novas inscrições para habilitação popular


O Departamento Municipal de Trânsito - DEMUTRAN, de Juazeiro do Norte, informa para os inscritos no programa CNH POPULAR ( Carteira de Habilitação Popular), que a comissão do DETRAN Ceará estará em Juazeiro para receber a documentação de quem se escreveu pela internet. Os Inscritos deverão comparecer ao DEMUTRAN, na Rua Beata Maria de Araujo s/n°, no Bairro Romeirão, no período de 3 a 13 de novembro, no horário de 8 às 17 horas. Os interessados devem levar RG (xerox e original ); CPF (xerox e original ); comprovante de endereço no nome da pessoa que se inscreveu (xerox e original ); ficha de inscrição feita pela internet e declaração de acordo com o segmento.

Restaurante Popular de Juazeiro do Norte funcionará normalmente na próxima segunda-feira, 1° de novembro

O prefeito Dr. Santana autorizou e o Restaurante Popular estará funcionando normalmente na próxima segunda-feira, 1° de novembro. O Restaurante Popular é um programa desenvolvido pelo Governo Federal através do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e funciona em nossa cidade a 2 anos servindo mil refeições por dia. O restaurante funciona para o público das 10h30min inicialmente para idosos e portadores de necessidades especiais e após esse horário para o público em geral, encerrando duas atividades às 13h30min, ou até concluído o atendimento das mil refeições.


Jogos estudantis de Juazeiro acontecem em novembro

Aconteceu na manhã de ontem, 28, no auditório da Universidade Regional do Cariri – URCA, Campus Crajubar, encontro entre a Secretaria de Esportes e Juventude e professores da rede pública e particular de ensino do município de Juazeiro do Norte. Na oportunidade foi apresentado o cronograma para realização dos Jogos Estudantis de Juazeiro do Norte ( JEJUNO’s ). O secretário Aurélio Matias aproveitou para passar o calendário de eventos da secretaria até o final do ano, lembrando que ainda serão realizados os jogos universitários e dos servidores.Ficou definido em comum acordo que os Jejunos acontecerão no período de 22 de novembro até 1° de dezembro, com o período de inscrição indo até o dia 17 de novembro. Já o congresso técnico acontecerá dia 19 de novembro.As competições vão acontecer no Ginásio Poliesportivo, estádio Romeirão, SESI, SESC, AABB, Cajuína São Geraldo e Colégio Salesianos. A novidade este ano será a realização do cerimonial de abertura, no estádio Romeirão no dia 22 de novembro às 16 horas.

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO INTENSIFICA APREENSÃO DE ANIMAIS SOLTOS EM BARBALHA

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário de Barbalha vem intensificando o trabalho de fiscalização em todo o município, concernente à apreensão de animais que andam perambulando pelas vias públicas, avenidas e logradouros da cidade. Muitos deles colocando em risco a vida de motoristas e motoqueiros nas CE’s e até mesmo no perímetro urbano.

E para que não haja mais esse tipo de constrangimento e perigo na cidade, o secretário de Desenvolvimento Agrário, José Elsimar de Vasconcelos, está realizando, paralelo à apreensão dos animais, uma campanha de conscientização junto aos proprietários dos mesmos, para conscientizá-los da importância de manter os animais em currais, seguros e bem alimentados.

A apreensão dos animais tem sido feita sistematicamente. Já foi deflagrada a fiscalização em diversas ruas, avenidas e até mesmo no Parque da Cidade.
Em todos esses locais há uma equipe que fiscaliza intensivamente, a fim de fazer a retirada desses animais das ruas. A SDA firmou parceria com o DETRAN, o Ministério Público, a Prefeitura Municipal e o Centro de Zoonoses do Crato, que recebe os animais após serem recolhidos nas ruas da cidade.

CARREATA DE DILMA ROUSSEFF VAI MOVIMENTAR CRAJUBAR NESTE SÁBADO

Acontece neste sábado uma grande carreata da campanha de Dilma Rousseff no Cariri,. A concentração se dará a partir das 16 horas no Parque da Cidade, em barbalha, neste sábado, 30 de outubro.

A carreta sai de Barbalha, passa por Juazeiro do Norte e termina em Crato. A organização do evento convoca a militância que defende a candidatura da petista e pede que todos participem do evento com uma roupa ou camisa vermelha.

Coordenadores da carreata esperam 2 mil veículos nesta última atividade da campanha de Dilma no Cariri antes das eleições deste domingo.

PROPAGANDA ELEITORAL TERMINA HOJE

Termina nesta sexta-feira, 29, dois dias antes das eleições, a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão e também as últimas propagandas pagas nos jornais impressos e aquelas feitas na internet. A data também é o prazo final para a realização de debates entre os candidatos.

No sábado, 30, um dia antes da eleição, os candidatos ainda poderão participar de carreatas e usar alto-falantes ou amplificadores de som, mas só até as 22h. No domingo, 31, dia da eleição, não são permitidas manifestações, reuniões ou comícios e buzinaços. A lei permite apenas a manifestação individual e silenciosa do eleitor.

Nos estados onde houver segundo turno também para governador (Goiás, Alagoas, Pará, Amapá, Paraíba, Rondônia, Roraima e Piauí, além do Distrito Federal), os eleitores devem votar primeiro para governador e, em seguida, para presidente.

Nos dois cargos, os números dos candidatos – ou da legenda – têm dois dígitos. O TSE permite o uso de colas eletrônicas, para facilitar o eleitor a lembrar o número de seu candidato. As seções eleitorais estarão abertas das 8h às 17h.

DILMA CONSOLIDANDO VANTAGEM DE 14 PONTOS PERCENTUAIS

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, abriu 14 pontos de vantagem sobre José Serra (PSDB), segundo pesquisa Ibope/Estado/Globo divulgada nesta quinta-feira, 28. De acordo com o levantamento, a petista registra 57% dos votos válidos (que exclui brancos, nulos e indecisos) contra 43% do tucano. No levantamento anterior, Dilma aparecia com 56% contra 44% de Serra.

No total das intenções de voto, a petista lidera com 52% contra 39% do adversário. 5% disseram pretender votar em branco ou anular o voto e 4% estão indecisos. Na pesquisa anterior, Dilma registrava 51% das intenções totais de voto contra 40% de Serra. Os porcentuais de brancos e nulos e de indecisos continua o mesmo.

82% dos eleitores afirmaram que seu voto é definitivo e 13% disseram que ainda podem mudar o voto, enquanto 5% não sabem ou não responderam a essa questão.

Para 80% dos entrevistados, o governo Lula é bom ou ótimo. 15% o consideram regular e 4%, ruim ou péssimo.

Foram realizadas 3010 entrevistas entre os dias 26 e 28 de outubro em 202 municípios. A pesquisa está registrada no TSE sob o número 37.596/2010. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

NOVA TECNOLOGIA

Passageiros que embarcarem em voos da TAM entre Fortaleza, Guarulhos, Recife, Natal e Porto Alegre já poderão utilizar celular a bordo. Neste primeiro momento a companhia aérea anunciou que o serviço está disponível apenas em uma de suas aeronaves, um Airbus A321 de 220 assentos. A tecnologia foi desenvolvida pela OnAir, uma joint venture entre a Airbus e a empresa de tecnologia Sita. O serviço utiliza os satélites da Inmarsat SwiftBroadband e permite aos passageiros realizar chamadas telefônicas, enviar mensagens e acessar a Internet via rede GPRS. “O uso de celular a bordo foi uma demanda detectada por meio de pesquisas com os nossos passageiros”, afirmou Manoela Amaro, diretora de Marketing da TAM. A companhia é a primeira das Américas a oferecer essa facilidade. Nos EUA, o uso de celular a bordo não é permitido. O sistema desenvolvido pela OnAir já foi utilizado em mais de 135 mil voos para 356 cidades em 83 países.

IMPORTÂNCIA DA NOTA FISCAL

O consumidor brasileiro está mais atento à cobrança da nota fiscal, seja nas transações comerciais entre as pessoas físicas com as jurídicas, como na compra de um sapato, de um brinquedo ou de um simples sanduíche; seja nas operações de compra e venda entre as empresas. Apesar de ainda haver muita resistência por parte de algumas empresas em conceder o cupom fiscal, o hábito de pedir o comprovante já faz parte do cotidiano de 46% dos brasileiros residentes nas grandes cidades.

Pesquisa realizada em julho último pelo grupo alemão GfK, - quarta maior empresa de pesquisa de mercado do Brasil e também o quarto maior grupo mundial do setor,- revela que 46% dos entrevistados sempre solicitam o documento fiscal; 20% o pedem na maioria das vezes; 19%, somente algumas vezes; 6%, quase nunca; enquanto 9% dos consumidores nunca cobram o cupom após as compras.

O estudo mostra que 72% dos contribuintes sulistas, seguidos de 69% dos nordestinos, 64% dos nortistas e dos residentes do Centro Oeste, e de 63% dos consumidores da região Sudeste sempre cobram a nota fiscal, após uma compra.

ESTUDANTE DE ACOPIARA

A aluna Antônia Gracimara Pinheiro Pereira, do 9º ano da Escola Padre João Antônio, foi classificada como semi-finalista na Olimpíada Nacional da Língua Portuguesa 2010. A aluna concorreu na modalidade de crônica, com o título "A procura da Esperança" e ficou classificada entre as 500 melhores redações do País. Vai representar Acopiara e o Ceará na etapa regional, em Curitiba.

fonte: DN

FEIRA DAS FLORES

Termina hoje, em Crato, o I Festival da Primavera Cariri de Flores e Plantas Ornamentais, que acontece na Praça Alexandre Arraes, no Centro da cidade. Várias espécies estão em exposição para os apreciadores da natureza, entre as quais bromélias, rosas, samambaias, tropicais, heras, orquídeas, cactos, primavera e azaleias.

Os preços variam entre R$ 3,00 e R$ 60,00. Uma orquídea, por exemplo, custa R$ 60,00, enquanto uma bromélia é vendida a R$ 3.00. A grande vantagem da produção regional, de acordo com o floricultor José Huberto Tavares, é a adaptação ao clima. O Cariri possui solo e climas ideais para o cultivo. Huberto adverte que as flores que vêm de fora passam por um choque térmico que dificulta o cultivo. Elas passam de uma temperatura de 12 graus para 30 graus. Esta mudança, segundo o floricultor, impede a sua germinação.

fonte: DN

OBRAS DE SANEAMENTO CONTINUAM NAS RUAS DO CRATO

A obra de infraestrutura na cidade avança no centro e bairros. Em várias ruas já podem ser vistos os resultados desse trabalho e novo asfaltamento está sendo colocado onde há intervenção, para incluir as novas tubulações. Desde a semana passada, que os cerca de 50 funcionários da obra estão atuando nas avenidas Duque de Caxias e Maildes de Siqueira. O intuito é afetar pequenos trechos para que o trânsito não fique sem fluir totalmente nas áreas onde os trabalhadores estão realizando as intervenções.

fonte: Prefeitura do Crato

NEM A FOLHA FICOU CALADA. JOSÉ SERRA ERA O GOVERNADOR NA ÉPOCA DA ESCOLHA DAS CONSTRUTORAS: FOI O INÍCIO DA ROUBALHEIRA



A Folha de S. Paulo desta terça-feira (26) estampou em sua capa a fraude que foi o processo de licitação da linha 5 (lilás) do Metrô de São Paulo. Um dos maiores escândalos já vistos em São Paulo e no Brasil: o jornal sabia, seis meses atrás, quais seriam as empresas vencedoras dos lotes licitados em valores que ultrapassam quatro bilhões de reais.

Em vídeo gravado em abril deste ano, o jornalista Ricardo Feltrim, da Folha, aparece com uma lista em mãos que contém os nomes dos vencedores, que só foram divulgados oficialmente na última semana. No vídeo, um documento histórico e irrespondível, Feltrim afirma que a licitação foi um processo viciado e fraudulento.

Depois de Paulo Preto, essa é outra bomba que recai sobre o “estilo Serra”. O candidato do PSDB terá de se explicar no próximo debate a vergonha de tamanha corrupção. Não há quem não saiba do envolvimento das empreiteiras de obras públicas com o governo tucano em São Paulo, e Serra depende de doações das empreiteiras, que por sua vez, dependem das grandes obras públicas. Uma escandalosa e vergonhosa troca de favores. Daí nasceu Paulo Preto.

Grandes escândalos já marcaram a gestão tucana no Metrô, como o caso da Alstom, que pagou propinas milionárias aos membros dos governos do PSDB para a venda de trens; o “buraco” na estação Pinheiros, onde morreram seis pessoas inocentes; e mais recetemente, a precariedade dos trens, superlotação do sistema, atrasos constantes, o caos reinante da malha do metrô paulistano, além das explicações totalmente sem nexo, como a “blusa” misteriosa que teria parada toda uma linha e prejudicou mais de dois milhões de pessoas (uma mentira que jamais conseguiu iludir a opinião pública...). Tudo isso só não enfrentou uma CPI ainda, porque todas as tentativas são barradas pela bancada governista, e porque a imprensa nunca pressionou a Assembléia Legislativa: mais de 70 pedidos de CPI’s estão engavetados pela maioria de Serra e Alckmin naquela casa.

Esse é o jeito Serra/PSDB de governar: o que está errado, abafam, o que não funciona, maquiam! Fazem publicidade milionária e posam como paladinos da ética e moralidade.

Nem a Folha de S. Paulo, jornal que apóia $erra, conseguiu ficar calada diante de tamanha roubalheira.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

MÍDIA PREPARA GOLPE CONTRA DILMA. MAIS UM ?

Durante esta campanha eleitoral, assumimos de frente a defesa de uma campanha limpa. Mas, a mídia brasileira, comandada por 6 famílias prefere fazer uma campanha de baixíssimo nível, forjar matérias e pautas para eleger José Serra, do PSDB, à ferro e fogo, presidente da República. Por isso, diversas vezes tivemos que sair em defesa da liberdade de imprensa, mesmo que isso não exista muito em nosso País, já que os grandes empresários e muitos políticos monopolizam os veículos de comunicação, seja rádio, TV ou jornais.

A notícia que o amigo leitor vai ter acesso agora foi publicada no blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim e traz um relato preocupante. Que a mídia prepara um golpe contra a candidatura de Dilma Rousseff. Isso é preocupante, pois somos sabedores e conhecedores dos artifícios utilizados em 1989 pela Globo e outros veículos de comunicação para eleger Fernando Collor de Melo.

Folha (*) prepara o golpe.
Mas valerá a pena ?

Publicado por Brizola Neto, no Tijolaço:
O golpismo valerá a pena?


São cada vez mais fortes os indícios que que a Folha de S.Paulo prepara para sexta-feira uma edição destinada a disparar a “última bala” contra a candidatura de Dilma Rousseff.

A insistência em obter os autos do processo contra ela, dos tempos de ditadura, no Supremo Tribunal Federal e, depois, no STF, visa, essencialmente, dar cobertura a uma matéria que já está escrita.

Até porque grande parte deste processo está copiada nos arquivos da Universidade de Campinas e são de acesso público. Fazem parte da coleção “Brasil, nunca mais”, do Arquivo Edgard Leuenroth, daquela Universidade.

Neles, segundo o próprio diretor do Arquivo, Alvaro Bianchi, “, não há nada nesses processos que vincule diretamente Dilma Rousseff a ações armadas, como sequestros, expropriações ou atentados contra alvos civis e militares, nem mesmo a greves ou manifestações estudantis. Ao contrário. Mesmo seus inquisidores não conseguiram estabelecer esse vínculo, não restando –senão- acusá-la vagamente de ‘subversão’ ”.

O professor Bianchi é insuspeito, pois é a favor da liberação indiscriminada dos arquivos do STM. Mas também é contra sua manipulação:

- Suprimir a memória para não perder votos não é boa coisa. Falsificá-la para ganhá-los também não, escreveu ele, num artigo publicado na Carta Capital, onde descreve o conteúdo da documentação relativa a Dilma.

O professor pode ter suas razões. Nem mesmo concordo com elas, pois a revelação daquilo que foi dito – ou que se alegou terem dito – em sessões de torturas abomináveis viola de tal forma o direito das pessoas que só elas, individualmente, podem julgar se querem tornar público, como protesto, ou se aquilo fere a si ou a terceiros,

Afinal, se esta mesma imprensa acha abominável a quebra de sigilo fiscal, revelando aquilo que pessoas disseram à Receita Federal, como pode achar normal ter o direito de revelar detalhes do que foi obtido usando de vilências bárbaras? Ou o crime cometido da delegacia fiscal de Mauá é mais grave do que aquele que se cometeu nas câmaras de tortura do regime ditatorial?

A discussão, porém, não se dá nem neste plano das ideias. Não há um pingo de “direito à informação” ou liberdade jornalística neste episódio.

O material – tentando envolvê-la em casos de sangue, não posso afirmar se direta ou indiretamente- está pronto para ser publicado de forma a não ser respondido. Sexta-feira, calam-se os horários eleitorais. No final de semana das eleições, não há possibilidade razoável de contestação. Impera o silêncio, e falarão sozinhos o Jornal Nacional, a Veja, O Globo…

Não será a ética ou o amor pela verdade que os impelirá, nem também o que lhes impelirá.A única dúvida que lhes resta é se isso adiantará para derrotar Dilma e eleger Serra.

Acesse ( http://www.conversaafiada.com.br/pig/2010/09/21/por-que-a-veja-da-o-golpe-pelo-serra/) para saber por que a VEJA também dá o Golpe pelo Serra.


(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é, porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

JUAZEIRO É O MAIS POPULOSO DO CARIRI

Com mais de 90% da população recenseada, o Ceará já conta com 8.102.338 habitantes (números contabilizados até o fechamento desta edição). No Cariri, os três Municípios mais populosos, o chamado triângulo Crajubar, formado por Crato, Juazeiro e Barbalha, tem uma população de 424.343 habitantes. Juazeiro do Norte é o Município mais populoso com 249.829 habitantes. O agente do IBGE, no Crato, José Roberto Tavares, adverte que a contagem ainda não foi finalizada e, a cada momento, está sendo atualizada até a oficialização do trabalho final, com checagem dos dados se houver necessidade.

Em segundo lugar vem o Crato com 119.762. O resultado superou a expectativa do IBGE que era de 116.759. O agente informou que a população do Crato só não foi maior porque um grupo de moradores que reside em cima da Serra do Araripe, no limite com Pernambuco, se recusou a fornecer informações. Mesmo assim, os recursos federais destinados ao Crato serão aumentados dois pontos. Se a população ultrapassar os 120 mil habitantes, aumenta o número de vereadores na Câmara Municipal do Crato que, no momento, conta com 11 representantes do povo. A secretaria do Poder Legislativo não soube informar qual será o número de vereadores com o aumento da população oficializado.

fonte: DN

SINDICATO DOS TRABALHADORES EM CALÇADOS VAI REUNIR CATEGORIA NO INÍCIO DE NOVEMBRO

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados de Juazeiro realiza no próximo dia 7 de novembro uma grande reunião com os trabalhadores.

O evento se dará na Avenida Ailtom Gomes (em um sal~]ao alugado pela entidade e tem como objetivo discutir os problemas vividos pela categoria. Na oportunidade, os trabalhadores poderão falar de seus trabalhos em cada empresa. A diretoria do Sindicato vai apresentar alguns informes, entre eles, a festa de final de ano dos trabalhadores do setor.

De acordo com o presidente do sindicato, Cledimilson Vieira Pinheiro, o encontro com a categoria tem servido como elo de ligação entre a diretoria da entidade e os trabalhadores e serve também para que todos possam se confraternizar e trocar experiências.

CNT/SENSUS: DILMA AMPLIA VANTAGEM E LIDERA EM 4 REGIÕES

Pesquisa CNT/Sensus divulgada em Brasília mostra que as intenções de votos da candidata Dilma (PT) aumentaram em quatro das cinco regiões do país.
De acordo com a pesquisa, a candidata só não lidera no Sul, onde Serra registra crescimento.Confira a comparação feita entre a pesquisa CNT/Sensus divulgada no último dia 20 de outubro com a de hoje.

Norte/Centro Oeste
Dilma tinha 42,1% passou para 50,7%
Serra tinha 52,6% passou para 40,4%
Nordeste
Dilma tinha 57,5% passou para 66,3%
Serra tinha 34,8% passou para 25,5%
Sudeste
Dilma tinha 44,2% passou para 48,4%
Serra tinha 41,6% passou para 36,7%
Sul
Dilma tinha 38,2% passou para 35,4%
Serra tinha 45,1% passou para 54%

A margem de erro é de 2,2 % para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada entre os dias 23 e 25 de outubro em 136 municípios de 24 estados. Foram feitas 2 mil entrevistas.


fonte: blog do Noblat

LIMPEZA DE JUAZEIRO NA ROMEIRA DE FINADOS

A prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte realizará, através do Departamento Municipal de Limpeza Pública, plano operacional para a limpeza nas áreas de grande movimentação da Romaria de Finados.

As equipes se concentrarão no entorno das Igrejas Sagrado Coração de Jesus (Salesianos), Franciscanos, Basílica Menor (Matriz de Nossa Senhora das Dores) Socorro, Horto e no centro comercial. Para estas ações serão utilizados compactadores e 171 homens, para varrição e coleta.

Tendo como ponto de apoio uma tenda, na praça padre Cícero, onde os coordenadores operacionais darão suporte aos agentes de limpeza (garis) e fiscalizarão os trabalhos. Helio Alves, Diretor do Departamento de Limpeza, diz que os sete compactadores que realizam a coleta diária no município, darão suporte necessário para que a coleta dos resíduos sólidos seja eficaz neste período.

NEONATOLOGISTA DO SÃO LUCAS DISPUTA PRÊMIO DE INOVAÇÃO MÉDICA

Profissionais de saúde e funcionários do Hospital e Maternidade São Lucas vivem um momento especial com a classificação da pediatra e neonatologista Lilianny Medeiros Pereira à grande final do 2º Prêmio Inovação Medical Service. Trata-se de um reconhecimento do Laboratório Sanofi Aventis que busca valorizar, incentivar e divulgar os trabalhos mais inovadores em saúde pública.

Dra. Lilianny inscreveu um trabalho que desenvolve voluntariamente na unidade Neonatal do Hospital São Lucas aplicando uma terapia de recuperação neurológica denominada de “método Padovan”, em homenagem a fonoaudióloga Beatriz Padovan que já realiza trabalho de pesquisas no Brasil desde a década de 70. Com a fisioterapeuta Danielle Vileicar, a neonatologista trabalha com crianças prematuras que tiveram problemas durante o parto com falta de oxigênio levando a lesões cerebrais com sequelas (paralisias cerebrais). A terapia consiste na realização de exercícios corporais e orais que estimulam o sistema nervoso central da criança.

O prefeito Dr. Santana comentou o reconhecimento da pediatra que atua na rede municipal de saúde. “A determinação em executar esse projeto já merece todo o nosso conhecimento. Estar entre os 10 melhores projetos num universo de 200 apresentados já é um feito, já é um prêmio. Ficar entre os 5 melhores, reconhecida pelos médicos de todo o Brasil é outro reconhecimento. Vencer é a coroação de uma profissional exemplar, dedicada e que merece todo o reconhecimento da nossa administração e de todo o povo juazeirense. Antecipadamente eu já desejo os nossos parabéns a Dra. Lilianny”, ressaltou.

PROJOVEM EM BARBALHA MOBILIZA JUVENTUDE

O ProJovem Adolescente é um dos quatro eixos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens, lançado em setembro de 2007 pela Presidência da República. A coordenação do ProJovem Adolescente destinada a jovens de 15 a 17 anos pertencentes a famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ou em situação de risco social - será de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome,(MDS).

Em Barbalha, o programa está em ascensão e é acompanhado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social através do CRAS Santo Antônio. E durante dois da semana acontecem as oficinas com os mais de 400 jovens que estão inscritos no programa. Os jovens são acompanhados pelos monitores, professores e técnicos da Ação Social que lhes apresentam diversas atividades como arte circense; teatro, reciclagem, esporte, música, manicure e grafitagem.

A articuladora do programa ProJovem, Izabela de Almeida Costa Lima afirma que o programa visa trabalhar a arte, educação, esporte, cultura e o lazer. É uma infinidade de ações que sirvam para cotidiano dos jovens adolescente.

Para a Secretária da Ação Social, Maria Tereza Amora, hoje essas ações, os serviços educativos, que visa complementar a proteção social dos adolescentes, busca cada vez mais criar mecanismos para garantir o direito, à convivência familiar e comunitária dos adolescentes que hoje estão inscritos no programa, criando também, as melhores condições para manter os jovens adolescentes no sistema de ensino de qualidade, e que tem, como objetivo principal a inclusão de jovens qualificando-os para as diversas atividades que o mundo oferece, valorizando-os também, dentro das várias atividades sócias educativas que hoje o programa oferece.

AMÉRICA LATINA: A MÍDIA É A PAUTA DA VEZ

Por Marcelo Salles

Nossa América dá sinais, cada vez mais constantes, da necessidade de rever o modelo de comunicação a que estamos submetidos. Primeiro foi a Venezuela, que impulsionou a criação de uma televisão multi-estatal, a Telesur, em parceria com Cuba, Argentina e Uruguai. A medida foi tomada logo após a tentativa de golpe de Estado contra o presidente Chávez, em 2002 – golpe esse que contou com apoio decisivo das corporações da mídia privada venezuelana.

Em 2007, o Brasil cria a Empresa Brasileira de Comunicação, que une a Radiobrás e a TV Educativa do Rio de Janeiro num projeto de comunicação pública – ainda imperfeito, mas com capacidade suficiente incomodar, a ponto de jornais neoliberais dedicarem editoriais exigindo o fim da iniciativa.

No ano seguinte foi a vez da Bolívia criar um jornal estatal, El Cambio, de formato tablóide e preço popular. Inicialmente com 5 mil exemplares, dois anos depois o jornal boliviano já alcançou o primeiro lugar em vendas e desbancou os tradicionais La Prensa e El Razón.

A Argentina enfrenta o monopólio dos grupos privados e o governo Kirchner leva adiante a Ley de Medios, que atinge duramente as corporações privadas.
Ainda no Cone Sul, no último dia 14 de outubro o ministro da Informação e Comunicação do Paraguai, Augusto dos Santos, anunciou a circulação de um jornal semanal público para informar a população sobre as políticas do Estado. O nome da publicação será Infogob, terá alcance nacional e distribuição gratuita.

Santos disse que o objetivo do semanário é divulgar informações das secretarias, ministérios, entes públicos e demais poderes do Estado a serviço da cidadania. Segundo o ministro paraguaio, o Infogob apresentará opiniões e pontos de vista externos ao olhar governamental para que exista um contraste permanente dos demais, com interesse cidadão.

A mudança necessária no paradigma das comunicações não pode ter apenas caráter técnico. As novas ferramentas, as mídias sociais, sites e blogs da Internet são importantes, mas não são suficientes. As grandes transformações que precisam acontecer em Nuestra América necessitam de uma revolução na forma de comunicar. Não estou falando do momento eleitoral, em que essas ferramentas podem jogar um papel decisivo. Em termos de mudança de consciência, por exemplo, ou de erradicação de preconceitos, ou de respeito aos direitos humanos, nada vai mudar se as corporações privadas de mídia continuarem donas de oligopólios a serviço da exploração dos povos.

Em outras palavras: enquanto vigorar a propriedade cruzada – mesmo grupo controlando jornal, rádio e televisão na mesma praça; enquanto meia dúzia de empresas capitalistas forem donas de mais de 90% da audiência e da maior parte das verbas públicas publicitárias; e enquanto esses grupos continuarem, como no Brasil, a ter mais influência junto aos parlamentares do que os cidadãos que os elegeram.

Democratizar televisão, rádio e jornais é importante porque a mídia é, hoje, a instituição com maior poder de produção e reprodução de subjetividades. Ou seja, a mídia determina formas de sentir, de pensar e de agir dos indivíduos e, conseqüentemente, influencia posicionamentos da sociedade como um todo. Se divulga mensagens de ódio, se divulga informações distorcidas, então teremos um povo irracional e desinformado, caldo de cultura perfeito para a violência. Por outro lado, se a mídia divulga informações corretas e mensagens de respeito ao outro, então será mais provável criarmos uma sociedade mais harmônica.

O governo do presidente Lula seguramente avançou mais que o anterior, pois além da TV Brasil está em curso o Plano Nacional de Banda Larga, que pretende universalizar o acesso à Internet de alta velocidade. Entretanto, em comparação com nossos vizinhos, estamos atrasados. O Brasil perdeu sua grande chance com o decreto da TV Digital, quando era possível ter investido na multi-programação e fomentado a participação de novos atores no cenário da radiodifusão.

Estamos atrasados não apenas por conta das dificuldades do governo atual. Toda a esquerda brasileira tem enorme dificuldade de compreender a importância dos meios de comunicação de massa para a construção de uma sociedade verdadeiramente democrática. Partidos políticos, estudantes, sindicalistas, integrantes de movimentos sociais organizados, acadêmicos, artistas. A tendência ainda é acreditar que se pode negociar com as corporações privadas, em vez de modificar a atual estrutura – o que, diga-se de passagem, seria apenas cumprir a Constituição de 1988. A história recente do Brasil nos oferece incansáveis provas de que essa crença não passa de uma ilusão, incluindo o fato de as últimas duas eleições terem sido levadas para o segundo turno, sem falar da famosa manipulação do debate em 1989. Vamos ver se a nossa esquerda acorda, e se acorda a tempo.

Marcelo Salles, jornalista, é colaborador do jornal Fazendo Media e da revista Caros Amigos, da qual foi correspondente em La Paz entre 2008 e 2009. No twitter, é @MarceloSallesJ

ONDE VOCÊ ESTAVA EM 1964?

Há momentos na história de cada país que são definidores de quem é quem, da natureza de cada partido, de cada força social, de cada indivíduo. Há governos em relação aos quais se pode divergir pela esquerda ou pela direita, conforme o ponto de vista de cada um. Acontecia isso com governos como os do Getúlio, do JK, do Jango, criticado tanto pela direita – com enfoques liberais ou diretamente fascistas – e pela esquerda – por setores marxistas.

Mas há governos que, pela clareza de sua ação, não permitem essas nuances, que definem os rumos da história futura de um país. Foi assim com o nazismo na Alemanha, com o fascismo na Itália, com o franquismo na Espanha, com o salazarismo em Portugal, com a ocupação e o governo de Vichy na França, entre outros exemplos.

No caso do Brasil e de outros países latinoamericanos, esse momento foi o golpe militar e a instauração da ditadura militar em 1964. Diante da mobilização golpista dos anos prévios a 1964, da instauração da ditadura e da colocação em prática das suas políticas, não havia ambigüidade possível, nem a favor, nem contra. Tanto assim que praticamente todas as entidades empresariais, todos os partidos da direita, praticamente todos os órgãos da mídia – com exceção da Última Hora – pregavam o golpe, participando e promovendo o clima de desestabilização que levou à intervenção brutal das FAA, que rompeu com a democracia – em nome da defesa da democracia, como sempre -, apoiaram a instauração do regime de terror no Brasil.

Como se pode rever pelas reproduções das primeiras páginas dos jornais que circulam pela internet, todos – FSP, Estadão, O Globo, entre os que existiam naquela época e sobrevivem – se somaram à onda ditatorial, fizeram campanha com a Tradição, Família e Propriedade, com o Ibad, com a Embaixada dos EUA, com os setores mais direitistas do país. Apoiaram o golpe e as medidas repressivas brutais e aquelas que caracterizariam, no plano econômico e social à ditadura: intervenção em todos os sindicatos, arrocho salarial, prisão e condenação das lidreanças populares.

Instauraram a lua-de-mel que o grande empresariado nacional e estrangeiro queria: expansão da acumulação de capital centrada no consumo de luxo e na exportação, com arrocho salarial, propiciando os maiores lucros que tiveram os capitalistas no Brasil. A economia e a sociedade brasileira ganharam um rumo nitidamente conservador, elitistas, de exclusão social, de criminalização dos conflitos e das reivindicações democráticas, no marco da Doutrina de Segurança Nacional.

As famílias Frias, Mesquita, Marinho, entre outras, participaram ativamente, no momento mais determinante da história brasileira, do lado da ditadura e não na defesa da democracia. Acobertaram a repressão, seja publicando as versões mentirosas da ditadura sobre a prisão, a tortura, o assassinato dos opositores, como também – no caso da FSP -, emprestando carros da empresa para acobertar ações criminais os órgãos repressivos da ditadura. (O livro de Beatriz Kushnir, “Os cães de guarda”, da Editora Boitempo, relata com detalhes esse episódio e outros do papel da mídia em conivência e apoio à ditadura militar.)

No momento mais importante da história brasileira, a mídia monopolista esteve do lado da ditadura, contra a democracia. Querem agora usar processos feitos pela ditadura militar como se provassem algo contra os que lutaram contra ela e foram presos e torturados. É como se se usassem dados do nazismo sobre judeus, comunistas e ciganos vitimas dos campos de concentração. É como se se usassem dados do fascismo italiano a respeito dos membros da resistência italiana. É como se se usassem dados do fraquismo sobre o comportamento dos republicanos, como Garcia Lorca, presos e seviciados pelo regime. É como se se usasse os processos do governo de Vichy como testemunha contra os resistentes franceses.

Aqueles que participaram do golpe e da ditadura foram agraciados com a anistia feita pela ditadura, para limpar suas responsabilidades. Assim não houve processo contra o empréstimo de viaturas pela FSP à Operação Bandeirantes. O silêncio da família Frias diante da acusações públicas, apoiadas em provas irrefutáveis, é uma confissão de culpa.

Estamos próximos de termos uma presidente mulher, que participou da resistência à ditadura e que foi torturada pelos agentes do regime de terror instaurado no país, com o apoio da mídia monopolista. Parece-lhes insuportável moralmente e de fato o é. A figura de Dilma é para eles uma acusação permanente, pela dignidade que ela representa, pela sua trajetória, pelos valores que ela representa.

Onde estava cada um em 1964? Essa a questão chave para definir quem é quem na democracia brasileira.

(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é, porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

fonte: blog Conversa Afiada

PAÍS NÃO PODE DESCER 'SERRA ABAIXO', DIZ DILMA

Em meio a uma carreata que mobilizou a população de Caruaru, a 130 quilômetros do Recife (PE), a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, disse ontem à noite, em rápido discurso no centro da cidade, que a população sabe o que está em jogo no domingo. Segundo ela, ou o Brasil segue em frente 'ou desce serra abaixo' - uma referência ao presidenciável do PSDB, José Serra.

'Hoje foi uma das experiências mais fortes da minha vida', afirmou Dilma, emocionada, ao agradecer a manifestação da população, que ocupou as ruas de cinco bairros ao longo do trajeto da carreata de duas horas.

Além de ser aclamada por onde passou - de freiras gritando seu nome a lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) -, Dilma pôde ver uma amostra da cultura popular pernambucana. Foi recebida com festa que incluiu banda de pífanos, grupo de forró, bacamarteiros e bumba meu boi. Ao longo da carreata, Dilma viu bonecos gigantes do carnaval de Olinda, maracatus e figuras da cultura regional.
Sempre ao seu lado, o governador Eduardo Campos (PSB) - campeão de votos no País, com 82,8% dos votos válidos - quer que a candidata alcance pelo menos 70% da votação dos pernambucanos. Mais de 40 prefeitos da região foram convidados para participar e mobilizar militantes para a carreata, que foi animada por 20 carros de som e fogos de artifício.

Antes de embarcar para Vitória da Conquista (BA), onde iria participar de um comício, Dilma afirmou que a manifestação 'foi de tirar lágrimas, de comover o coração, essa efusão, esse envolvimento popular'. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

DILMA GANHA DIREITO DE RESPOSTA EM PROGRAMA DE SERRA

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, garantiu ontem no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pela primeira vez no segundo turno, o direito de responder a supostas ofensas veiculadas na propaganda de seu adversário, o tucano José Serra. Dilma poderá usar um minuto do programa de Serra para se defender.
Os petistas contestaram o uso alegadamente negativo da expressão 'turma da Dilma' na propaganda de Serra, que seria uma tentativa de ligá-la a escândalos. Segundo um dos advogados da campanha, a expressão teria sido usada para dar a impressão de que essa turma agiria como uma quadrilha, cometendo ilícitos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

PT ACIONA MP PARA APURAR ROUBALHEIRA EM SÃO PAULO

O PT solicitou ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP) abertura de investigação para apurar suposto conluio entre empreiteiras e indícios de licitação viciada nos lotes 3 a 8 da Linha 5 - Lilás da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô). O partido pede que seja apurada a responsabilidade do poder público.

Em representação enviada ontem ao procurador-geral de Justiça do Estado, Fernando Grella Vieira, a bancada petista solicita 'apuração de possível ilegalidade, inconstitucionalidade e improbidade na conduta' de autoridades do Estado, citando, nominalmente, o ex-governador do Estado e candidato tucano à Presidência, José Serra, e o atual governador, Alberto Goldman (PSDB).

'Há um cheiro esquisitíssimo de irregularidade. O Metrô de São Paulo já é objeto de irregularidades gravíssimas e os agentes políticos e empresariais precisam ser responsabilizados', afirmou o líder do PT na Assembleia, Antônio Mentor. A representação lista outros episódios, como o acidente na Linha 4 - Amarela e o caso Alstom - supostos pagamentos de propinas pela empresa francesa Alstom a autoridades brasileiras. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

MORRE NÉSTOR KIRCHNER

Ex-presidente argentino Néstor Kirchner, 60 anos, (2003-2007) morreu, ontem, vítima de uma dupla parada cardíaca enquanto descansava em sua casa de campo na Província de Santa Cruz, no extremo sul do país, onde nasceu e iniciou a carreira política. Kirchner liderava a coalizão peronista de centro-esquerda Frente para a Vitória, que governa a Argentina desde 2003. Participava de forma ativa no governo de sua mulher e sucessora, Cristina Kirchner.O ex-presidente sentiu-se mal por volta das 7h30 locais (8h30 em Brasília) e foi levado pela mulher e por seguranças ao hospital da cidade de El Calafate, onde morreu duas horas depois. Ao longo de 2010, ele já havia sofrido duas cirurgias por problemas cardíacos.De acordo com o padre Carlos Alvarez, que estava ao lado da família na casa de campo, Cristina, cujo mandato irá até dezembro de 2011, está demonstrando "muita força e valentia" e afirmou que "vai continuar lutando".

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

FRENTE FRIA PROVOCA CHUVAS NO CARIRI

Desde a última sexta-feira (22) várias precipitações ocorreram no Interior do Estado, sobretudo na Região do Cariri. Nesta terça-feira (26), só no município de Brejo Santo choveu 167 milímetros. Segundo o meteorologista da Funceme, Paulo Barbieri, as precipitações se formaram a partir de uma frente fria vinda da Bahia, mas que já se dispersaram rumo ao oceano Atlântico. De acordo com Barbieri, essas chuvas não são prenúncio da quadra invernosa.

Brejo Santo 167mm
Porteiras 60,02mm
Abaiara 27mm
Jati 43mm
Guaiúba 2mm
Ipueiras 14mm
Crateús 10mm
Banabuiú 1,2mm
Campos Sales 4mm
Araripe 20,28mm
Altaneira 19,8mm
Santana do Cariri 8mm
Crato 20mm
Aurora 1mm
Milagres 3mm
Missa Velha 6,3mm

BARBALHA PREPARA PARTICIPAÇÃO NA CAMPANHA CONTRA FEBRE AFTOSA

No próximo dia 5 de novembro começa, em todo o Ceará, a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa de 2010. O lançamento será no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, no Município do Crato. O objetivo é imunizar 100% do rebanho cearense.

Até o fim do mês de novembro, os pecuaristas devem colaborar e imunizar os seus animais. A dose da vacina custará, em média, R$ 1,50. Pode ser encontrada nas casas veterinárias especializadas. O Ceará alcançou índice de 87,83% de vacinação contra febre aftosa na primeira etapa da campanha deste ano, o que representa 2.127.0946 animais imunizados. O Estado possui atualmente 2.508.668 cabeças de gado.

Atualmente, Santa Catarina é o único Estado brasileiro livre de febre aftosa sem vacinação. Os Estados do Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas estão na zona de médio risco, realizando um esforço conjunto para melhorar a classificação. Alcançar o médio risco fez com que as barreiras interestaduais caíssem, tanto para a comercialização de carne quanto para a participação de exemplares em feiras agropecuárias,

O secretário de Desenvolvimento Agrário de Barbalha, José Elismar de Vasconcelos, disse que a secretaria está se preparando para que Barbalha chegue a 100% da vacinação. O objetivo da campanha é ajudar o Estado a sair do risco médio para o risco livre de vacinação. Ele disse que a campanha vai do dia 1° até o dia 30 de novembro e pediu o empenho de todos os criadores para que todo o rebanho de Barbalha seja vacinado.

Para finalizar, o secretário lembrou a importância dessa vacinação, pois somente com ela é possível retirar a GTA - Guia de Transporte Animal para que os mesmos possam sair para outros Estados.

PREFEITO JOSÉ LEITE SE REUNE COM REPRESENTANTES DO GEOPARK ARARIPE E SECRETARIA DAS CIDADES

O prefeito de Barbalha, José Leite, se reuniu na manhã de ontem, 26, com representantes da Secretaria das Cidades do estado do Ceará e da Urca. Na ocasião estiveram presentes além dos representantes dessas instituições, os secretários Magno Silva Coelho (Infraestrutura) Polyana Silva Coimbra(Meio Ambiente), de Barbalha.

Entre os assuntos tratados na reunião a visita dos representantes da UNESCO a região e ao geossítio Riacho do Meio, no próximo dia 17 de novembro quando acontecerá além do Workshop dos Geoparks da América Latina, acontecerá no dia anterior, 16, a inauguração da sede própria do Geopark Araripe com a presença do Secretário das cidades Joaquim Cartaxo e os prefeitos de outros municípios.

Para o professor Josier Ferreira que veio representando o Geopark e a Urca ele analisou muito proveitosa, pois se articulou um processo interativo com esses setores.

Para a técnica da secretaria das cidades Lourdes Rocha ela frisou a importância da parceria com a Prefeitura. “Já é a segunda reunião com o prefeito e em todas as ocasiões o gestor municipal atendeu as solicitações dos técnicos da secretaria”,afirmou. Sobre a inauguração da nova sede no Geopark ela disse que as obras estão avançadas e os engenheiros trabalham para que a obra seja entregue no prazo.