segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Iphan lança financiamento para restauros

A superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Ceará promove na próxima terça-feira (31), em Sobral, a assinatura dos convênios do Programa de Financiamento para Recuperação de Imóveis Privados.

Assinam o convênio as prefeituras de Sobral, Fortaleza, Aracati e Viçosa do Ceará. Icó, na região Centro-Sul também será contemplada e deve assinar o convênio ainda no primeiro semestre. Na solenidade em Sobral é esperada a presença do presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida.

O programa financia o restauro de prédios privados dos sítios históricos dos municípios contemplados. Donos e inquilinos de imóveis residenciais e comerciais de sítios históricos do Ceará vão poder financiar o restauro dos prédios a juros zero, por meio de empréstimos do Banco do Nordeste. Quem pede o financiamento tem de 10 anos (prédios comerciais) a 15 anos para pagar (prédios comerciais).

Segundo a superintendente do Iphan no Ceará, Juçara Peixoto, serão destinados R$3 milhões para moradores de Sobral e Fortaleza, cada, e R$1,5 milhão para moradores de Aracati e Viçosa do Ceará, cada. “Se a demanda for maior, esses valores podem aumentar. Vai depender da vontade da população”, detalha Juçara.

Também na terça-feira (31), o Iphan inaugura em Viçosa do Ceará, às 19 horas, o restauro do teatro Pedro II, um dos mais antigos do Ceará. Segundo o órgão, foram investidos cerca de R$930 mil nas obras. “O prédio estava em desuso. Além do restauro, houve compra de equipamentos de som e projetos. O teatro está pronto para receber espetáculos”, aponta Juçara (Thiago Mendes).

Jornal O Povo

Crato: população protesta contra lentidão em obras de canal destruído



Um grupo de 50 moradores do Centro do Crato realizou na manhã de ontem, 27, uma manifestação em protesto pela lentidão das obras de recuperação do Canal do Rio Granjeiro. Hoje, 28, completa um ano que uma enchente atingiu vários pontos do Crato e inundou o Centro, prejudicando casas e lojas comerciais e destruindo parte do canal.

De acordo com Tereza Pinheiro, que é ambientalista, “estamos reivindicando que os poderes públicos, incluindo a prefeitura, Governo do Estado e União olhem para a situação que estamos, pois a qualquer momento, com qualquer chuva esse canal pode ruir”, afirma. Ela diz temer novas chuvas e uma enchente das proporções da que aconteceu em 2011. “Se isso acontecer vamos sentir na pele essa realidade difícil que estamos vivendo”, disse.

Tereza Pinheiro disse ainda que a caminhada era uma espécie de clamor às autoridades para que tomem uma atitude diante dos problemas que o Crato vem passando. “A parte do canal que foi reformada já tem problemas”, alertou. A ambientalista reclamou ainda que, nos últimos meses, não foi feita sequer a limpeza do canal.



A dona de casa Graciele Pinheiro participou do evento e lamentou a situação de sua casa no ano passado. “Quando acordei naquela madrugada só foi desespero. O meu carro foi destruído, ficou irrecuperável, as casas inundadas, e faltou apoio para nós moradores, ” afirmou.

Ela disse que a manifestação era justa e que a comunidade tem ainda muito receio de que novas chuvas destruam mais casas e comércios.

“Concordo com o povo do Crato, porque se o Crato tivesse representante era diferente, aqui é só o povo, cadê nossos representantes”, afirmou indignada.

“Entregue às baratas”

Solange Teles, que reside na Avenida José Alves de Figueiredo, disse que “estamos entregues às baratas, nossa situação é difícil, porque não tempos políticos no Crato”, afirmou. A casa da senhora Solange foi invadida pelas águas em 28 de janeiro do ano passado.

Ela disse ainda que perdeu um carro e teve parte da casa invadida pelas águas. “Eu concordo com esse movimento e gostaria muito que os políticos cratenses trabalhassem mais pela cidade e ajudassem a resolver esse problema”, concluiu.

A caminhada percorreu toda a avenida do canal indo até o Mercado Walter Peixoto e retornando ao ponto em que se iniciou, em frente à Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Um relatório feito pela Defesa Civil do Crato questiona os serviços feitos até agora pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER).

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

O Governo Federal liberou R$ 4 milhões para obras de recuperação do canal. Passado um ano só foi feita a primeira parte da obra. Para a segunda etapa nenhuma empresa apareceu na licitação, que ocorreu no último dia 19.


fonte: jornal O Povo

Projeto prevê revitalização de áreas degradadas



"As áreas degradadas no Cariri precisam ser recuperadas com urgência, por isso elaboramos esse projeto que visa dotar nossa região de uma política mais eficaz na área ambiental”.

Com essas palavras o professor Deoclécio Justino Azevedo Said, da Faculdade Leão Sampaio, defende a elaboração do projeto com parcerias entre prefeituras municipais, órgãos ambientais estaduais e Governo Federal.

De acordo com o professor Deoclécio Justino, o projeto prevê a revitalização do Rio Salgado e seus afluentes, reflorestamento de várias localidades, inclusive de áreas da Colina do Horto, que está inserida no Geopark Araripe.

O Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas do Cariri- PRADC, vem sendo desenvolvido pela Faculdade Leão Sampaio, começando por Juazeiro do Norte, mas pretende atender outras cidades do Cariri. O projeto está orçado em R$ 10 milhões e pretende recuperar mil hectares de terra.

Jornal O Povo

191 mulheres mortas no Cariri em 11 anos



O ano começou com dois homicídios contra mulheres na Região do Cariri. As duas mortes, registradas nos dias 12 e 13 deste mês, reacendem o debate acerca da violência que atinge mulheres na região.

Com os dois casos de 2012, o Cariri alcança a cifra de 191 assassinatos de mulheres - a maioria no âmbito doméstico e por motivações diversas - no período de 2001 ao primeiro mês 2012. A taxa de violência contra a mulher na região é considerada uma das mais altas do Nordeste.

Encontrada morta no último dia 12, Maria José Rodrigues, 65, teria sido morta pelo filho, no Crato. O corpo foi achado em avançado estado de decomposição e o suposto assassino fugiu. No dia seguinte, Natália Coelho de Luna, 24, morreu no Hospital São Vicente, em Barbalha, oito horas após ter sido esfaqueada na garganta por uma adolescente que seria amante de seu pai.

Para a vereadora e militante do movimento de mulheres no Crato, Mara Guedes (PT), a violência de gênero no Cariri faz parte de uma cultura deturpada que ganha força pela impunidade, falta de combate dos órgãos de segurança e a morosidade da Justiça.

Mara diz que os homens se sentem ameaçados pelas mulheres. “Muitos se sentem donos dos corpos e da vida das mulheres e por isso acham que podem até matar”, destaca a parlamentar.

Ela aponta que o machismo e a dominação fazem parte de uma “cultura do atraso, e isso deve ser combatido com políticas públicas, educação, e em determinados casos, com a força das leis e da Justiça”.

“A impunidade é a cúmplice da violência”, aponta Francisca Alves da Silva, fundadora do Conselho de Defesa da Mulher do Crato. Para ela, se houvesse mais punições haveria menos violência. “A pessoa mata outra e depois fica solta, como se nada tivesse acontecido”, afirma.

Falta Casa Abrigo

Francisca lamenta o fato do Crato não ter ainda uma Casa Abrigo que possa acolher mulheres vítimas da violência. “Essa ausência da Casa Abrigo prejudica muitas mulheres que poderiam denunciar a violência e ter um espaço para ficar até poder reconstruir suas vidas”, destaca.

Em Juazeiro do Norte, o conselho da mulher considera a violência mais grave no âmbito da família. “Essa violência não é apenas física. É psicológica, moral, atinge a mulher naquilo que ela tem de mais importante que é o sossego de seu lar”, aponta. Francisca Gregório diz que é difícil combater esse tipo de agressão pelo medo da denúncia. Na avaliação de Francisca, a violência “é resultado da falta de ajuste familiar, desequilíbrio e falta de políticas públicas de proteção às mulheres”.

Segundo Francisca Gregório, a impunidade colabora com a violência. “Quando o agressor é punido fica com medo de repetir a agressão. Mas quando nada acontece, na maioria das vezes a violência retorna e com muito mais força”.

Por quê

ENTENDA A NOTÍCIA

A violência contra a mulher se dissemina quando a impunidade impera. Há casos em que autores dos crimes continuam desconhecidos passada uma década. Delegacias especializadas fecham nos fins de semana.

SERVIÇO

Delegacia de Defesa da Mulher (Juazeiro do Norte)
Endereço: rua Joaquim Mansinho, s/n – Santa Tereza
Fone: (88) 3102 1102 e (88) 3511 5767

Delegacia de Defesa da Mulher (Crato)
Endereço: Rua André Cartaxo, 478 – São Miguel
Fone: (88) 3102 1285 e (88) 3102 1286

Saiba mais

Homicídios contra mulheres em 2012

Maria José Rodrigues, de 65 anos, assassinada no último dia 12, foi encontrada embaixo da cama da sua casa, no Bairro Independência, em Crato. Investigações da Polícia apontam que ela teria sido assassinada dois meses antes pelo próprio filho, ex-presidiário e que já responde por crimes de lesão corporal, invasão a domicilio, danos ao patrimônio público e estupro.

Um dia depois, Natália Coelho de Luna, de 24 anos, morreu no Hospital São Vicente, em Barbalha. Ela foi esfaqueada na garganta por uma adolescente de 17 anos, amante do seu pai, numa discussão em um posto de combustíveis na avenida Leão Sampaio.


JOrnal O Povo
edição de hoje

Jovem de 22 anos morte em Iguatu

Um jovem identificado como Jonh Lenon Faustino Rodrigues, de 22 anos, foi morto a tiros, na noite do último sábado, 28, no município de Iguatu. O crime foi praticado por um homem encapuzado, não identificado pela Polícia.

Segundo informações do sub-tenente Antônio Marcos, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), a vítima foi abordada pelo acusado por volta das 22h50 na Travessa Amália Brasil II, no bairro Vila Neuma.

Imediatamente após a abordagem, Jonh Lenon foi atingido por dois disparos, no tórax e nas costas, e morreu após ser socorrido por populares e encaminhado ao Hospital Regional de Iguatu.

Ainda de acordo com o sub-tenente do CPI, o autor dos disparos fugiu após o crime, em direção ao rio Jaguaribe. A Polícia faz diligências para tentar identificar o acusado. Até agora, não há informações sobre o que teria motivado a ação.



Redação O POVO

Época aponta que STF vai investigar Raimundo Macedo

A coluna Tarda e falha, do jornalista Felipe Patury da revista Época traz uma nova informação sobre o deputado federal Raimundo Macedo (PMDB).

Patury diz em sua coluna que está tramitando no STF o processo que investiga a participação de Raimundão em fraudes contra o Banco do Estado do Ceará – BEC, já privatizado.

Esse assunto foi tema de muitos debate na época da CPI do BEC e ficou escondido por todos esses anos. Agora, o STF começa a investigar.

Veja a nota na integra:
Há na Câmara um deputado que atende por Raimundão. Eleito pelo PMDB cearense, ele é acusado de organizar uma fraude ao Banco do Estado do Ceará em 1996. Raimundão teria feito lobby para que a instituição liberasse financiamentos federais para pessoas que desviaram o dinheiro da finalidade e nunca pagaram suas dívidas. Só 16 anos depois que o crime foi cometido, o processo começou a tramitar no Supremo Tribunal Federal.

Felipe Patury

Roteiro da Fé: projeto será assinado hoje em Juazeiro

Com a participação do secretário das Cidades, Camilo Santana, e o prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana, a solenidade para a assinatura do projeto "Roteiro da Fé" será na Praça do Romeiro. O financiamento para execução dos trabalhos será do Banco Mundial com o Governo do Estado.

Pouco mas de R$ 2 milhões serão investidos na primeira fase do projeto Roteiro da Fé, que inicialmente dará melhor infraestrutura nas áreas da Basílica e Capela do Socorro, com melhorias nas áreas dos Salesianos, Franciscanos e São Miguel.

A segunda etapa, que finalizará com o total de investimentos no projeto de R$ 6 milhões, interligará pontos de destaque, a Colina do Horto à Basílica de Nossa Senhora das Dores.

II WebFor acontece em abril

O II WebFor, promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé - Núcleo Ceará, Blog da Dilma, Instituto Montese, IMPARH e ITIC, visa reunir público usuário de blogs, orkut, myspace, sonico, facebook, ning, badoo, twitter, google+, e interessados no debate sobre a democratização da comunicação, liberdade de imprensa e expressão na internet, banda larga, mídias alternativas e convencionais, sistema e mídias digitais, inclusão sociodigital e software livre e outros temas. Maiores informações: Centro de Estudo da Mídia Alternativa Barão de Itararé – Núcleo Ceará - Daniel Bezerra – coordenador geral – 99640672(TIM)

PROGRAMAÇÃO DO II WEBFOR – FÓRUM DE COMUNICAÇÃO DIGITAL
Dias 13, 14 e 15 de abril de 2012 - Fortaleza/CE. Organização: Barão de Itararé – Núcleo Ceará, Blog da Dilma, Instituto Montese, ITIC, IMPARH e Agentes Revitalizadores.
DIA 13/ABRIL/2012 – SEXTA-FEIRA
17:00 hs – Início do credenciamento
19:00 hs - Abertura – saudação dos organizadores do II WebFor.
19:15 hs – Apresentação musical - Tião Simpatia (confirmado)
19:30 hs – Palestra: Análise da mídia nos Governo Lula e Dilma – José Dirceu – ex-ministro da Casa Civil do Governo Lula – 2003/2005(a confirmar)
20:30 hs – debate do público com o palestrante.
21:00 hs – Cerimônia de entrega do Troféu WebFor 2012(veja no final da programação).
21:15 hs – Coquetel e apresentação da Orquestra Filarmônica Maestro Glaydson Carvalho(a confirmar).
DIA 14/ABRIL/2014 – SÁBADO - MANHÃ
09:00 hs – Apresentação de humor – Raimundinha(a confirmar)
09:20 hs: 1ª mesa – Tema: INTERNET, OS DESAFIOS DA INCLUSÃO SOCIODIGITAL E SOFTWARE LIVRE NO BRASIL, E AS MÍDIAS SOCIAIS.
Sérgio Amadeu (SP) – é doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e, atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal do ABC - Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI) - A defesa de uma Internet livre e combativa e a banda larga.
Ivan Oliveira (CE)– Coordenador do ITIC – Os desafios da inclusão sociodigital e software livre no Brasil.
Frederico Guimarães(MG) – Belo Horizonte/MG( um dos fundadores do SLE e seu atual coordenador) - Software Livre na educação
Christiano Therrien(CE) - coordenador de TI da Prefeitura de Fortaleza
Preto Zezé(CE) – presidente da CUFAS BRASIL – Favela e desenvolvimento em Redes Sociais.
Moderador: Manuel Neto – Coordenador do Instituto de Tecnologia, Inovação e Cultura Digital Livre.
11:00 hs - debate do público com os palestrantes.
12:00 hs – Intervalo – Almoço.
TARDE:
14:00 hs– Apresentação de Humor – Quitéria Estupefalda(a confirmar)
2ª mesa – Tema: Movimentos Sindicais na defesa da liberdade de expressão e da construção da educação nas Redes Sociais e ações do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação.
Rosane Bertotti (SP), secretária nacional de Comunicação da CUT
Kelsen Bravos(CE) – Professor, editor, escritor, literatura e cultura digital -
Júlio César Araujo(CE) - Pesquisador de Linguagem e Tecnologia. Professor do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará: O poder da rede: a (des)construção colaborativa da imagem de marcas e empresas no Twitter
Moderadores: Geraldo Sales(Juazeiro do Norte)
- Debate entre palestrantes e o público.
16:00 hs – 3ª mesa – DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA BRASILEIRA E LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
Jonas Valente(DF) – integrante do Intervozes e mestre em Políticas de Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB) - O direito à comunicação na América Latina e no Brasil.
Messias Pontes(PCdoB/CE) – O papel da mídia contra os interesses da nação.
Dep. André Vargas(PT/PR) – O PT e o Marco Regulatório das Comunicações.
Dep. Artur Bruno(PT/CE) – O trabalho da Frente Parlamentar pelo do Marco Regulatório das Comunicações.
Sen. Inácio Arruda(PCdoB): O Senado e a luta pela Democratização das Comunicações.
Moderador: Deodato Ramalho – Secretário da SEMAM, tuiteiro e blogueiro.
18:00 hs – Show musical regional – poetas populares(a confirmar).
DIA15/ABRIL/2012 – DOMINGO - MANHÃ
09:00 hs – Apresentação do humorista Falcão(a confirmar)
09:20 hs - DESCONFERÊNCIA
Oficina 1 - Frederico Guimarães(MG) – Software Livre na educação
Oficina 2 – Uirá Porã(CE) – A política de Cultura Digital
Oficina 3 - Emerson Damasceno(CE) – O Fenômeno nas Redes Sociais na greve da PM.
Oficina 4 – Maria Frô(SP) e Lola Aronovich(CE) – Estupro no BBB e marco regulatório; MP557 e o discurso das feministas
Oficina 5 – Alberto Perdigão(CE) e Alex Santana(CE) – Conexões globais e poder local: jornalismo, participação e democracia nos blogs do interior.
Oficina 6 – Altamiro Borges(SP) – Democratização da mídia e o AI-5 Digital
Oficina 7 – Paulo Rossano Nogueira(CE) – A desconstrução da desinformação na web.
10:20 - 4ª Mesa – Tema: A EXPLOSÃO DA BLOGOSFERA, O CASO DO LIVRO PRIVATARIA TUCANA E O SILÊNCIO DA VELHA MÍDIA.
Altamiro Borges(SP) – Presidente do Centro de Mídia Alternativo Barão de Itararé – "Queremos falar: a luta pela liberdade de expressão e contra o monopólio midiático".
Conceição Oliveira(Maria Frô-SP) – historiadora e editora do Blog Maria Frô. – Tema: Blogosfera – cobertura colaborativa na web.
Marcelo D'Elia Branco(Porto Alegre/RS) - membro do Conselho científico do programa internacional de estudos superiores em software livre na Universidade Aberta de Catalunha
Lila Dourado(CE) -Historiadora, Pesquisadora e Consultora de Moda – A importância do cidadão nas mídias sociais.
Moderadores: Hebert Santos Lima(CE) - Presidente da Fundação Cultura, Esporte e Turismo de Fortaleza-FUNCET e Íris Tavares(CE) – presidente do IMPARH.
12:00 hs – ENCERRAMENTO: Show musical: chorinho com Tarcísio Sardinha e mulheres chorosas(a confirmar) e entrega de Certificados de participação e Coquetel.

Homenageados com o Troféu WEBFOR:
- Acrísio Sena - Vereador Presidente da Câmara Municipal e tuiteiro.
- Alex Santana - Radialista e editor do site IGUATU NET - Iguatu;
- Associação de Blogueiros do Vale do Curu - Pentecoste.
- Christiano Therrien - Coordenador de TI
- Deodato Ramalho - Secretário da SEMAM, blogueiro e tuiteiro
- Geraldo Sales - Sindicalista e blogueiro - Juazeiro do Norte.
- Íris Tavares – Presidente do IMPARH, e tuiteira.
- Luíza Perdigão - Secretária do Centro de Fortaleza.
- Preto Zezé - Presidente Nacional das CUFAS, e tuiteiro.
- Roberto Claudio - Deputado Estadual e Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará;
- Wládia Fernandes Veçosa - Movimento GLBT, blogueira.

Habitação: 70% dos contratos não saem do papel

Por trás do recorde de contratações feitas por programas oficiais de habitação popular nos últimos anos há também um expressivo número de obras paralisadas, atrasadas ou que simplesmente não foram iniciadas. De cada dez contratos firmados na área da habitação pela Secretaria Nacional de Habitação (SNH) do Ministério das Cidades, envolvendo o repasse de recursos da União para Estados e municípios, pelo menos sete não saíram do papel. É o que aponta auditoria feita pela Controladoria Geral da União (CGU) nos contratos assinados entre 2004 e abril de 2011.

Segundo o levantamento da CGU, até abril do ano passado existiam 4.243 contratos na carteira da SNH, o que corresponde a R$ 12,5 bilhões em investimentos. Deste total, 74% estão apenas na promessa, sendo que uma parcela considerável se refere a contratos antigos. "Esse fato implica na inexecução das ações do governo e nas sucessivas prorrogações de restos a pagar", destaca o relatório.

Os contratos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas tratam especificamente de casas ou melhorias em conjuntos habitacionais ou favelas. Uma técnica do Ministério das Cidades faz questão de destacar que não está incluída nesta lista da CGU os contratos firmados no Programa Minha Casa, Minha Vida.

A CGU informa ainda, em sua auditoria, que os indicadores de gestão dos programas e ações da Secretaria não espelham os seus resultados reais. "A SNH continua a considerar que o simples empenho orçamentário já configura uma unidade efetiva executada, ´família beneficiada´, por exemplo. Essa conduta não permite a avaliação adequada dos resultados realmente obtidos", ressalta o documento.
Fonte: DN

Verdão vence Guarani no Romeirão




O Icasa conquistou ontem a sua primeira vitória no Campeonato Cearense diante do seu arquirrival, Guarani de Juazeiro, no estádio Romeirão. Em uma partida que contou com duas expulsões e invasão de campo no final do duelo, o Verdão do Cariri só marcou o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o time icasiano saltou para a sexta colocação, com quatro pontos. Já o Leão do Mercado, que acumula a sua segunda derrota seguida, possui a mesma quantidade de pontos do rival e encontra-se na oitava posição.

O duelo começou com o gol de André Turatto que, logo aos dois minutos, abriu o placar com um gol de cabeça após cobrança de escanteios. Depois do susto inicial, o Guarani não se deixou abalar e partiu para cima da defesa adversária na ânsia do empate. Porém, mesmo com maior domínio de bola, o time rubro-negro pecava nas finalizações, perdendo chances claras de gol e irritando seus torcedores. Mesmo com o domínio bugrino, foi o Verdão que acabou marcando novamente, aos 36 minutos. Após o vacilo da defesa, Bismarck completou para o gol.

Enquanto o alviverde caririense comemorava o segundo tento, a equipe do Guarani bateu rapidamente o centro e Moré acabou marcando o primeiro para o rubro-negro.

Nervosismo

Com o placar em 2 a 1, o Guarani tentou aproveitar-se do susto icasiano e manteve a pressão contra a defesa adversária. Após cobrança de falta do rubro-negro, Anderson Lobão, que já tinha cartão amarelo, correu de encontro a bola durante a cobrança de falta, levou o segundo amarelo e acabou sendo expulso.

Com um a menos, o Icasa retornou a campo mais retrancado. Enquanto que o Guarani, aproveitando-se da vantagem, manteve-se com maior domínio de bola. Aos 14 minutos, o Leão do Mercado teve um gol anulado. Com o susto, o Icasa deixou-se abater novamente e, aos 28 minutos, Juranilson aproveitou-se de uma confusão na área e empatou para o Guarani.

Com o empate, os ânimos dos jogadores acabaram se exaltando. Os ex-colegas de time Marcus Vinícius e André Turatto acabaram se estranhando algumas vezes e, em uma delas, Vinícius acabou sendo expulso. Com 10 para cada lado e o tempo extra dado pela arbitragem, o Icasa acabou marcando, aos 48, com Carlos André, que recebeu um belíssimo cruzamento e ampliou para o Verdão. Na comemoração, o atleta tirou a camisa e foi expulso. Diante da vitória, a torcida acabou invadindo o campo.

Fonte: DN

Romaria das Candeias

Teve início ontem, em Juazeiro do Norte, a Romaria das Candeias.Uma das mais tradicionais festas religiosas de Juazeiro, a romaria acolhe algo em torno de 400 mil romeiros todos os anos.A romaria fecha o ciclo de romarias da terra de Padre Cícero que começa em setembro. Mas, é a primeira romaria do ano.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Implementação do IPTU progressivo em Juazeiro do Norte

A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico – SEPLAD - de Juazeiro do Norte está promovendo o levantamento dos imóveis do município que estão em situação de abandono pelos seus proprietários ou sendo utilizados em desacordo com a função social da propriedade. Vale salientar que está enquadrado nesta definição o solo urbano não edificado, não utilizado ou subutilizado.

Os levantamentos preliminares estão sendo feitos na área urbana dos bairros Centro, Pirajá e Salesianos. Posteriormente, os proprietários destes imóveis serão convidados a comparecerem à prefeitura para uma discussão sobre a melhor maneira de promover a reutilização de prédios residenciais industriais ou comerciais, melhorando a imagem urbanística da cidade e fazendo com que saiam da situação de abandono ou deterioração em que se encontram.

Foto: Amorim/Site VejaJuazeiro
fonte: Veja Juazeiro

Orelhões são depredados no Ceará

Um instrumento que já foi considerado, em épocas não muito remotas, como de fundamental importância para encurtar distâncias e facilitar a comunicação entre pessoas, principalmente, as das classes menos favorecidas, está sendo descartado. Mediante a popularização da telefonia móvel, o telefone público, o famoso orelhão, está perdendo espaço para o celular. Além disso, enfrenta a falta de manutenção técnica e de conservação.

"Eles são constantemente depredados. Os vândalos não dão trégua. Quando não danificam, carregam o que podem. Outro fator que nos afasta de sermos usuários do telefone público é o fato de que, sempre quando algum é procurado, geralmente, apresenta-se sem sinal ou em pane", denuncia o comerciário Jordan Nogueira Pereira, que faz questão de mostrar sua preferência pelo aparelho.

"Algumas vezes, recorremos ao telefone público. Em uma situação de emergência, ele ainda nos serve de referência de comprovação de endereço. Ele também ajuda as pessoas a se conhecerem na comunidade", afirma Jordan Pereira.

Em junho do ano passado, levantamento da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon Fortaleza) na Capital constatou um grande número de aparelhos sem funcionar. A Oi, empresa responsável pela telefonia fixa em Fortaleza, informou que a manutenção dos aparelhos é realizada de forma contínua, mas os orelhões instalados em vias e estabelecimentos públicos sofrem diariamente danos por vandalismo.

Reparos

Os usuários podem enviar as solicitações de reparo do telefone público por meio do número 103 31. De acordo com dados da empresa, até outubro de 2011, cerca de 9% dos orelhões foram danificados por vandalismo no Estado, o que representa, aproximadamente, 4 mil dos quase 45 mil instalados nos 184 municípios cearenses. Só neste período, ainda conforme a Oi, foram recuperados 2,5 mil aparelhos.

A empresa acrescentou também que, além de quebrados, os telefones públicos são pichados ou roubados. A empresa reforça que cumpre o prazo da determinação da Anatel com relação ao atendimento de telefone quebrado, em que o usuário reclamante é atendido em até oito horas.

A empresa concessionária da telefonia fixa Oi no Ceará, responsável pelos Terminais de Uso Público (TUPs/orelhões) informou que segue determinações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) referente ao Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU)-, do Decreto Presidencial nº 7512, de 30 de junho de 2011, que orienta sobre instalação e remanejamento dos TUPs.

Ela acrescenta que eventuais remanejamentos que promove em alguns desses telefones servem para otimizar o atendimento em determinadas áreas. A empresa garante que investe em estudos de sua planta telefônica e, verificada a ociosidade de alguns orelhões, eles podem ser transferidos para áreas de maior demanda.

Comparação

O Brasil conta com mais de um milhão de telefones públicos, distribuídos por mais de 5,5 mil municípios. No Ceará, existem, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de dezembro de 2011, 44.714 orelhões, o que dá uma média de 7,61 telefones a cada100 habitantes.

Se esses números da telefonia fixa com utilização dos orelhões não podem ser considerados tão expressivos, sobre a telefonia móvel (celulares) não se pode dizer o mesmo. O País fechou o ano passado com mais de 242,2 milhões de linhas de celulares, segundo informações da Anatel. Assim, o Brasil chegou à média de 123,87 acessos móveis para cada 100 habitantes.

O Ceará também ultrapassou o índice de um acesso em serviço por habitante e se juntou a outros 16 unidades da federação que já haviam alcançado essa marca. O Estado contabiliza 9.340.320 linhas de celular, sendo 8.289.102 pré-pagas e 1.051.218 pós-pagas, o que dá uma média de 106,56 acessos móveis para cada 100 habitantes, segundo a Anatel.

Fonte: Diário do Nordeste

Mega-Sena paga R$ 21,5 milhões neste sábado

Após acumular nos últimos três concursos, a Mega-Sena vai pagar o prêmio de R$ 21,5 milhões a quem acertar as seis dezenas no sorteio deste sábado (28), válido pelo concurso 1.358 da loteria. O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília) em Santos, no litoral de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h em qualquer casa lotérica do país e custam a partir de R$ 2.

Caso um único apostador acerte sozinho os números do sorteio e ganhe o prêmio, ele poderá comprar 860 automóveis populares.

Outra possibilidade seria adquirir 11 carros do novo modelo da Ferrari, o 458 Spyder, que chegará ao Brasil neste ano pelo preço médio de R$ 1,8 milhão a unidade.

Se a opção for investir o dinheiro na poupança, o rendimento estimado é de R$ 135 mil por mês.

Na última quarta (25), ninguém acertou as dezenas sorteadas no concurso 1.357: 01 - 19 - 24 - 26 - 52 - 55.

Embora ninguém tenha ganhado na faixa principal, 116 apostadores acertaram a quina e levaram, cada um, mais de R$ 17 mil. Outros 6.940 fizeram a quadra. Neste caso, o prêmio individual foi de R$ 419.

fonte: R7.com.br

5 informações que muita gente não conhece

Cinco informações úteis não divulgadas! Principalmente a QUARTA

1. Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperAr um tempão na fila.
O cartório eletrônico, já está no ar!

Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.
Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.

Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.

2. DIVULGUE. É IMPORTANTE: AUXÍLIO À LISTA
Telefone 102... não!
Agora é: 08002800102
Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes......
NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.
SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO.

Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.


3. Importante: Documentos roubados - BO (boletim de occorrência) dá gratuidade - Lei 3.051/98 - VOCÊ SABIA???

Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..

Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP..

4) MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia

No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Trânsito Brasileiro
Art. 267 - Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa.

5) ARTISTA FAMOSOS FICAM EM FORMA COM EXERCICIO E DIETA?

Tudo mentira, os famosos tem uma receita secreta que deixa o corpo em forma sem esforço,
porisso conseguem perder peso muito rapido.
Tem uma coluna da Globo que mostra como funciona - http://www.saudeglobobr.com/

Brasileiro gasta em média R$ 27 para almoçar fora

Almoçar fora de casa custa, em média, R$ 27,46 no Brasil, segundo pesquisa da administradora de cartões-benefício e cartões pré-pago Alelo, em parceria com o Datafolha. O valor representa um aumento de 2,54% em relação ao levantamento apresentado no ano passado, que apontava gasto médio de R$ 26,78.

A pesquisa avaliou também o custo individual de prato principal, sobremesa, bebida e café expresso. Da média de R$ 27,46, somente o prato representa aproximadamente 60% do valor da refeição completa, com valor médio de R$ 16,35. A sobremesa, por sua vez, representa R$ 5,38, enquanto a bebida participa com R$ 3,15 e o café com R$ 2,58.

A pesquisa analisa o custo da refeição no período do almoço, de segunda a sexta-feira. O cálculo foi feito a partir de entrevistas com 4.312 estabelecimentos de cidades brasileiras credenciados à rede Visa Vale. O levantamento foi realizado entre 13 de setembro e 19 de outubro de 2011.

fonte: G1.com.br

“Privataria Tucana” cria caos dentro do PSBD

Em seu blog, o jornalista Luís Nassif informa que na segunda-feira, 23/1, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso concedeu uma entrevista ao blog do The Economist. Na terça-feira, 25/1, a entrevista foi reproduzida pelos principais jornais.

Nela, FHC rompe com limitações emocionais, reconcilia-se com sua biografia e ajuda a salvar o que resta do PSDB – rompe politicamente com José Serra, através de um diagnóstico duro: O PSDB perdeu as eleições de 2010 devido a erros primários na campanha. Esses erros foram de responsabilidade exclusiva de José Serra, por seu individualismo, arrogância e pelos conflitos que criou dentro do próprio partido. Aécio Neves é o candidato natural do PSDB nas próximas eleições. Serra não tem possibilidade de vitória.

Vários fatos contribuíram para que FHC revisse definitivamente seu julgamento sobre Serra.
A gota d’água, segundo Nassif, foi o livro de Amaury Ribeiro Jr., “A Privataria Tucana” – um nome inadequado para um livro que revela sinais de corrupção especificamente em Serra, não no partido. A primeira reação de FHC foi vir a público deblaterar contra o livro. Depois, leu o livro. Informações que circularam semanas atrás davam conta de que ficou escandalizado com o que leu.

Na entrevista, FHC unge Aécio Neves como candidato natural do partido e tece elogios ao governador de Pernambuco Eduardo Campos. A grande agonia de Serra foi acompanhar a repercussão nos jornais. Há alguns anos, FHC tornou-se o referencial máximo para os grandes grupos de mídia do eixo Rio-São Paulo. Serra tem boa ascendência, contato com alguns jornalistas influentes, mas o que o segurava era o aval de FHC.

O livro “A Privataria Tucana” demoliu as últimas defesas de Serra. Pelos documentos apresentados, reconstitui-se sua trajetória nas privatizações. Para fora do governo, fazia um discurso aparentemente crítico à privatização desvariada. Para dentro, era o encarregado da privatização e seu defensor mais acerbo. Tempos atrás, o próprio FHC afirmou que Serra foi o mais radical defensor da privatização da Vale.

Aldo diz que Brasil 'não vai abrir mão' da legislação atual por Lei da Copa

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou, durante entrevista ao "Bom Dia DF" desta sexta-feira (27), que o governo não vai "abrir mão" da legislação brasileira pela Lei Geral da Copa.

No fim do ano passado, a Comissão Especial da Lei Geral da Copa adiou a votação do tema para este ano por falta de acordo. Uma das versões apresentadas pelo relator não previa a meia-entrada, direito garantido pelo Estatuto do Idoso. O texto, no entanto, estipulava um grupo de ingressos mais baratos, que beneficiariam idosos, estudantes, indígenas e beneficiários do Bolsa Família.

“Nós não vamos abrir mão da nossa legislação. O Congresso tem maturidade. O relator da matéria está disposto a respeitar a lei brasileira. Mas também temos que respeitar o trato que foi feito com a Fifa para a realização da Copa", afirmou o ministro.

A Lei Geral da Copa, que precisa ser aprovada em comissão especial da Câmara, no plenário da Casa e depois no Senado, contém uma série de medidas que regulamentam a realização do Mundial, como preços dos ingressos e garantias aos patrocinadores. Uma das principais polêmicas que envolve a Lei Geral da Copa é a possibilidade de meia-entrada para idosos, prevista no Estatuto do Idoso. A meia-entrada para estudantes, que consta no Estatuto da Juventude, foi aprovada na Câmara e ainda será analisada no Senado. Se passar no Senado, passa a valer em todo território nacional.

fonte: G1.com.br

Buscas a vítimas de desabamento no Rio continuam neste sábado

As buscas por vítimas do desabamento dos três prédios da Avenida Treze de Maio, no Centro do Rio, continuam na manhã deste sábado (28), informou a Defesa Civil do estado. Os corpos encontrados já somam 17. Já foram sepultadas na sexta-feira (27) três vítimas. Segundo a prefeitura, pelo menos nove pessoas seguem desaparecidas.

Interdições

O Centro de Operações da Prefeitura alertou que, para permitir o trabalho das equipes da prefeitura e dos bombeiros no local, permanece interditada neste sábado a Avenida Treze de Maio e a Avenida Almirante Barroso entre a Rio Branco e a Rua Senador Dantas. A Treze de Maio está interditada inclusive para pedestres, informa o Centro de Operações. A Senador Dantas está funcionando com mão invertida entre a Almirante Barroso e a Rua Evaristo da Veiga.

Agentes de trânsito trabalham nos bloqueios para informar pedestres e motoristas sobre as interdições. Por conta do trabalho das equipes de resgate, continua proibido o acesso aos prédios da Avenida Treze de Maio.

fonte: G1.com.br

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Parceria com USP promove lançamento de livros de escritor paulista na URCA

A Universidade Regional do Cariri (URCA) e Universidade de São Paulo (USP) lançaram, na noite de ontem, terça-feira, no Salão de Atos da Universidade, os livros 'Rimbaud ETC., e Ver História, com o Professor Doutor da USP, Marcos Silva. Os lançamentos, acompanhado de um coquetel, tiveram a participação de alunos e professores do Departamento de História da URCA. A abertura do evento foi feita pela Reitora da URCA, Otonite Cortez.

Marcos Silva destacou as diversas abordagens no campo da história e realizou um debate com os alunos e docentes, respondendo perguntas relacionadas a aplicação da história no cinema, na literatura e a atual realidade no campo social e acadêmico. Em seguida, autografou seus livros para o público.

Saudosismo no 84º Oscar do cinema


O saudosismo frente ao cinema dá a tônica do 84º Oscar. Se de um lado O artista, de Michel Hazanavicius, resgata o básico do cinema – apresentando um longa mudo e em preto e branco em pleno século XXI –, Martin Scorsese é quem lidera a corrida das indicações em 11 categorias com A invenção de Hugo Cabret, que se passa em 1930 e lança luz à história de uma criança que vive entre as paredes da estação de trens de Paris.

Os indicados ao principal prêmio da indústria cinematográfica foram anunciados ontem pela manhã e inclui também entre os favoritos o longa Os descendentes, de Alexander Payne, indicado em seis categorias.

Hugo e O artista concorrem entre si em sete categorias: melhor filme, direção, fotografia, direção de arte, figurino, montagem e trilha sonora original. O longa de Scorsese, porém, toma a dianteira com candidaturas técnicas de edição e montagem de som, além de efeitos visuais e roteiro adaptado. Completa a lista de O artista as candidatura a roteiro adaptado e pelas atuações de Jean Dujardin a melhor ator e Berenice Bejo a melhor atriz coadjuvante.

Além de O artista, A invenção de Hugo Cabret e Os descendentes, outros seis longas foram indicados a melhor filme – um candidato ao menos que o limite máximo. Cavalo de guerra, de Steven Spielberg, Meia-noite em Paris, de Woody Allen, Histórias cruzadas, de Tate Taylor e O homem que mudou o jogo, de Banett Miller além dos esnobados do Globo de Ouro Árvore da vida, de Terrence Malick e Tão alto e tão forte, de Stephen Daldry.

Vencedor do Globo de Ouro de Melhor ator – Drama, George Clooney volta a concorrer por sua atuação em Os descendentes com o amigo Brad Pitt, por O homem que mudou o jogo. Outro concorrente de peso é o francês Jean Dujardin, de O artista, com quem Clooney não concorreu no outro prêmio, já que este divide a premiação por gêneros. Os outros candidatos foram surpresas. Gary Oldman foi lembrado pela atuação no cerebral O espião que sabia demais e o mexicano Demián Bichir foi reverenciado por sua atuação em A better life.

Entre as atrizes, apenas Tilda Swinton, de Precisamos falar sobre o Kevin não converteu sua indicação a melhor atriz – Drama em indicação ao Oscar, sendo substituída pela vencedora entre musicais e comédias Michelle Williamas (por My week with Marylin). As outras indicadas são Meryl Streep, vencedora do Globo de Ouro por A dama de ferro, Glenn Close, por Albert Nobbs, Viola Davis, por Histórias Cruzadas e Rooney Mara, por Os homens que não amavam as mulheres.

Fã de carteirinha do Oscar – daqueles que não perdem a premiação por nada no mundo, o ator e jornalista Pedro Guimarães se surpreendeu tanto positiva, quanto negativamente. “Entre as boas, estão Gary Oldman e o grande Max von Sydow lembrado por Tão Longe, Tão Perto entre os coadjuvantes. Surpresa ruim mesmo, acho que apenas a ausência de As Aventuras de Tintim entre as animações e a Rooney Mara “roubar” o lugar que eu esperava ser da Tilda Swinton entre as atrizes”, aponta. Já o publicitário Darwin Marinho aponta para uma cerimônia fraca e sem grandes surpresas. “Eu adoraria ver a Tilda Swinton e Melancolia entre os indicados, mas vou ter que me contentar com o Woody Allen, Meryl Streep e só imaginar como seria o discurso do Lars Von Trier caso ele ganhasse melhor diretor (mas todo mundo sabe que seria impossível)”, diz.

A não indicação de As aventuras de Tintim, de Spielberg, é outra surpresa, mas que talvez tenha uma explicação que vá além da qualidade técnica. A Academia vem mostrando uma tendência a não considerar longas filmados na técnica de motion capture (em que atores reais tem seus movimentos captados e transformados em desenho) como animações, o que desclassificaria automaticamente Tintim. Destaca-se também Harry Potter e as relíquias da morte parte 2, último capítulo da saga do bruxinho e que foi lembrado em três categorias (direção de arte, maquiagem e efeitos visuais).


fonte: jornal O Povo

Juazeiro realiza mutirão para identificar catarata




Seguindo uma orientação do Prefeito Manoel Santana a Central de Marcação e Exames e o Departamento de Atenção Básica da SESAU – Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte – realizam parceria para identificar casos de catarata em Juazeiro. Um calendário foi elaborado e na segunda-feira, 23, os profissionais do Instituto de Catarata e Miopia do Cariri estiveram atendendo na UPA – Unidade de Pronto Atendimento – Frei Jeremias no Bairro Franciscanos.

Os oftalmologistas Levy Lucena e Antonio Petrônio Sampaio identificam os pacientes que necessitam da intervenção cirúrgica que são então encaminhados pela Central de Regulação para o procedimento.

José Olímpio da Silva, 73 anos, residente na Rua Epitácio Pessoa, 35, disse que nem estava esperando a consulta. “Esse mutirão é muito positivo. Eu mesmo nem estava esperando e não tinha condições de arcar com uma cirurgia dessas. Então eu estou agradecido pela oportunidade desta consulta e pela cirurgia que eu consegui também”, declarou.

Quem também está grata é Luzia Maria Xavier, 79 anos. “Eu quero é agradecer por esse mutirão para poder fazer cirurgias em quem está com problema de catarata ‘né’? Eu nem sei o dizer como isso é importante. A prefeitura agora sim tá olhando para os mais pobres que não tem condições de fazer essas consultas e essas cirurgias. Aqui todo mundo tá reconhecido mesmo”, explicou.

O calendário a ser obedecido com o mutirão da catarata será o seguinte em termos de consultas: 30 de janeiro, segunda-feira, no CAIC do Bairro Frei Damião, a partir de 15h00 para usuários do SUS das equipes de saúde da família 05, 16, 43 e 47; 06 de fevereiro, segunda-feira, a partir de 15h00, no centro de saúde do Bairro Triângulo, na Rua José Domingos, 100 para as pessoas assistas pelas equipes 11 e 35 e finalmente dia 13 de fevereiro, segunda-feira, na Av. Leão Sampaio, Bairro Triângulo, na Faculdade Leão Sampaio, a partir de 15h00 ara as pessoas assistidas pelas equipes 20 e 44.

Paralelo a este mutirão de catarata a coordenadora da Central de Marcação de Exames, enfermeira Gabriela Alencar, informa que foi iniciada uma nova etapa de cirurgias. Dia 18 foi a primeira etapa continuando nesta quarta-feira, 25 e no dia primeiro de fevereiro no Instituto de Catarata e Miopia no Medical Center. Já nos dias 3 e 4 de fevereiro as cirurgias serão realizadas no IOC – Instituto de Olhos do Cariri -. Ao todo serão 95 cirurgias e um investimento de mais de R$ 61 mil.

Cid diz que não quer candidatura do PSB na capital




Se depender do governador Cid Gomes, o PSB não terá candidato próprio a prefeito de Fortaleza e manterá a aliança com o PT. “Pelo meu gosto, a gente faz uma aliança com os partidos e faremos uma candidatura só”, disse, em entrevista exclusiva ao programa Studio News, na TV O POVO, na noite de ontem. Segundo ele, a chance de o PSB ter candidato próprio é nenhuma, em hipótese alguma, no que depender dele. No entanto, ele deixou claro que exigirá alguns critérios para a definição do candidato que desejar seu apoio.

“Para isso é fundamental que o nome, na ordem cronológica, primeiro consiga fazer aliança partidária, a mais ampla possível”. O que significa, de acordo com o governador, que seja candidato do agrado dos partidos que integram a coalizão. “Mas, fundamentalmente, que, no momento da campanha, seja nome que inspire na população confiança”, acrescentou o segundo critério.

Cid disse ainda não ter sido comunicado oficialmente de nada em relação aos recentes encaminhamentos do PT e, por isso, não quis comentar se algum dos cinco nomes que estão na nova lista petista se encaixaria nesses critérios. Na noite de segunda-feira, a direção estadual e a municipal do PT enxugaram a lista original de 13 pré-candidatos para cinco: Acrísio Sena, Artur Bruno, Camilo Santana, Elmano de Freitas e Guilherme Sampaio. Há chances de José Pimentel também ser incluído.

Sobre o silêncio durante a greve dos policiais militares, que paralisou Fortaleza e outras cidades do Estado no último dia 3, Cid argumentou que não havia o que dizer naquele momento. “Eu só poderia ir para público e dizer que a população tem segurança se eu estivesse seguro, realmente, de que teria segurança para a população. E eu não estava seguro”.

O governador explicou que, no auge da crise, priorizou três frentes: manter canais de diálogo com os policiais militares, assegurar a segurança da população e trabalhar a comunicação. “Foi a nossa grande falha”, reconheceu, em relação ao último ponto.

Segundo Cid, a situação que a cidade viveu naquela terça-feira foi motivada por “muita invenção e muito terrorismo”. “Na segunda-feira, as coisas aconteceram dentro da tranqüilidade. Na terça-feira, houve mais que atos de violência. Se for olhar as estatísticas, não há grandes alterações. Aconteceu foi boataria”, resumiu.

fonte: jornal O Povo

Julian Assange na TV




O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, anunciou nesta terça-feira, 24, que apresentará um programa de TV de entrevistas com "personagens políticos chave, pensadores e revolucionários" de todo o mundo, que será exibido em meados de março.

O programa de "conversas em profundidade" terá 10 episódios de meia hora exibidos semanalmente e tratará do tema "o mundo amanhã", destacou o comunicado publicado na página do WikiLeaks.

O australiano de 40 anos, apresentado como "uma das figuras revolucionárias mais reconhecidas do mundo", "reunirá vozes controversas de todas as tendências políticas - iconoclastas, visionários e pessoas com acesso ao poder - para oferecer uma janela ao mundo do amanhã e suas ideias para garantir um futuro melhor", acrescentou o texto, sem citar os convidados.

"Como pioneiro na busca por um mundo mais justo e vítima da repressão política, (Assange) está excepcionalmente situado para catalisar uma discussão mundial sobre como fazer avanços", destacou o texto.

Este programa "de novo estilo" será difundido a uma audiência potencial de "600 milhões de telespectadores" por canais terrestres, a cabo e via satélite, segundo os acordos alcançados até agora por seus produtores.

Assange se encontra em liberdade condicional perto de Londres desde o final de 2010 à espera de uma decisão sobre sua extradição para a Suécia, que o procura como suspeito de quatro crimes de agressão sexual, inclusive um estupro, pelos quais não foi acusado.

O ex-hacker, que nega ter cometido os crimes, diz que o caso está motivado politicamente, após a difusão no WikiLeaks de dezenas de milhares de despachos confidenciais da diplomacia americana e documentos secretos sobre as guerras de Iraque e Afeganistão.

A Suprema Corte deve examinar o último recurso do australiano em audiência prevista para os dias 1 e 2 de março.

Justiça nega acesso às redações



O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), Paulo Roberto de Oliveira, suspendeu a liminar da Justiça Federal no Ceará que liberava o acesso às provas e aos espelhos de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011 para todos os candidatos do País.

De acordo com o magistrado, a decisão de suspender a liminar se dá por várias razões. Além da ação ajuizada pelo Ministério Público Federal no Ceará ter sofrido dois aditamentos, o Inep, órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pelo exame, já havia se comprometido a liberar o acesso às redações na edição deste ano.

fonte: DN

Reformas em praças revitalizam centro do Crato




A cidade do Crato passa hoje pela requalificação de suas praças centrais. A obra vem sendo desenvolvida pela Secretaria das Cidades do Ceará, através do Projeto Cidades do Ceará – Cariri Central. Com o programa, estão sendo beneficiados os municípios de Santana do Cariri, Nova Olinda, Farias Brito, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Jardim e Missão Velha. Os recursos são da ordem de R$ 130 milhões, financiados pelo Banco Mundial.

Em Crato as praças Juarez Távora, Soqueira Campos, da Sé e Alexandre Arraes estão incluídas no projeto de requalificação.

No último dia 22 de dezembro, o Governador Cid Gomes esteve no Cariri e inaugurou a primeira etapa do projeto, que consistiu na reforma das praças Siqueira Campos e Juarez Távora.

Na Rua Dr. João Pessoa, que interliga as duas praças foi realizada drenagem, pavimentação com blocos intertravados de concreto, iluminação, projeto elétrico, paisagismo, instalação de mobiliário urbano, sinalização, aumento das calçadas e cruzamentos elevados.

Nessa rua se utilizou uma técnica bem comum nos Estados Unidos e Europa, e que começa a ser feita no Brasil, chamada Traffic Calming que pode ser definida como um conjunto de técnicas para reduzir os efeitos negativos do trânsito ao mesmo tempo em que cria um ambiente seguro, calmo, agradável e atraente.

Com isso, a Rua Dr. João Pessoa ganhou um aspecto mais tranquilo, com uma via que tem como objetivo diminuir o impacto do trânsito no centro da cidade. No local, veículos considerados pesados, como caminhões e ônibus não podem passar. As calçadas são mais largas e a via de acesso de veículos menor.

Com o início do novo ano, as obras foram retomadas, pois tinham sido paradas por conta das comemorações de Natal e Ano Novo, a pedido dos comerciantes e lojistas do Crato.

Agora, será a vez da requalificação das praças da Sé e Alexandre Arraes. As obras tiveram início na primeira semana do ano. Todo o projeto está recebendo investimentos de R$ 5 milhões, sendo 70% do governo estadual e 30% financiados pelo Banco Mundial.

As praças passarão por reformas completas, com troca de pisos, instalação de rampas, pisos de alertas para deficientes visuais, iluminação, bancos, lixeiras, telefones públicos e paisagismo.

A Praça Siqueira Campos, por exemplo, teve restaurado o piso agora com cerâmica, já que o piso anterior era de Pedra Cariri. Além disso, na praça foi colocado um roteiro de sua história. A Siqueira Campos é uma das mais charmosas praças do Crato, sendo ponto de encontro de políticos, intelectuais e aposentados que fazem da praça o ambiente para as fofocas políticas da cidade.

Já a Praça da Sé é o cartão-postal do Crato, sendo considerada como espaço para todas as idades e classes sociais, localizada no coração da cidade. Fica em frente à Igreja Matriz, outra construção histórica e tradicional da terra de Bárbara de Alencar.





Traffic Calming

Técnica inovadora para a moderação do trânsito


O Traffic Calming representa uma técnica (ou um conjunto de técnicas) de moderação do trânsito. Essa técnica é bem desenvolvida na Europa, Estados Unidos e Austrália. Recentemente, no Rio de Janeiro e Minas Gerias passou a ser utilizada, mas de forma ainda bem incipiente.

O Traffic Calming teve suas primeiras experiências na década de 60, na cidade de Delft, na Holanda, quando técnicos observaram que não era preciso apenas remodelar as moradias mas atuar no meio ambiente para diminuir os impactos do trânsito.

No Crato, foi usada a mesma técnica, quando se pode observar que a via ficou mais estreita, as calçadas mais amplas, arborizadas e com vários equipamentos urbanos. Esse recurso humaniza os espaços e dar maior beleza ao ambiente em questão.


Projeto Cidades na Região do Cariri


Ações previstas

- Aterro consorciado do Cariri
- Recuperação e urbanização da encosta do Seminário no Crato
- Centro Multifuncional de Serviços em Juazeiro do Norte
- Requalificação das praças centrais do Crato
- Avenida do Contorno – Juazeiro do Norte
- Obra do Roteiro da Fé em Juazeiro do Norte
- Anel pericentral em Barbalha
- Recuperação do Palácio 3 de Outubro
- Teleférico de Barbalha
- Projetos de infraestrutura do Geopark Araripe
- Requalificação da área central de Farias Brito
- Urbanização da Avenida Perimetral Sul de Nova Olinda
- Urbanização da Avenida Patativa do Assaré e Entorno de Santana do Cariri
- Urbanização da Avenida do Contorno e Rua de Acesso ao Parque de Festas de Missão Velha
- Urbanização da Via de Acesso a Caririaçu
- Urbanização da Saída – duplicação / CE 060 de Jardim
- Consolidação da Região Metropolitana do Cariri
- Apoio institucional às Prefeituras Municipais
- Apoio aos arranjos produtivos de calçados e turismo
- Centro de Inovação Tecnológica
- Cursos de Capacitação para gestores e técnicos municipais

Ações já em andamento:

- Obras de requalificação das praças centrais do Crato e do Centro Multifuncional de Serviços.
- Projeto viabilidade econômica do teleférico de Barbalha
- Publicação do livro do Geopark Araripe
- Projetos executivos diversos
- Serviços de sinalização turística do Geopark
- Licitação para obra do Roteiro da Fé
- Contratação de consultoria para a Região Metropolitana do Cariri
- Aquisição de equipamentos para o Geopark

fonte: Jornal O Povo

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Seu Gonzaga Alfaiate, um dos últimos comunistas românticos de Aurora



Luiz Gonzaga dos Santos 87 anos. Assim pelo seu nome de batismo talvez poucos saibam exatamente de quem se trata. Mas basta pronunciar seu nome de guerra - 'Gonzaga Alfaiate'(foto ao lado), para que todos logo saibam quem ele é, sobretudo os mais antigos da sua época. Como músico tocador de clarinete compôs a 1ª formação da famosa banda de música da Associação Beneficente em meados de 1936. Alfaiate de profissão, foi ainda chefe de agência de ônibus, vendedor de loterias e destemido militante comunista.

Hoje ele está cego e com sério problemas de audição. Há anos que não mais sai de sua residência. Uma aprazível vivenda quase bucólica, situada próxima a linha férrea à rua João de Sá Cavalcante a mais periférica da cidade, já quase descambando para o lado Norte pras bandas do rio Salgado.

É lá onde ele se refugia praticamente do mundo a sua volta, segundo suas próprias palavras durante a entrevista prestada a este articulista para o Blog de Aurora em meados do mês de dezembro do ano passado.

Num começo de noite, Seu Gonzaga nos recebeu em sua residência com a mais pura da amabilidade tão comun a boa gente interiorana. Mesmo cego e com dificuldade para ouvir, durante mais de uma hora conversou conosco de maneira descontraída e alegre sobre diversos assuntos relacionados à história de Aurora e outros acontecimentos da sua própria vida. Lúcido e cortez é quase uma enciclopédia. Seu Gonzaga é por isso mesmo possuidor daquilo que poderíamos bem chamar de ‘memória de elefante’. Ao ponto de narrar muitos fatos distantes no tempo com elegância e nos seus mínimos detalhes.

Ele foi seguramente um dos protagonistas de uma história que os poderosos fizeram de tudo para que já nascesse morta. Isto é, que fosse relegada ao esquecimento total. Como forma de negá-la à posteridade. Mas se enganaram. Nenhuma história de resistência morrerá assim tão fácil. O velho Gonzaga, como se nota, mesmo depois de tantos anos ainda agora continua sendo o seu portador.

Uma história imorredoura, visto que sempre brota como erva resistente da nossa caatinga sertaneja. Fincando raízes profundas no solo sagrado de uma aventura que nunca finda, apenas "toma fuga e logo em seguida, rejuvenesce". Bastando apena uma neblina da memória para reacender de novo em algum lugar do tempo como uma trovoada gigante a cair dos céus. E de certa forma, foi exatamente isso o que aconteceu com este herói do povo. Seu Gonzaga é um nome que ainda hoje impõe respeito e confiança junto a todos quantos o conheceram outrora, nos anos idos. Um lutador. Um dos primeiros músicos de Aurora que não media esforços em transmitir seus conhecimentos aos seus contemporâneos; como foi o caso do renomado músico da terra – Assis Paulino, do qual foi professor.

Foi também uma dos mais conceituados alfaiates desta região. Cuja profissão exercera com denodo por mais de 4 décadas quando tal ofício esteve no auge. Sendo, por assim dizer, uma atividade das mais nobres naqueles tempos. Paralelo, exercia a lida de vendedor de bilheta das loterias(federal e estadual). Anos depois foi gerente da Viação Brasília e da São Geraldo na cidade. Era um autêntico "passarinho urbano”; por isso mesmo, bastante considerado em todas as atividades que exerceu na vida.

Mas a história que protagonizou e que agora queremos resgatar não se resumia apenas as questões profissionais cotidianas. Ele foi muito mais além... Ousou pensar um mundo diferente. Dotado de uma consciência bastante revolucionária, Seu Gonzaga integrou um grupo de amigos diferenciados, sobretudo para os padrões daqueles anos difíceis. Botou a mão na massa... Foi à luta. Antenado com as notícias do Brasil e do mundo ainda no ‘Estado Novo’ despertou para as questões políticas.

Tornou-se por seu turno, mais um dos simpatizantes da revolução Bolchevique de 1917 que teve palco na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviética de W.I. Lênin. Foi adepto do outubro vermelho e depois dos barbudos cubanos: Fidel, Guevara, Camilo, Cifuengos, bem como de Carlos Prestes, Marighella, Grabóis, Amazonas, Rosa Luxemburgo, Olga, Brizola, dentre outros.

Curioso e perspicaz, acompanhava tudo pelo 'rádio de válvula', ouvindo por exemplo a BBC de Londres, depois a rádio Nacional e até (em ondas curtas) a rádio Havana de Cuba.

Em 1945 ao lado do seu grande amigo Seu Biró(outro grande adepto do comunismo) organizaram a primeira célula do antigo PCB de Carlos Prestes e João Amazonas em terras aurorenses, antes mesmo de Juazeiro, Crato e Missão Velha.

Como ele mesmo explicou. Não era um partido, mais um grupo razoavelmente organizado com deveres e funções específicas de cada um dos seus membros. "Era uma célula como se chamava naquele tempo". Sem dúvida, um ato deveras pioneiro e perigoso.

O referido grupo era composto, inicialmente por apenas cinco integrantes. A saber: Seu Biró(coordenador), Seu Gonzaga, Vicente Ricarte, Micena Rafael e Jesus Fernandes. As reuniões eram praticamente clandestinas, em face da grande perseguição política e do preconceito social plantada em parte, conforme ele, pelo padre assim como pelas lideranças que dominavam o cenário da política local. Num tempo em que ser comunista era um verdadeiro pária da então sociedade, rude, atrasada e preconceituosa de então. De modo que, eram logo tidos como: temíveis ateus, 'comedores de criancinhas' e bestas-feras da vida.

Além de tudo, contavam com a ferrenha oposição dos mandatários do lugar. Num tempo em que quase ninguém tinha coragem de falar abertamente da política, dos governos e dos desmandos dos caciques locais. Tampouco dos antigos dogmas religiosos. Contudo, os comunistas não poupavam suas críticas ácidas contra este estado de coisas. "Mesmo sem fazer parte diretamente do nosso grupo", lembra ele - "o Sr. Adauto Campos que também era alfaiate, foi também um grande simpatizante do pensamento que defendiamos".

De forma que falavam abertamente das suas idéias e inquietações do dia a dia pelas ruas, cafés, barbearias e pelo comércio em geral. Ou seja, os locais mais freqüentados pelo povo e, notadamente pelos potentados do lugar. Cumpre destacar que grande parte da elite praticamente os odiava.

Os padres da época diziam que os comunistas eram os representantes do próprio diabo. E os políticos(os coronéis dos sertões) os chamavam de verdadeiros criminosos, inimigos da pátria e da paz. Não era fácil a vida dos que ousaram pensar diferente e enveredar pelos caminhos do socialismo. Fazer política interiorana, não era um ofício fácil.

De tal sorte, como se percebe, eles pagaram um preço alto demais pela ousadia de falar o que pensavam, sonhando com pioneirismo a conquista da democracia. Foram todos, por assim dizer, condenados por sonhar, quem sabe, o futuro que ora vivemos de modo o mais democrático possível. Uma verdadeira utopia naqueles anos negros de ignorância e truculência.

As reuniões eram todas clandestinas. Realizadas na sua grande maioria na calada da noite. Algumas na casa de seu Biró e nos finais de semana no sítio Várzea de Pedra a cerca de 5 km da sede onde residia um dos membros do grupo. Para não chamar a atenção, um por um, eles seguiam a pé para o local. E o retorno também era assim. Liam, estudavam e distribuíam o Democrata – o jornal do partido que difundia as idéias e as diretrizes do movimento socialista mundial que era, produzido em Fortaleza e que, quinzenalmente, era remetido atraves do chamado trem da feira que vinha de Fortaleza para a cidade do Crato, explicou Seu Gonzaga com certa emoção nas palavras.

Vicente Ricarte e Seu Gonzaga eram os responsáveis pela distribuição do Democrata em Aurora. Quando as coisas estavam “pretas”, Vicente Ricarte tinha que ir receber o tal jornal ainda na estação de Iguatu para não levantar nenhuma suspeita, costumava dizer seu Biró.

Houve uma época em que a perseguição se acirrou tanto, inclusive pelas questões relacionadas à política local. Num destes momentos, segundo Seu Gonzaga, ocorreu quando da disputa pela prefeitura então polarizada entre as candidaturas de seu Araripe pelo PSD e o Dr. Acilon Gonçalves pela UDN.

Os comunistas se diziam simpatizante do PSD, posto que a sigla “era menos ruim e menos burguês”. E esta opção terminou gerando um conflito entre os apoiadores da UDN e os simpatizantes do comunismo local(PCB). Havia uma sensação de temor no ar. À boca pequena, rumores davam conta de que algo de perigoso iria ocorrer contra os comunistas e seus amigos mais próximos. De modo que, numa noite durante uma passeata dos udenistas, o pio aconteceu. Foi o que hoje chamaríamos de ‘atentado’. Para época, um acontecimento um tanto quanto inusitado. Um ato incomum para os padrões da época.

“ No início da noite quando o povo passava em frente a residência de Biró na rua grande, soltaram uma bomba de relativa potência destrutiva. Por sorte ninguém se feriu, Biró não estava em casa. O artifício foi tão forte que chegou a derrubar os pilares da residência. “Uma coisa horrível usar um explosivo daquele contra a família de um cidadão”, recordou ele. Nenhum inquérito foi feito para apurar o estranho caso. Muitos tinham medo de falar sobre aquele episódio, pois temiam e com razão, possíveis retaliações.

Naquela mesma eleição, foi lançada informalmente a candidatura de Seu Biró ao cargo de vereador. Não se falava noutra coisa desde as ruas à zona rural. Haviam chances reais da sua eleição fácil, devido o trabalho de articulação bastante organizado do grupo. A ousadia dos comunistas repercutiu bastante. Era um voto de protesto. Um nome alternativo que ia de encontro aos poderosos. Uma mudança. Uma novidade importante para os aurorenses. Contudo, ao perceberem que seu Biró poderia ser eleito, os ricaços do poder trataram logo de montar um complô. Uma farsa tramada pelos poderosos nos bastidores.

"Os donos do poder detonaram a nossa chance eleitoral" enfatizou o velho revolucionário. Cassaram o registro do candidato dos comunistas na cala da da noite. Alegaram, segundo Gonzaga, que o partida pelo qual Biró estava filiado era clandestino. Mas não. Na capital e noutros municípios do Estado várias candidaturas foram homologadas naquela eleição pelo PCB. Algumas até obtiveram êxitos eleitorais. Curiosamente apenas em Aurora houve esta proibição injusta e vergonhosa. Quando comunicaram à Fortaleza não houve mais tempo. E Biró terminou sem poder ser candidato. Ainda assim, o nome dele apareceu na urna durante a apuração dos votos. Depois, sentimos que foi muito engraçado tudo aquilo.

Além do episódio da explosão da bomba, durante a entrevista, Seu Gonzaga lembrou ainda de mais dois fatos que lhe marcaram a memória de maneira altiva e forte. Duas agressões covardes que ocorreram contra dois simpatizantes do grupo. O Primeiro deles, em plena praça da matriz quando Zé Cocô a mando dos potentados políticos da época num dia de feira agrediu covardemanete o Sr. João Magalhães do Tipi que era adepto do PCB. Outro ato de agressão foi sofrido pelo alfaiate Nonato no interior do seu próprio local de trabalho no coração da cidade. Desta feita, levado a cabo pelas mãos do próprio líder político acompanhado por mais dois capangas à tiracolo, disse.

Neste último caso, a coisa só não foi pior devido a intervenção destemida do Seu Gozanga que implorou para que parassem com aquela violência contra aquele cidadão de bem . “Implorei com todas as minhas forças para que não surrassem aquele homem. Não batessem, nem chicoteassem aquele homem que era meu amigo também de profissão, declarou ele. "Pedi por dentro para Nossa Senhora e todos os santos para que não permitissem aquela desfeita contra a honra e a moral do meu amigo Nonato". O referido alfaiate era seu companheiro de lida e de idéias. Era um homem de bem. Pobre mas bem conceituados por todos, explocou ele.

Tristonho pela desmoralização que sofreu, no dia seguinte o alfaiate Nonato deixou Aurora desolado com toda a sua família, indo residir deste então, em Juazeiro do Norte. Antes chamou Gonzaga em sua residência e bastante sentido, entregou-lhe a chave da alfaiataria com tudo que lá havia para que o amigo tomasse conta, até a entrega da última encomenda de roupa. E Gonzaga o fez solidariamente, enviando inclusive o apurado para o mesmo me Juazeiro.

Anos depois, o deputado Quintino Teixeira( que era enteado de Seu Araripe) conseguiu uma colocação para Nonato na agências dos Correios e Telégrafos da capital, onde ele terminou, anos depois, sendo chefe e se aposentou. Tendo conseguido formar todos os seus filhos na capital cearense. Nunca mais voltara a Aurora sequer para uma visita, tamanha foi a ofensa que sofrera.

Em meio aquela agradável conversa(entrevista), seu Gonzaga lembrou ainda de um comunista de Missão Velha de nome Zé Cadete que vinha vez por outra a Aurora para se reunir com o grupo e tratar das questões teóricas e de articulação política. Ele ficava hospedado na casa de Biró e na de seu Gonzaga. Uma vez chegou a passar um mês em Aurora tratando da organização dos comunistas. Era um sonhador em potencial. Um cidadão que acreditava no futuro como uma questão objetiva e inalienável.

Na revolução de 64 Zé Cadete foi preso em Missão Velha e recambiado de trem para fortaleza onde ficou encarcerado no Instituto Paulo Sarasate(IPPS). Ficou preso junto com uma multidão de ladrões e bandidos da pior espécie. Mesmo sem nunca ter cometido um crime sequer, disse ele com um ar de imensa tristeza. Ainda em Missão Velha, um certo doutor de nome José Ribeiro também sofreu dura perseguição dos militares e teve todos os seus livros queimados pela repressão. As notícias das prisões se sucediam o tempo todo e chegaram rápidamente a Aurora. Antes mesmo que o jornal do trem da feira do Crato que todos os dias ia e vinha da capital.

Também em Aurora, todos tiveram que correr e se esconder em segurança. Seu Biró foi para o sítio de Joaquim Moreira pras banda de Quitaiús. Os demais se esconderam como podiam em qualquer lugar onde não fossem pegos. Apenas Gonzaga resolveu ficar. Decidiu correr o risco. Mesmo confessando ter sido aquela uma atitude por demais tememária.

“Quando a perseguição chegou ao Cariri um dos primeiros que foi pego que se tem notícias foi o camarada Zé Cadete da Missão Velha”, disse ele. Informações davam conta de que sofrera o diabo na prisão da capital durante as sessões de tortura. Mas nada falou sobre as atividades dos que ficaram em Aurora e Missão Velha. Quando solto, quase morto rumou para o São Paulo e nunca mais deu notícia... Era um amigo, um cidadão inteligente, um bom cristão.

“Certa manhã, fui intimado a comparecer a delegacia. E fui. De longe vi um Jipe verde-escuro cheio de soldados com a farda do exército. Rezei. Fui interrogado por um certo coronel de nome Virgílio. Um homem que me pareceu extremamente educado. Recebeu-me com um certo sorriso. Fez as perguntas de praxe. Foi longo dizendo que eu não tinha cara de comunista. Solicitou que eu contasse toda a minha história. Tinha algo escrito num papel. Neguei tudo. Disse-lhe apenas que vendia e distribuía o jornal Democrata, porque ganhava uma comissão.Afinal, eu era um pai de família e precisava ganhar algum dinheiro. Ele positivava com a cabeça e olhava dentro dos meus olhos. Dos outros, disse-lhe que nada sabia. E o coronel Virgílio, compadecido do meu relato de penúria, meteu a mão no bolso, me deu algum dinheiro e pediu que eu me fosse... Sai como uma bala. Desci os batentes da delegacia num pulo só. Não consegui ver os males da ditadura nos olhos daquele homem que me tratou tão bem. Acho que eu tive sorte.”

Não encontraram o suposto grupo de Aurora. Seu Biró ainda tentou saber como ajudar o Zé Cadete na prisão alencarina. Mas não teve como, afinal de contas, também era um procurado. “Nossas mulheres eram quem mais nos pressionavam a fugir e abandona a luta, temendo as prisões que vinham sendo processadas por todos os cantos. Os jornais estavam cheio de notícias dando conta dos acontecimentos e até de mortes de pessoas vitimadas pelos militares”. Foi um tempo de terror, que graças a Deus conseguimos passar ilesos sem maiores problemas, concluiu.

Sentado diante da sua cadeira, vislumbrei o seu Gonzaga cego, de olhos fechados, pensativo por alguns momentos, mas altivo como que enxergasse o mundo muito mais que eu. Ou seja, o mais profundo possível, quem sabe, com maior nítidez humanista, dado que via com os olhos da alma e do coração. Como de resto, há quem diga que a melhor das visões é mesmo a do coração. E isso foi possível perceber quando conversamos com o velho comunista de Aurora. O último dos sobreviventes de uma verdadeira saga política que as gerações do presente e do futuro não deveriam esquecer por nenhum motivo.

Além da história dos comunistas de Aurora em particular e do Cariri em geral, falamos igualmente, de muitas outras coisas relativas ao município, dos tempos passados, dos antigos amigos, da profissão, da banda de música da beneficente, da política daquela época, enfim, de uma Aurora que não mais existe a não sem na memória de verdadeiros guerreiros como no caso de seu Gonzaga e tantos outros que já partiram para o panteon da eternidade. Diria, de uma história que não quer calar...l
No final da minha entrevista, perguntei-lhe se em algum momento ele se arrependeu de ter optado pelas ideais comunistas. E ele me disse com a mais natural das convicções: – Nunca! O que eu queria era na verdade, começar tudo de novo, ah, se isso me fosse possível.

Em seguida, quando fui agradecê-lo por ter nos recebido, ele me interrompeu dizendo: – Quem agradece a vocês sou eu pela atenção a este velho cansado pelo tempo. Mas que não desistiu ainda da vida. Sou um teimoso viu!...

Fiquei comovido diante da vontade, da experiência e da ânsia de diálogo daquele homem, cujas forças resistem nas suas convicções mais latentes... da sua consciência quase desafiante, bem como da sua memória rica e fértil, ainda movida pelas idéias socialistas e democráticas. “Nada daquilo que fizemos foi em vão. Fizemos o que foi preciso nada mais... Isso é o que me basta.”

De fato, a democracia, a liberdade que agora vivemos de algum modo especial contou com a contribuição desprendida daqueles homens sonhadores e destemidas como seu Gonzaga, e tantos outros, espalhados pelos diversos rincões deste pais inteiro. Alguns tiveram que pagar com a própria vida, por isso, temos que valorizá-los com toda as nossas forças. Por isso precisamos prestar a todos eles nossa gratidão, reverência e homenagem. Obrigado seu Gonzaga, Seu Biró, Seu Vicente e todos os demais aurorenses que um dia acreditaram no sonho possível de um Brasil melhor, justo e democrático.

Por fim, quando vejo hoje alguém desperdiçando o seu voto, penso na luta de homens como seu Gonzaga, seu Biró, Zé Cadente e tantos outros... E desse modo, percebo que nunca podemos desistir de um ideal, de um sonho que acreditamos. Sem o qual, creio que a vida, além de muito mais monótona nem sempre valeria muita a pena....


A despeito do velho comunista. Pergunto pra mim mesmo: Quanto vale um ideal. O quanto uma idéia pode sobreviver com a gente por uma vida inteira. Seu Gonzaga é um exemplo vivo de que ninguém poderá sobreviver em paz sem a perspectiva de um ideal nobre e valente. Que os deuses da longevidade possam conservá-lo por muito mais tempo entre nós. E que a história de Aurora, assim como as gerações do presente e do povir não o esqueçam jamais...

Ele é portanto, o poderíamos denominar de um poço de sabedoria. Um testemunho vivo e importante da chamada história verdadeira dos oprimidos. A luta da memória contra o esquecimento.

A Entrevista: Além do comunismo aurorense, outros temas palpitantes também foram abordados(e devidamente gravados) o que certamente, darão novas estórias e histórias, que eu haverei de aproveitá-las em momentos oportunos deste blog... Como um serviço que prestamos à memória de Aurora e do Cariri como um todo. Posto que, uma cidade sem história é como algo que está prestes a sucumbir pela voracidade da modernidade que a tudo consome, devora, vomita e mata.

----------------------
Por José Cícero –
Professor, Escritor, Pesquisador e Poeta.
Secretário de Cultura e Esporte
Aurora-CE
.
........................................................................

LEIA MAIS EM:

WWW.jcaurora.blogspot.com

WWW.prosaeversojc.blogspot.com

WWW.aurora.ce.gov.br

WWW.blogdaaurorajc.blogspot.com

WWW.seculteaurora.blogspot.com

www.blogdaaurorajc.blogspot.com

Fotos: JC e Pedóca André e arquivo do Blog de Aurora

http://blogdaaurorajc.blogspot.com/2012/01/seu-gonzaga-alfaiate-um-dos-ultimos.html

Mauriti: prefeitura entrega tratores para produtores da agricultura familiar

A Prefeitura de Mauriti em parceira com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Governo do Estado do Ceará e associações comunitárias entregaram neste último sábado, 21, três tratores para os produtores rurais do Sitio Lobo, distrito de Nova Santa Cruz, do Sitio Soledade, na Sede e no Sítio Serra Brava, distrito de São Félix.

O evento acorreu na sede do Instituto Agropólos e contou com a presença do senhor prefeito Isaac Junior e lideranças das comunidades beneficiadas.

A entrega faz parte do Projeto São José que visa à organização da agricultura familiar, com implantação de sistema de abastecimento de água, melhorias sanitárias e mecanização agrícola das comunidades rurais, focando no desenvolvimento sustentável.

Com a entrega dos tratores, a prefeitura de Mauriti, busca valorizar o homem do campo e promover a agricultura de maneira sustentável, e é nesse sentido que a gestão do prefeito Isaac Junior (PT) vem trabalhando, estruturando o homem do campo, dando condições de produção de uma agricultura melhor e de forma sustentável e mais justa socialmente.

Com mais esses três tratores, saltam para doze, o número de tratores entregues na administração do prefeito Isaac Junior.

Ex-prefeito de Juazeiro do Norte já sabia de rombo do município com INSS

O ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), assinou como urgente, documento enviado pela Secretaria da Receita Federal e orientou os assessores, identificados como Ítalo e Tibúrcio, a agilizarem respostas sobre as cobranças de dívidas do Município como Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), informa reportagem do Jornal do Cariri.

Os débitos, com valores atualizados, chegam hoje a R$ 22,5 milhões. O ex-prefeito Carlos Cruz (PP), que antecedeu Macedo na Prefeitura, também deixou dívidas. Raimundão, durante a semana, tentou desmentir reportagem do Jornal do Cariri que revelou, com exclusividade, a cobrança feita pela Justiça Federal do débito com o INSS.

Agora, o JC apresenta em sua capa, edição de hoje, o documento assinado pelo ex-prefeito Raimundão Macedo tomando conhecimento do débito, ainda no ano de 2008.
O documento é datado de 10 de março e foi enviado pela Secretaria da Receita Federal.
O documento deixa claro que havia débitos da Prefeitura com o INSS inclusive no período de 2004 a 2008.

A”tática” de Raimundão em tirar a credibilidade das informações dadas pela imprensa no caso do débito da gestão dele (Raimundão) com o INSS quando era prefeito apenas complicou o deputado federal.

Raimundão agora terá que mudar urgente de postura, e partir, no mínimo, para dizer que era tudo verdade,e que ele, se enganou, esqueceu, foi relapso, enfim, os argumentos devem ser do parlamentar.

O ex-prefeito Raimundão poderia ter adotado, por exemplo, a postura de Carlos Cruz, que admitiu o débito deixado em sua gestão. Interpôs uma defesa e foi isentado do pagamento de multas. Segundo a defesa de Carlos Cruz ele deve R$ 20 mil ao INSS. Todo o restante da dívida cai no colo de Raimundão.

Pimentel pode ser a "bola da vez" de Luizianne

O nome do senador José Pimentel será incluido na lista dos “prefeituráveis” do PT de Fortaleza. Essa foi uma das decisões tomadas pelas executivas estadual e municipal, durante reunião nessa noite de segunda-feira, no Hotel Amuarama. A informação foi dada nesta terça-feira pelo deputado federal e também prefeiturável Artur Bruno.

Na noite de segunda-feira, o PT reduziu a lista, mas o impasse aumentou

A inclusão de José Pimentel chega como novidade num rol de pré-candidatos que inclui ainda o secretário municipal da Educação, Elmano Freitas, os vereadores Acrísio Sena (presidente da Câmara Municipal) e Guilherme Sampaio, e a volta do secretário das Cidades, Camilo Santana, este sob as bênçãos do deputado federal José Nobre Guimarães.

Sobre José Pimentel, o deputado federal Artur Bruno considerou um nome forte e de peso na legenda, mas, mesmo assim, ele reiterou o desejo de ser o escolhido do PT para o embate das urnas deste ano. Bruno voltou a afirmar que tem densidade eleitoral, bom trânsito entre correntes do partido e boa relaçao com o PSB do governador Cid Gomes.

Já o senador José Pimentel ainda será consultado se aceita integrar a lista dos “prefeituráveis”. O desejo é da prefeita e presidente estadual do PT, Luizianne Lins, que avaliaria agora dificuldades de emplacar Elmano Freitas.

Luizianne bem que tentou lançar seu assessor para assuntos governamentais Waldemir Catanho que, na semana passada, jogou a toalha e saiu do cenário da disputa. Alegou não ter vaidades, mas setores petistas dizem que ele afastou o desejo por não congregar nem atrair o apoio do governador. Adicione-se a isso uma herança de grandes investimentos que exigirá do futuro prefeito jogo de cintura em todos os sentidos.

Blog do Eliomar
Jornal O Povo

Manifestação em Crato contra crueldade com animais

A Associação de Proteção à Vida, em Crato, promoveu uma manifestação neste domingo, 22, contra a crueldade que atinge animais no Cariri. Para a Aprov essa crueldade deve ser combatida e denunciada às autoridades policiais.


O município do Crato aderiu à manifestação mundial “Crueldade Nunca Mais”, de protesto à violência contra animais.

A manifestação em Crato aconteceu na Praça da Sé, onde cerca de 40 pessoas participaram.

Na praça os manifestantes tiveram acesso à filmes de conscientização, e barracas foram montadas para as pessoas aderirem à Aprov (Associação de Proteção à Vida) responsável pela manifestação.

De acordo com Antonia Ferreira, presidente da entidade, há casos cotidianos de crueldade com animais. Ela cita casos de crueldade, principalmente, com animais de tração, cães e gatos, que sofrem envenenamentos e maus tratos.

“Nos bairros Pimenta, Centro e São Miguel acontecem casos de vários gatos mortos numa rua só, as pessoas sabem, mas não denunciam na polícia, como é o correto”, afirma.

Segundo ela a manifestação serviu para conscientizar as pessoas a apoiarem a luta em defesa dos animais no Cariri.

Ordem Demolay em Campos Sales



Na tarde do último dia 20 aconteceu a posse da 9° Gestão do Cap. Ir. Thiago Santiago Bezerra n° 695, na qual estiveram presentes, o tio Cesar Morais, Grande Mestre Estadual, Barbosa Segundo e Frankarles Genes, Mestre Conselheiro Estadual e Mestre Conselheiro Estadual Adjunto respectivamente representando o Grande Conselho, estando também presente o Mestre Conselheiro do Cap. Cidade do Crato, João Paulo, além dos representantes da ALUMNI Johny Taumaturgo e Nádio.

A instalação dos oficias se transcorreu na condução do agora Past Mestre Conselheiro, Lucas Albuquerque, dando lugar aos Ir. Vinícius. Lucas se emocionou bastante durante as cerimonias e foi muito eleogiado, em especial por ter completado a campanha de excelência e por ter levado o Capítulo a premiação de bronze, no Certificado de Referencia Estadual (CRE).

Foi um orgulho pra todos nós que estivemos na reunião, ter visto tanta humildade e força de vontade de seguir os preceitos da ordem demolay como os nossos irmãos de Campos Sales.

Vale salientar que o Capítulo Irmão Santiago Bezzerra, na gestão de Lucas Albuquerque, filho do Radialista Carlos Alberto, em razão de suas ações, pela primeira vez na história da Ordem Demolay em Campos Sales, conseguiu ser o Terceiro do Estado do Ceará( Premiação de Bronze, no Certificado de Referencia Estadual (CRE)) e está entre o 14º e 17º lugar de destaque no Brasil.


POr Carlos ALbeto Albuquerque

Crato realiza 1ª Conferência Municipal Sobre Transparência e Controle Social

A Prefeitura Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Planejamento e Administração, realiza nesta quarta-feira, 25, a partir das 8 horas, a 1ª Conferência Municipal Sobre Transparência e Controle Social. O evento conta com participação da sociedade, que tem o objetivo de promover a transparência e estimular a participação da população no acompanhamento dos gastos públicos. A Conferência Pública acontece no Crato Tênis Clube e será aberta com a presença do prefeito, Samuel Araripe, e estarão presentes técnicos do Tribunal de Contas dos Municípios e Ministério Público.

fonte: prefeitura do Crato

Inscrição para seleção em cursos de idiomas prorrogadas para dia 10

A Pró-Reitoria de Extensão por meio da Coordenação de Programas e Projetos de Extensão – CPPE torna público a prorrogação do Período de Inscrição e Seleção para Cursos de Idiomas até o dia 10 de fevereiro. O Programa Idiomas na URCA tem por objetivo oferecer ao público em geral cursos de Língua Estrangeira em diferentes níveis de qualificação e proficiência.

Professores e alunos de História da URCA aprovados em programas de Pós-Graduação

O Colegiado Departamental do Curso de História, da Universidade Regional do Cariri (URCA), se congratula com os professores e alunos do curso de História da URCA, aprovados em programas de pós-graduação, conforme listagem a seguir:

Professores aprovados em seleção de Doutorado da Universidade Federal do Ceará

- Antônio José de oliveira
-Cícero Joaquim dos Santos
- José Ítalo Bezerra

Professores aprovados em Seleção de Mestrado
na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

- Maria Arleilma Ferreira de Sousa
-Carlos Rafael Dias

Alunos aprovados em Seleção de Mestrado

- Ana Cristina Sales (Universidade Estadual do Ceará e Universidade Federal de Campina Grande)
-Cícero Garcia (Universidade Estadual do Ceará)
-Vitor Emannuel Farias Gomes (Universidade Federal do Ceará).

Câncer de colo de útero

O Brasil pode ter um número de casos de câncer de colo de útero muito superior aos 17,5 mil estimados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) para 2012. Apesar do número alarmante, o diretor do Instituto Oncoguia, Rafael Kaliks, considera a projeção conservadora.

"Existe uma variabilidade muito grande do número de casos por 100 mil habitantes entre os estados", afirma o oncologista. Kaliks destaca, por exemplo, a situação da doença na Região Norte do país, onde o câncer do colo de útero ainda é o tipo de câncer que mais mata mulheres.

"É mais comum que o câncer de mama. Se pensar que se trata de um câncer que se pode prevenir e que ninguém deveria morrer por esta doença, já que com a detecção precoce existe cura, é uma tragédia permitir que esta seja a principal causa de morte por câncer na região", critica.

Para o diretor do instituto, apesar de todos os esforços que o governo vêm fazendo desde a década de 1990, os casos da doença estão aumentando. Kaliks elenca duas razões para o cenário estabelecido. A primeira é a baixa adesão das mulheres ao exame de papanicolau.

O segundo motivo é que mesmo que uma mulher seja diagnosticada, em determinadas regiões, até que ela seja tratada, podem se passar meses e até um ano. Nesse período, a doença acaba se espalhando ou se tornando intratável.

fonte: DN

Mortes nas CE's aumentam

Durante a alta estação e o período de férias, o litoral cearense é bastante visitado tanto por turistas quanto por moradores de Fortaleza. Contudo, infelizmente, o fluxo de pessoas está ligado ao número de acidentes com óbitos que cresce consideravelmente.

De dezembro do ano passado até o último dia 22 de janeiro, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou 75 óbitos nas estradas em decorrência da violência no trânsito, ou seja, 1,4 morte por dia. Esse número representa um aumento de 74% das mortes em relação a igual período de 2011, quando 43 pessoas perderam a vida.

Segundo o coordenador da Polícia Rodoviária Estadual, Coronel Túlio Studart, nos meses de dezembro e janeiro, o volume médio de carros por dia nas CEs aumenta cerca de 40 %. Ele explica que, fora da alta estação, o tráfego de veículos nas três principais rodovias estaduais, CE 040, CE 085 e CE 060, gira em torno de 100 mil por dia. Já durante os meses de dezembro e janeiro, esta quantidade passa para 140 mil.

fonte: DN

Agricultores reclamam do atraso de sementes




Animados com a perspectiva de um bom inverno, os produtores rurais começaram a preparar a terra para o plantio, mas reclamam do atraso na distribuição de sementes do Programa Hora de Plantar, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA). As chuvas caídas desde o último dia 18 deixaram a terra molhada e os produtores rurais começaram a preparar o solo para o cultivo de milho, feijão, arroz e sorgo forrageiro.

Os agricultores aguardam, entretanto, o início da distribuição de sementes pela Ematerce. O secretário do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguatu, Sebastião Alves, criticou o atraso. "O correto seria que as sementes já estivessem nas mãos dos agricultores, mas todos os anos ocorrem esse atraso e muitos são prejudicados. O produtor sabe o tempo certo de plantar, que é quando a terra está molhada".

Alves disse que a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais na Agricultura no Ceará (Fetraece) iria solicitar da Ematerce o início imediato da distribuição do Hora de Plantar para a região Centro-Sul. "Não há porque esperar mais, pois se a semente não chegar logo a maioria vai plantar grãos, que estão guardados em casa. O certo é plantar nas primeiras chuvas".

A falta de chuva verificada em dezembro passado e na primeira quinzena de janeiro estava deixando os produtores apreensivos. Por isso, muitos agricultores não havia iniciado o trabalho de preparo de solo. Em janeiro de 2011 foram registrados, em Iguatu, 295 milímetros, com precipitações distribuídas ao longo do mês.

No Distrito de Alencar, zona rural de Iguatu, alguns produtores já começaram o plantio de feijão, com grãos guardados da colheita do ano passado. "A terra foi preparada há dez dias e resolvemos plantar para aproveitar as primeiras chuvas", disse o agricultor José Ferreira.

O coordenador de Agricultura Familiar, da SDA, Itamar Lemos, esclareceu que não há atraso na entrega das sementes. "A ocorrência dessas chuvas é de pré-estação e o nosso sistema principal do inverno só começa em fevereiro. Estamos no tempo hábil", disse. "As sementes já estão nos armazéns regionais e por questão burocrática de abertura do sistema de pagamento do Estado a partir de amanhã (hoje) haverá liberação de recurso para custeio operacional de frete e de mão-de-obra para as unidades municipais".

O gerente regional do escritório da Ematerce, Joaquim Virgulino Neto, disse que amanhã começa a distribuição de sementes em quatro dos 14 Municípios que integram a regional. "Estamos no tempo certo, organizando o sistema de cadastro de notas fiscais e de transportes das sementes para os depósitos nas cidades. Nesta semana, a entrega já estará regularizada".

Em Iguatu, Virgulino Neto explicou que a distribuição das sementes somente começará na quinta-feira em virtude do feriado municipal, que transcorre amanhã, em comemoração à emancipação política do Município. Na região Centro-Sul, serão distribuídas 426 toneladas de milho, feijão, mamona e sorgo forrageiro, beneficiando cerca de 20 pequenos produtores rurais. Somente em Iguatu, serão entregues 64 toneladas para 1400 agricultores cadastrados.

fonte: DN

domingo, 22 de janeiro de 2012

FGTS para construção da casa própria



A Câmara analisa o Projeto de Lei 2703/11, do deputado Zoinho (PR-RJ), que permite ao trabalhador usar o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para custear a construção da casa própria.

Atualmente, a lei que regula o FGTS (8.036/90) só possibilita a movimentação da conta para compra da moradia ou lote. Com relação à construção da casa própria, a Caixa Econômica Federal, gestora do fundo, pode permitir o uso do recurso se a obra for feita em regime de cooperativa ou consórcio, ou se for financiada por banco ou também por construtora.

O deputado não concorda com as restrições impostas. "O trabalhador não pode ser obrigado a aderir a uma cooperativa ou a participar de um consórcio de imóveis tampouco a contrair um empréstimo para viabilizar sua casa própria com os recursos do FGTS", condena.

Zoinho defende o saque direto da conta do FGTS para que o trabalhador possa construir sua residência. "Em muitos casos, o empregado já possui um lote ou tem verbas para comprá-lo, mas não para a construção da casa. Nessa situação, é justo que ele também possa utilizar tais recursos para erguer sua moradia", argumenta.

Uma dica para o almoço deste domingo



Bem amigos e amigas a dica de hoje para o almoço é Espaguete ao molho de Shoyu.

Ingredientes
500g de macarrão spaghetti grano duro
1 xicara de chá de shoyu
1 colher de sopa de manteiga
1 cebola média
5 dentes de alho socado
1 xicara de chá de azeite extra virgem
Pimenta calabresa em pó a gosto (opcional)

Como preparar

1.Cozinhe o macarrão com óleo, sal e um pedaço de gengibre (opcional), al dente e reserve

2.Frite o alho e a cebola na manteiga, quando estiver bem dourado acrescente a pimenta o shoyu

3.Deixe ferver e acrescente o azeite

4.Jogue o molho no macarrão e sirva em seguida


Bom apetite!!!!!